quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Lille Olympique Sporting Club Lille Métropole

O Lille Olympique Sporting Club Lille Métropole surgiu em 1944, da junção de duas equipes de futebol da época, o Olympique Lillois e o SC Fives. Com a união de dois times tradicionais, o novo clube não demorou a ganhar títulos e, logo em seu segundo ano de existência, conseguiu vencer o Campeonato Francês e a Copa da França, os dois mais importantes torneios do país.
A “dobradinha” aconteceu na temporada 1945/46, sob o comando do técnico George Berry, que era treinador do antecessor SC Fives. A equipe terminou o Campeonato Nacional com 19 vitórias, sete empates e oito derrotas, um ponto a mais que o segundo colocado. Na final da Copa francesa, o LOSC bateu o Red Star por 3 a 0, sagrando-se campeão.
SC Fives


Na temporada seguinte, o time não repetiu o bom resultado na Ligue 1 – como é chamada a primeira divisão francesa -, mas venceu novamente a Copa da França, derrotando desta vez o Strasbourg, por 2 a 0.

Em 1947/48, fez outra boa campanha, conquistando pela terceira vez consecutiva a copa, ao vencer o rival Lens por 3 a 2 e terminou o Campeonato Francês na segunda colocação, com um ponto a menos que o campeão Rennes.

Nas temporadas subseqüentes, o Lille manteve seus bons resultados, terminando o Campeonato na segunda colocação nos dois anos seguintes, 1949/50 e 1950/51. O clube voltou a vencer em 1952/53, ao erguer mais uma Copa da França, ganhando do Nancy por 2 a 1.
Olympique Lillois

Em 1953/54, o LOSC conquistou pela segunda vez o Campeonato Francês e teve como fator determinante sua defesa, que sofreu apenas 22 gols, em 34 jogos, a melhor da história no time na competição.

O último título dos franceses aconteceu em 1955, com mais uma conquista da Copa nacional, a quinta, após derrotar o Bordeaux, por 5 a 3. Na temporada seguinte, a equipe entrou em declínio e acabou rebaixada à Ligue 2 – segunda divisão do país -, encerrando a fase áurea do clube.

O Lille alternou seus resultados nas temporadas posteriores, o que culminou em seguidos descensos e ascensões. Em 1956/57, terminou o campeonato da L2 na terceira colocação e voltou à elite do futebol francês, o que não durou muito, voltando a cair dois anos mais tarde. A equipe só retornaria ao primeiro escalão em 1964, após conquistar a segunda divisão.

Uma crise financeira rebaixou mais uma vez a equipe francesa, na temporada 1967/68 e mergulhou o clube na pior fase desde sua fundação. Em 23 de junho de 1969, o time abandonou o status de associação profissional e retornou ao futebol amador. Mas em apenas quatro anos já estava novamente no primeiro escalão, após vencer o campeonato da segunda divisão.

Na segunda metade da década de 1970, o LOSC continuava a alternar seus resultados e, em 1976/77, voltou a ser rebaixado, mas ascendeu no ano seguinte, após mais um título da segunda divisão.

Em 1980, a equipe tornou-se SAEM (Sociedade Anônima de Economia Mista) e passou a ter colaboração da câmara municipal para se manter. Desde então, se estabilizou entre os melhores clubes do país.

A década de 1990 foi de transição no comando técnico da equipe. De 1990 a 1997, passaram sete treinadores pelo time - Jacques Santini (1989-1990); Bruno Metsu (1992-1993); Henry Kazperczak e Pedra Mankowski (1993-1994); Jean Fernandez (1994-1996); Jean-Michel Cavalli e Hervé Gauthier (1996-1997), o que resultou em mais uma queda de divisão, em 1997.

O Lille retornou ao primeiro escalão apenas em 2000, após vencer pela quarta vez a Ligue 2 e bater na trave na temporada anterior. O século XXI deu novo ânimo à equipe, que no ano seguinte se classificou à Liga dos Campeões da Europa, após terminar o Campeonato Nacional na terceira colocação, mas acabou eliminado na primeira eliminatória que participou.

A Copa da Uefa de 2001/02 foi ainda melhor para os franceses. O time alcançou as oitavas-de-final da competição, quando acabou desclassificado pelo Borussia Dortmund. Nos anos seguintes, o clube passou por grandes modificações e trocou de presidente, treinador e perdeu alguns importantes jogadores.

A temporada 2004/05 foi uma das mais formidáveis. O LOSC fez sua melhor campanha desde o título de 1953/54 e terminou o Campeonato Francês na segunda colocação, classificando-se diretamente para a fase de grupo do torneio mais importante da Europa: a Liga dos Campeões.

Em 2005/06, o Lille confirmou sua boa campanha do ano anterior e encerrou sua participação no Nacional na terceira colocação, garantindo participação em mais uma Liga dos Campeões. No torneio europeu, a equipe acabou eliminada na fase grupos, ficando em terceiro lugar, à frente do Manchester United, mas atrás de Villarreal – ESP e Benfica – POR.

Com a desclassificação, o clube passou a disputar a Copa da Uefa, mas foi eliminado mais uma vez nas oitavas de final, perdendo para o Sevilha – ESP, por 2 a 1, no placar agregado.

No século XXI, vem dando sinais de que seu sucesso está retornando, com três participações na Liga dos Campeões da UEFA e boas campanhas na Ligue 1.

Títulos

Campeonato Francês 1945/46 e 1953/54
Copa da França
  1945/46, 1946/47, 1947/48, 1952/53 e 1954/55 
Campeonato Francês – Segunda Divisão:  1963–64, 1973–74, 1977–78, 1999–00

Estádio 
  
O Stadium Nord ou Lille Metrópole é um estádio olímpico situado na cidade de Villeneuve-d'Ascq, região metropolitana de Lille, ao norte da França. Foi inaugurado em 1976.
Desde 2004, o estádio acolhe provisóriamente a equipe profissional de futebol de Lille, o Lille Olympique Sporting Club, ou LOSC, até a construção do novo estádio, o estádio acolhe todas as partidas do LOSC no Campeonato Francês e para todos os outros encontros.
O estádio é frequentemente criticado pelos amantes do futebol por sua falta de conforto. Sua pequena altura libera o acesso do vento, esfriando consideravelmente a temperatura nas suas arquibancadas e dificulta a visão da pista de atletismo . Somente duas das quatro tribunas são cobertas.
Em 2005, os comissários da UEFA visitaram o estádio para verificar as condições de jogo para a Liga dos Campeões e o estádio não foi aceito por falta de segurança, por falta de estacionamento e instalações médias para uma competição de grande porte.

 Apelidos : Les Dogues (The Mastiffs), LOSC

Site 

http://www.losc.fr/