domingo, 3 de outubro de 2010

Ballspiel-Verein Borussia 1909 e. V. Dortmund

O Borussia Dortmund surgiu na cidade alemã de Dortmund em 1909. Na época, um grupo de jogadores estava insatisfeito com os padres da comunidade religiosa em que praticavam o futebol, pois este não costumava ser muito simpático com os atletas. Assim, resolveram fundar uma nova agremiação que lhes agradasse. A escolha do nome Borussia (Prússia em latim) foi feita pela proximidade com a região homônima.

No início de sua história, o time vestiu as cores azul, vermelho e preto. Somente em 1913 os dirigentes adotaram o atual uniforme amarelo e preto. Enquanto isso, em campo, o clube não conseguia muitos resultados de peso no futebol regional. A situação ficou ainda pior no fim da década de 1920.

Com a quebra da bolsa de Nova York em 1929 e a crise financeira mundial, o Borussia se viu em mal economicamente, e precisou da generosidade dos mais abastados da cidade para manter-se funcionando. O panorama apenas piorou na década de 1930, quando o regime nazista tomou conta da Alemanha.

Por não se juntarem ao partido de Adolf Hitler, os dirigentes do Borussia foram afastados e, posteriormente, fuzilados. Nesse período, porém, cresceu a rivalidade com o maior rival do clube até hoje. O Schalke 04, que vivia grande momento, se tornou o principal adversário, e vitórias em competições regionais são lembradas desde então.

Essa rivalidade, inclusive, é considerada a maior da Alemanha. Apesar de não se tratarem dos times mais vencedores do país (o Bayern de Munique ocupa tal posto), Borussia e Schalke movimentam as duas maiores torcidas, fato que é explicado pelo número de habitantes da região de Westafalia, conhecida pelas suas indústrias.

Em 1947, por exemplo, o Borussia conseguiu seu primeiro título da Westfalia, região da Alemanha, vencendo o Schalke 04 na decisão por 3 a 2. Aquela equipe é conhecida como “lendária”.

Os sucessos fizeram do Borussia uma das referências para o futebol nacional. Em 1954 teve seu primeiro jogador disputando uma final de Copa do Mundo, na Suíça, pela campeã Alemanha. Foi o goleiro Heinrich Kwiatkowski o autor do feito.

Anos depois, suas primeiras conquistas importantes. Conseguiu, em 1956 e 1957, o título de campeão alemão, ao vencer, na seqüência, Karlsruhe e Hamburgo, respectivamente. Assim, pela primeira vez em sua história participou de uma competição européia, a Recopa.

Em 1963, ainda conseguiu mais um título nacional. Foi o último da “era amadora” do país. Isso porque, logo na temporada seguinte, foi criada a Bundesliga, que organiza e dá nome ao Campeonato Alemão até hoje. Dois anos depois, o Borussia venceu pela primeira vez a Copa da Alemanha.

A maior glória daquele período, porém, viria apenas na temporada 1965/66. Naquele ano, o clube se tornou o primeiro alemão a vencer um torneio continental. Foi a Recopa, conquistada após final com o Liverpool, em Glasgow, na Escócia.
Escudo usado até 1970

O desmanche daquela equipe vitoriosa, no entanto, afundou o Borussia em uma das piores crises de sua história. Em 1971/72, com problemas financeiros, o clube foi rebaixado à segunda divisão, de onde voltaria apenas em 1976. À época, o único alento foi a construção do Westfalenstadium, que até hoje é um dos palcos mais importantes do país.

Em campo, conseguiu outro título apenas no fim dos anos 1980. Em 1989, venceu mais uma vez a Copa da Alemanha, ao derrotar o Werder Bremen na final por 4 a 1.

Mas as mudanças positivas mais significativas só viriam mesmo na década de 1990, com a chegada do treinador Ottmar Hitzfeld. Logo em 1990/91, ele levou o time ao vice do Campeonato Alemão. Dois anos depois, mais uma segunda colocação, mas da Copa da Uefa, com derrota para a Juventus.

A revanche viria em 1996/97, na melhor temporada do Borussia em sua história. Depois de grande campanha, a equipe venceu a rival italiana na final da Liga dos Campeões. No fim do ano, ainda seria campeã mundial ao bater o Cruzeiro. Antes disso, o time já tinha alcançado sucesso em nível nacional. Em 1994/95 e 1995/96, o Borussia conseguiu o bi do Campeonato Alemão.

A boa fase não duraria muito. Até o fim do século 20, o time não repetiu o sucesso e caiu de produção. Teve um novo bom momento em 2001/02. Naquela temporada, com os brasileiros Amoroso e Éwerthon, o Borussia conseguiu mais um título nacional.

Títulos
Campeonato Alemão
1956, 1957 ,1963 1995/96, 1996/97 e 2001/02 
Copa da Alemanha 1964/65 e 1988/89 
Recopa 1965/66
Liga dos Campeões 1996/97
Mundial de Clubes 1997 


Estádio

O Signal Iduna Park, mais conhecido como Westfalenstadion é um estádio de futebol localizado na cidade de Dortmund, na Alemanha. Tem a capacidade para 80.000 espectadores, 65.000 sentados. É conhecida também como "A Casa de Ópera do Futebol Alemão".
Em 1966, o Borussia Dortmund conquistou a Recopa Européia, surgindo assim o desejo de ampliar o antigo estádio, o "Rote Erde Stadion" ("Estádio da Terra Vermelha"), mas a falta de dinheiro impediu o sonho.
Em 1971, a cidade de Colônia saiu da lista de sedes de jogos da Copa do Mundo de 1974, transferindo os recursos financeiros para Dortmund. O projeto de um estádio multi-uso para 60.000 torcedores foi abandonado por um estádio de futebol para 54.000 torcedores.
Em 1992, por determinação da UEFA, a capacidade foi reduzida para 42.800 espectadores. Depois do Título Nacional conquistado pelo Borussia Dortmund em 1995, houve nova expansão, voltando aos 54.000 lugares, mas agora com 38.500 assentos.
Em 1997, quando o Borussia Dortmund ganhou a Liga dos Campeões da UEFA, foi mais uma vez ampliado, com capacidade para 68.800 torcedores.
Com a vitória da Alemanha na eleição para a escolha da Sede da Copa do Mundo de 2006 em 2000, o Westfalenstadion sofreu sua última ampliação de capacidade, para os atuais 83.000 lugares, sendo 67.000 assentos.
Devido à problemas financeiros, em Dezembro de 2005, o Borussia Dortmund cedeu o direito do Nome do Estádio (chamado de "naming rights") a Companhia de Seguros Signal Iduna.

Hino

Heja BvB, Heja BvB, Heja Heja BvB
Heja BvB, Heja BvB, Heja Heja BvB
Heute woll'n wir siegen, wir gehen mächtig ran
Borussia spielt heute ganz groß, bis zum letzten Mann
Heja BvB, Heja BvB, Heja Heja BvB
Heja BvB, Heja BvB, Heja Heja BvB
Stürmen wollen wir das Tor, ja das ist unsere Pflicht
Wir geben heut' das Tempo an, der Gegner stört uns nicht
Heja BvB, Heja BvB, Heja Heja BvB
Heja BvB, Heja BvB, Heja Heja BvB
Ist das Spiel gewonnen, dann kann man es versteh'n
Der BvB der BvB wird niemals untergeh'n
Heja BvB, Heja BvB, Heja Heja BvB
Heja BvB, Heja BvB, Heja Heja BvB
Heja BvB, Heja BvB, Heja Heja BvB
Heja BvB, Heja BvB, Heja Heja BvB



Mascote
A mascote do Borussia Dortmund é um pato amarelo, que faz referência ao brinquedo de plástico muito utilizado por crianças durante o banho. A escolha foi feita pela semelhança com as cores do clube.

Alcunhas Die Borussen (Os Borussians)
Die Schwarzgelben (Os Pretos Amarelos)


Site
http://www.bvb.de/