terça-feira, 23 de novembro de 2010

Stade Rennais Football Club

Em 10 de março de 1901, estudantes da região de Rennes, na França, decidiram criar um clube poliesportivo para praticantes de futebol e atletismo. Assim surgiu o Stade Rennais. Apenas 15 dias depois de sua fundação, o time foi derrotado por 6 a 0 pelo Football Club Rennes, uma equipe vizinha.

Em 4 de maio de 1904, estes dois clubes se fundiram para tentar criar uma frente contra a hegemonia do US Servanaise naquele tempo. A nova agremiação se chamava Stade Rennais Universitaire Club. Suas cores ficam sendo a do FC Rennes, vermelho e preto, e logo se tornou uma das principais forças do futebol francês, disputando o título de todos os campeonatos em que participava.

Naquela época, ainda não existia o Campeonato Francês. A maioria das competições era local, embora existissem também alguns torneios organizados nacionalmente. Em um deles, em 1916, o Rennes derrotou o Lyon por 7 a 1 na final e foi campeão do Campeonato Interfederal da França.

Em 1922, Francis Hughes foi convocado para a seleção francesa. Foi o primeiro atleta da história do Rennes a vestir a camisa do time nacional. Dez anos depois, foi criada a liga nacional profissional na França e o clube aderiu ao profissionalismo. Na primeira edição da competição, a equipe terminou sem sexto lugar. Em 1935, chegou à final da Copa da França, mas foi derrotado por 3 a 0 pelo Olympique.

O clube se desestruturou na época da Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e levou algum tempo para se recuperar do golpe. Somente na década de 1960 a equipe voltou a ter capacidade de lutar com os outros grandes times franceses pelo título nacional, depois de uma intensa reestruturação. Em 1965, conquistou a Copa da França, derrotando o Sedan na final.

Em 1970, o Rennes confirmou sua fama de time copeiro. Apesar de desacreditada, a equipe foi derrotando seus adversários até enfrentar o Lyon na final da Copa da França e ser campeã mais uma vez deste torneio.

Em 23 de maio de 1972, o departamento de futebol do Stade Rennais Universitaire Club mudou de nome, para Stade Rennais FC. As outras modalidades da agremiação não participaram desta mudança.

Em 1975/1976, o Rennes foi rebaixado para a segunda divisão. O time chegou a voltar para a elite, mas caiu novamente e entrou na década de 1980 fora do escalão mais importante do futebol francês. Em 1980/1981, o Rennes conquistou a divisão de acesso e voltou para a primeira divisão, apenas para cair novamente.

O time seguiu nesta oscilação durante toda a década de 1980, mas ingressou nos anos 1990 jogando na divisão principal: foi campeão da segunda divisão em 1989/1990. Em 1991/1992, a equipe não conseguiu rivalizar com a força dos outros times da elite e caiu mais uma vez.

Em 1993/1994, o Rennes conseguiu novamente o acesso à divisão principal. Agora, o clube estava mais organizado e com a situação financeira estabilizada. Terminou a competição em oitavo, se mantendo no escalão mais alto do futebol francês e ainda conseguindo classificação para a Copa Intertoto. Desde então, se manteve na elite durante o restante da década de 1990.

Em 2000/2001, o Rennes terminou em sexto, o que foi considerado um excelente resultado, digno das comemorações do centenário do clube. Em 2004/2005, a equipe conseguiu um quarto lugar no Campeonato Francês, um feito histórico: foi a primeira vez desde que a competição foi instituída em que o Rennes se classificou para a Copa da Uefa.

Atualmente, o Rennes é visto como um clube formador de atletas. Apesar de não ser uma grande equipe, que disputa títulos, suas divisões de base são famosas pelos bons valores revelados nos últimos anos. Alguns exemplos são Frei, que saiu para o Dortmund, e Gourcuff, que se transferiu para o Milan. Os tempos recentes vêm sendo marcados por bons resultados, como o quarto lugar na liga francesa de 2006/2007.

Títulos

Campeonato Francês - Segunda Divisão: 1955-56, 1983-84
Copa da França: 1964-65, 1970-71

Hino

Galette-saucisse je t'aime
J'en mangerais des kilos
Dans toute l'Ille-et-Vilaine
Avec du lait ribot !
(bis)

Et si tu m'abandonnes
Alors je m'empoisonne
Avec des tripes de Caen
Et des rillettes du Mans.

(Refrão)

J'aime bien les Lavallois
Grillés au feu de bois
Mais je n'en mange pas
ça donne mal au foie.

(Refrão)

J'aime bien les Canaris
Quand ils sont bien bouillis :
Ça nourrit les cochons
Bien mieux que la poisson.


Estádio

O Stade de la Route de Lorient é um estádio de futebol localizado em Rennes, na França. Com capacidade para 29.778 pessoas, é a casa do Stade Rennais.
Inaugurado em 1912, já sofreu diversas reformas e atualmente há planos para modernizá-lo a fim de receber partidas da Eurocopa de 2016.
  
Apelido: Les Rouges et Noirs (os rubro-negros)

Site
http://www.staderennais.com/