quinta-feira, 31 de março de 2011

Corporación Deportiva América de Cali

A primeira vez que o clube foi criado em 21 de dezembro de 1918, e meses depois, no dia 3 de agosto de 1919, o América Football Club derrotou uma equipe Latina por 3-0 na Copa Centenário Batalha de Boyacá.
Um segundo evento na história do clube aconteceu em 1923, quando vários dos ex-jogadores do clube formaram o Club Racing, nome pelo qual a equipe adotou as cores do seu homónimo argentino. Anos mais tarde mudaram seu nome para Independiente e começaram a usar o uniforme nas cores vermelho e azul. O Club Racing e o Independiente foram os clubes perculsores do América.
Se levarmos em conta a data da primeira fundação do América de Cáli, ou seja, 21 de dezembro de 1918, o resultado teria sido 90 anos de existência em 2008 e, por sua vez, de uma forma curiosa, concidiría com a data da conquista do 13 título nacional em 21 de Dezembro de 2008, no entanto, o registro oficial da criação do clubes cita o dia 13 de fevereiro de 1927 como o dia oficial da criação do América de Cáli, e em 2007 a instituição comemorou oficialmente 80 anos de existência do clube.

O nome do time nasceu de um pequeno comentário sem importância feito pelo capitão da seleção uruguaia de 1924. "Um bom nome para um conjunto é América", se manifestou o capitão da celeste uruguaia, desde então, é como se chama o clube de Cáli. E também uma publicação do El Gráfico onde o comentário do cronista, "Os negros do América aparecem uns Diabos Vermelhos...", causou uma impressão especial e a partir desse momento a equipe começou a se vestir totalmente de vermelho.

Durante os anos quarenta o América deixou de ser um time popular do Vale do Cauca, para se tornar um dos clubes mais prestigiados e organizados em todo o país como equipes como o Boca Juniors de Cali e os representantes de Barranquilla e Bogotá.

Os anos 50 foi o mais difícil na história do clube. A situação económica de muitos clubes na renda nacional não era ideal, devido aos altos salários pagos para jogadores que entraram no país desde 1949. A situação piorou em 1951, depois que se firmou o pacto de Lima, um documento que exigia que às equipes devolvesem os estrangeiros para retornar as equipes de origem, permitindo que a FIFA voltasse atrás em sua decisão de se retirar da Colômbia. A ausência de nomes brilhantes e a superioridade evidente do milionários de Bogotá para os outros concorrentes, acabou por afastar os fãs dos estádios.
O América não estava imune a estes tempos difíceis, e por razões económicas, estava ausente do torneio de 1953. Foi também um momento difícil em termos de resultados. A melhor época desta década foi um sexto lugar no campeonato profissional de 1952. Entre 1954 e 1959, a equipe vagou entre os piores resultados, com os piores desempenhos de 1958 e 1959 quando ele estava na última posição. Notavelmente, em 1959, o América estava prestes a não participar no torneio, mas o reaparecimento do Deportivo Cáli, o outro time da cidade após o desaparecimento do Boca Juniors, incentivou Pedro Sellares , presidente da época, a colocar o clube no campeonato.

Embora a década teve um início promissor, os anos sessenta para o América era outro tempo que decorria entre boas e regulares campanhas. Desta década incluem os 2 vice-campeonatos e um terceiro lugar, além de dois títulos nacionais ganhos pela Equipe de Reservas de 1966 e 1967.


Os anos setenta significaria o início da época de ouro para o América. Realizações como o primeiro título do Campeonato Colombiano de Futebol, a primeira participação na Copa Libertadores e do primeiro título internacional da Copa Simón Bolívar (embora neste torneio não foi reconhecido pela FIFA), chegaram, mas é claro que o início da década era regular, e que os melhores resultados vieram no final do mesmo.

O 80 é, sem dúvida um dos mais bem sucedidos do América de Cáli, que se estabeleceu como um dos maiores times do país e do continente. O América ganhou cinco títulos nacionais consecutivos (1982 - 1986) e 3 vices consecutivos da Copa Libertadores, em 1985, 1986 e 1987. Sua pior figuração no torneio nacional foi a terceira colocação, trouxe também algumas das maiores estrelas que o futebol colombiano jà teve e formou uma das folhas de pagamento mais caras do continente.

Os anos 90 também foram muito bem sucedidos para o América de Cáli, que nesta década foram conquistados 3 campeonatos Nacionais (1990, 1992 e 1997), 3 vice-campeonatos (1991, 1995 e 1999), um vice da Copa Libertadores em 1996 e o primeiro título internacional, a Copa Merconorte em 1999. Com essas conquistas, o América iniciou uma nova década de sucesso.

O novo milênio tem sido um momento de contraste para o América. Embora a equipe tenha conseguido grandes feitos (incluindo 4 títulos -2000, 2001, 2002-I, 2008-II, 1 vice 2008-I e participações em torneios internacionais, especialmente no início do milênio), a organização continua em uma profunda crise econômica, em grande parte devido às restrições sobre a lista de Clinton, que teve repercussões nos esportes (fazendo com que o América declinasse em 2007 e começasse com uma pontuação muito baixa em 2010).

Atualmente o clube está em profunda crise econômica devido à sua antiga associação com o tráfico de drogas e o bloqueio econômico chamado de "Lista de Clinton", mas desde o final de 2008 e início de 2009, o presidente da Câmara de Cáli conduz um processo de democratização, que visa a criação de uma empresa sob o nome de Nova América SA, para adquirir a empresa América de Cáli. Para fazer isso, desde março de 2009 foram colocadas ações a venda, o que os fãs podem comprar. O objetivo é, até Junho do mesmo ano, ter um mínimo de 2.000 sócios. Deve-se observar que, para evitar que dinheiro ilícito seja vazado no processo, a Direcção Nacional de Narcóticos da Colômbia funciona como supervisora e facilitadora.

Títulos

Copa Merconorte: 1999.
Campeonato Colombiano: 1979, 1982, 1983, 1984, 1985, 1986, 1990, 1992, 1997, 2000, 2001, 2002 e 2008

Estádio

O Estádio Olímpico Pascual Guerrero é um estádio multi-uso localizado na cidade de Cali, na Colômbia.
Inaugurado em 20 de Julho de 1937 com um torneio quadrangular entre Argentina, Cuba, México e Colômbia, como um dos eventos de celebração do 4º Centenário da Fundação de Cali.
Sediou os Jogos Pan-americanos de 1971, quando recebeu a pista de atletismo e teve a capacidade ampliada para 45.000 torcedores.



Alcunhas El equipo de los humildes (Anos 20 e 30), Los Diablos Rojos, Los Escarlatas, La Mechita, La Pasión de un Pueblo


Site

http://www.america.com.co/