sábado, 23 de outubro de 2010

Fußball-Club Gelsenkirchen-Schalke 04

O atual Schalke 04 foi fundado no dia 4 de maio de 1904 por um grupo de garotos de 14 e 15 anos, que tinham o intuito de jogar futebol, com o nome de Westfalia Schalke. O nascimento deu-se no bojo da expansão da exploração das minas por indústrias na cidade de Gelsenkirchen, localizada no Vale do Rhur.
A relação entre o clube e as minas é grande, tanto que um dos apelidos pelo qual a equipe é conhecida é Die Knappen, ou “os mineiros” – este termo, em alemão, significa aquele mineiro que terminou com êxito o aprendizado da profissão.
A oficialização do registro como um clube deu-se em 1909, entretanto, para participar de competições, associou-se ao Turnverein 1877 Schalke, que já pertencia a Associação Ocidental Alemã, em 1912, ligação que existiu por 12 anos, quando houve a separação e o batismo como FC Schalke 04. Curiosamente, além do nome, outra característica mudada em 1924 foram as cores do time, que passaram a ser o azul e o branco (anteriormente, eram vermelho e amarelo).

O clube, após divergências com a associação organizadora das competições alemães à época, ascendeu paulatinamente às divisões existentes, saindo dos campeonatos do distrito de Ruhr, avançando pelos certames do oeste do país e alcançando o cenário nacional – entre 1933 e 1942, atingiu nove finais de campeonato alemão.

Em 1934 veio o primeiro dos sete títulos alemães conquistados, todos antes da instituição da Bundesliga, que passou a cuidar da competição nacional, o que aconteceu em 1963. Os títulos seguintes ocorreram nos anos de 1935, 1937, 1939, 1940, 1942 e 1958.
Como curiosidade, destaca-se a vitória conquistada em 1939. A conquista foi alcançada com a maior vantagem em uma decisão disputada no país: goleou o Admira Viena por 9 a 0.

Com estes troféus, a equipe angariou o status de uma das mais populares do país, o qual mantém atualmente. Exemplo disso é o fato de que na temporada 2004/05 do Campeonato Alemão, na qual foi o quarto colocado na classificação final, o clube obteve uma média de público de 61.387 espectadores em um estádio com capacidade para 61.481.

Após a ascensão experimentada na década de 1930, a equipe não conseguiu repetir o sucesso no período posterior ao encerramento da Segunda Guerra Mundial – o título de 1958 foi um momento isolado.

Criada a Bundesliga, a equipe foi incluída entre as 16 equipes do grupo de elite. Entretanto, o time lutou nos anos iniciais da liga contra o rebaixamento – aliás, somente não caiu para a divisão inferior na temporada 1964/65 porque o número de membros do primeiro grupo foi ampliado para 18.

Na série de 1970/71, o clube foi um dos envolvidos em um escândalo de suborno no campeonato. Na temporada seguinte, em 1971/1972, o Schalke 04 terminou o certame nacional na segunda colocação e venceu a Copa da Alemanha pela segunda vez – a primeira fora em 1937.

A equipe alemã amargou três descensos em sua história, caiu ao final das temporadas de 1980/81, 1982/83 (a primeira após a volta à primeira divisão, a qual voltou na sessão 1984/85) e 1987/88 (desta vez, subiu para disputar a temporada de 1991/92).

Na década de 1990, o clube ganhou seu principal título internacional, a Copa da Uefa. Na temporada 1996/97, venceu a Internazionale de Milão nos pênaltis após dois confrontos: o primeiro, na Alemanha, foi 1 a 0 para os mandantes; o segundo, na Itália, teve vitória dos donos da casa pelo mesmo placar. Nos pênaltis, a equipe alemã, liderada por Marc Wilmots, que ficou conhecida como “Eurofighters” (lutadores europeus), derrotou o oponente por 4 a 1.

A equipe acumulou, nas temporadas recentes, dois vice-campeonatos alemães – 2000/01 e 2006/07. Em ambas liderou parte do certame, mas deixou o título escapar nas últimas rodadas, sendo superado, respectivamente, por Bayern de Munique e Stuttgart. Entretanto, em compensação, foi bicampeã da Copa da Alemanha – 2001 e 2002.

Títulos

Copa da Uefa: 1997
Campeonato Alemão 1934, 1935, 1937, 1939, 1940, 1942 e 1958
Copa da Alemanha 1937, 1972, 2001 e 2002

Copa da Liga Alemã  2005
2. Bundesliga 1982, 1991 
Estádio

A Veltins-Arena (também conhecida como Arena AufSchalke), é um estádio em Gelsenkirchen, Alemanha que foi inaugurado em 2001 como a nova casa do time de futebol FC Schalke 04 da Bundesliga. Para partidas da Bundesliga, tem a capacidade para 61.481 espectadores, com aproximadamente 45.000 sentados. Para partidas internacionais, sua capacidade com todos sentados é de 53.473. O estádio, que recebeu a final da Liga dos Campeões da UEFA em 2004, foi uma das sedes da Copa do Mundo de 2006. Em Julho de 2005, o nome do estádio mudou para Veltins Arena devido a um contrato de naming rights com uma cervejaria alemã. 
Este é um dos estádios mais inovadores contruídos nos anos recentes. Tem um teto retrátil, e apresenta um gramado que desliza para dentro e para fora do estádio, conforme a necessidade. O gramado deslizante resolve o problema de manter o gramado vivo em um estádio coberto e também permite que o estádio seja usado para eventos não relacionados ao esporte como shows sem prejudicar o campo. Também é conhecido por seu duto de cerveja com o comprimento de 5 km que liga a cervejaria ao estádio.

Hino

Blau und Weiß, wie lieb ich Dich
(Letra e música: Hans J. König / 1924)

Blau und Weiß, wie lieb ich Dich
Blau und Weiß, verlass mich nicht
Blau und Weiß ist ja der Himmel nur
Blau und Weiß ist unsere Fußballgarnitur
Hätten wir ein Königreich
Machten wir es den Schalkern gleich
Alle Mädchen, die so jung und schön
Müssten alle Blau und Weiß spazieren gehn
Mohammed war ein Prophet
Der vom Fußballspielen nichts versteht
Doch aus all der schönen Farbenpracht
Hat er sich das Blau und Weiße ausgedacht
Tausend Feuer in der Nacht
Haben uns das große Glück gebracht
Tausend Freunde, die zusammenstehn
Dann wird der FC Schalke niemals untergehn.



Apelidos: Die Knappen (Os Mineiros) e Die Königsblauen (Os Azul-Reais) 


Mascote


­