terça-feira, 30 de junho de 2009

Sertãozinho Futebol Clube

O Sertãozinho FC foi fundado oficialmente no dia 6 de agosto de 1944, após uma reunião entre um grupo de esportistas da cidade para a criação de um novo time. O primeiro presidente escolhido foi Enéas Sílvio Bordin e a equipe logo começou a participar dos campeonatos amadores da Liga Ribeirãopretana de Futebol, à qual era filiada.

Nos anos 50, a equipe do Sertãozinho Futebol Clube disputava campeonatos amadores da "Liga Ribeirãopretana de Futebol" contra Cajurú, Serrana, Santa Rosa de Viterbo, Bento Quirino, Dumont, Pontal e o tradicional rival da cidade, "Esporte Clube Mogiana".

Em 1963 o Sertãozinho Futebol Clube suspendeu suas atividades.

Em 1969, reiniciou suas atividades tendo como base a equipe amadora do São Paulinho F. C.
Disputou o Campeonato Amador da Liga Araraquarense de Futebol (1969),
sagrando-se Campeão Amador do Setor 47.


O Sertãozinho Futebol Clube na Categoria Profissional ( de 1970 a 2002 )
Inscreveu-se em 1970 na Federação Paulista de Futebol, para disputar a 2ª Divisão de Profissionais, foi Vice Campeão, perdendo o título para o E. C. Rio Branco, de Ibitinga, partida realizada no Estádio da Fonte Luminosa em Araraquara.

Em 5 de março de 1972, sagrou-se Campeão da 2ª Divisão de Profissionais (1971), vencendo o Rio Claro E. C., no Estádio Conde Rodolfo Crespi, na capital paulista (Rua Javarí), subiu para a 1ª divisão, primeira imediatamente inferior à divisão de elite do futebol paulista.

Em 1980, foi Campeão da 2ª Copa São Paulo, torneio realizada pela Federação Paulista de Futebol.

Em 1984, foi Campeão da Copa FPF/TV Globo, disputada por associações da divisão intermediária, organizada pela FPF, patrocinada pela Rede Globo de Televisão.

Em 1989, foi Vice-campeão da 2ª Divisão, sendo o Campeão do Grupo Azul da 2ª Divisão, perdendo o título para o Grêmio Esportivo São Carlense (ambos ascenderam à divisão intermediária).

Em 1998, Campeão do Quadrangular Final da 2ª Divisão Série B1-B, ascendeu à série B1.

Em 26 de agosto de 2001, após vencer em casa o AD Guarulhos por 7 a 0, o Sertãozinho Futebol Clube ascendeu para a série A-3.

O time alcançou, portanto, a Série A2 em 2004 e, dois anos depois, subiu à elite do Campeonato Paulista, algo inédito em sua história. No Estadual de 2007, ficou na 16ª posição, se mantendo na primeira divisão do estado.

Em 2009 disputou o Campeonato Paulista Série A-2, ao final do campenato conquistou o acesso à Série A-1 (Primeira Divisão), retornando depois da queda ocorrida no ano de 2008.

Títulos

1971 – Campeão paulista da Segunda Divisão
1989 – Campeão do Grupo Azul da Segunda Divisão - Acesso à Divisão Intermediária
2004 – Campeão paulista da Série A3

Estádio

O Estádio Municipal Frederico Dalmaso foi inaugurado no dia 10 de novembro de 1968, com uma vitória dos veteranos da cidade sobre o Escrete do Rádio, de São Paulo, por 2 a 1, cabendo ao empresário Menezis Balbo a honra de ser o primeiro a marcar no campo. No mesmo dia uma seleção de Sertãozinho foi derrotada pelo Botafogo, de Ribeirão Preto, por 4 a 0.

Bem diferente do estádio que hoje pode receber confortavelmente 15.074 torcedores nos jogos do Sertãozinho FC, o Fredericão, como é carinhosamente chamado pelos torcedores, na época comportava apenas cinco mil pessoas.

Atualmente, depois de passar por várias reformas, a última delas no final de 2006, o estádio possui modernas cabines e sala de imprensa, tribunas de honra para diretores do Sertãozinho FC, visitantes e autoridades, vestiários amplos para os atletas e arbitragem, além de todas as condições de segurança exigidas pelas autoridades.

Hino


Campeão é o Touro de novo
Sempre honrando a camisa grená
É com raça e muita energia
Sertãozinho pra sempre será

No gramado o Touro é valente
A torcida vibra sem parar
Sertãozinho conquista a vitória
Tá na hora de comemorar

REFRÃO
Salve, salve o Touro
Touro dos Canaviais
Salve, salve o Touro
Touro dos Canaviais



Mascote:
Criado pelo ex-presidente do Clube, o Comendador Alcídio Balbo, o mascote "Touro dos Canaviais" surgiu nos anos 80, quando o então presidente comparou o Sertãozinho FC com os animais que escapavam de sua propriedade e entravam na plantação de cana-de-açúcar. “Esse time é tão forte que até parece um touro solto no canavial”, disse o comendador, lembrando que assim como os animais, o Sertãozinho era muito difícil de ser vencido.



Site
http://www.sertaozinhofutebolclube.com.br/