segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Toulouse Football Club

O Toulouse Football Club foi fundado em 1970 pelo empresário Lílian Buzzichelli – primeiro presidente do clube - e por alguns empresários da cidade homônima, sob o nome de Union Sportive Toulouse. O time disputou pela primeira vez o campeonato da segunda divisão, na temporada 1970/71 e, para ajudar a nova equipe, a prefeitura disponibilizou o estádio municipal, onde até hoje o TFC manda seus jogos.

A entidade foi batizada definitivamente como Toulouse F.C. em 1977 e, neste mesmo ano, adotou o branco e o violeta como suas cores oficiais. O Téfécé alcançou a elite do futebol francês em 1981/82. Dois anos mais tarde disputava pela primeira vez uma competição européia, a Copa da Uefa.

No torneio europeu, o time fez boas campanhas nos anos 1980. Em 1986/87, sob o comando de Jacques Santini e tendo Daniel Jeandupeaux como principal jogador, a equipe fez sua melhor campanha da história. Eliminou o Napoli, de Diego Maradona, o melhor jogador em atividade na época e terminou em terceiro lugar, após perder para o Bayer Leverkusen na semifinal.

Com a saída de importantes jogadores e do técnico Santini, na década de 1990, o clube foi rebaixado para a Ligue 2 – como é chamado o segundo escalão do futebol francês -, em 1994. Com a queda, o time ficou com sua situação financeira instável, mas conseguiu ascender à primeira divisão em 1997. Dois anos mais tarde, em 1999, a equipe terminou o Campeonato Nacional na última posição e voltou a cair.

Na temporada 200/01, o TFC a segunda divisão em terceiro lugar e, com isso, retornou a Ligue 1. Na competição do ano seguinte, os problemas financeiros pioraram e os Pitchouns foram rebaixado pela DNCG (Direção Nacional de Controle de Gestão) da Federação Francesa e quase perderam o status de clube profissional.

Com a crise, o Toulouse transformou-se em Sociedade Anônima Desportiva e conseguiu salvar seu estatuto de equipe profissional e seu centro de treinamento. As mudanças surtiram efeito e, dois anos depois de quase extinto, o clube voltou à primeira divisão.

Recuperado do baque, o time estabilizou-se no Campeonato Francês e investiu em novos jogadores para voltar a disputar competições européias. Na temporada 2005/06, o investimento não gerou resultados e a equipe terminou a competição nacional em 16º, uma posição acima da zona de rebaixamento.

Em 2006/07, o francês Élie Baup assumiu o comando técnico e traçou a meta de classificar os franceses para competições internacionais. O resultado foi melhor do que o esperado e o clube terminou na terceira posição a Ligue 1. com isso, pela primeira na história teve o direito de disputar o maior torneio europeu: a Liga dos Campeões.

Contudo, a participação na competição continental durou pouco, mais precisamente duas partidas. Na terceira fase, os franceses enfrentaram os ingleses do Liverpool, finalista da edição anterior, e foram derrotados nos dois jogos (1 a 0 em casa e 4 a 0 na Inglaterra). ­

O sucesso temporada 2008-2009 foi inesperado para Toulouse. O clube terminou em quarto lugar na Ligue 1 da tabela com 64 pontos, e garantiu uma vaga na Liga Europa . A temporada não teve a dificuldade do ano anterior, qunado o clube se esforçou para se evitar o rebaixamento. A temporada 2008-2009 marcou o Surgimento do atacante Andre-Pierre Gignac, foi o artilheiro na Ligue 1 com 24 gols e foi premiado com uma convocação para a equipa nacional francesa.
  
Títulos
  
Ligue 2 : 1982, 2003




Estádio

Estádio Municipal de Toulouse é o estádio multiuso em Toulouse, França. Ele é o estádio sétimo maior em França. Atualmente é usado principalmente para jogos de futebol, principalmente as do Toulouse Football Club. Ele está localizado na Ilha do Ramler Perto do centro de Toulouse. É um futebol puro e não tem nenhuma pista de atletismo ao redor do campo. O Estádio é capaz de sustentar 35,472 pessoas.
O estádio foi construído em 1937 para a 1938 FIFA World Cup e foi submetido a extensas renovações Two, em 1949 e 1997.O estádio encenou seis jogos "durante a Copa do Mundo 1998 virada de ano em Inglaterra, incluindo a Roménia.


Apelidos : Téfécé, Le Tef', Les Pitchouns

Site

http://www.tfc.info/