terça-feira, 23 de junho de 2009

Centro de Futebol Zico do Rio Sociedade Esportiva

Diferentemente do que ocorre com as associações esportivas tradicionais, cuja fundação é marcada pela assinatura de uma ata, um clube-empresa passa a existir na data em que é registrado seu contrato social. O CFZ do Rio entrou em atividade dessa forma, nos moldes da lei que tem a assinatura de Zico, no dia 12 de julho de 1996, seis meses depois do primeiro aniversário do Centro de Futebol Zico, no Recreio dos Bandeirantes.

O grande objetivo do Galinho com a criação de um clube era dar continuidade ao trabalho das escolinhas de seu Centro de Futebol, proporcionando aos jovens a possibilidade de competir. Foram formadas equipes nas cinco principais categorias: mirim, infantil, juvenil, juniores e profissionais. O primeiro jogo foi pela categoria juvenil, contra o São Cristóvão, em Duque de Caxias, pela Copa Rio.

Primeiro clube-empresa registrado no Brasil, inicialmente se chamou Rio de Janeiro Sociedade Esportiva. A equipe ainda competiu como Rio de Janeiro, mas o nome teve de ser abandonado porque já havia um registro semelhante. No dia 4 fevereiro de 1998, CFZ é oficializado e o ‘do Rio’ é acrescentado para manter a essência da idéia original.

Assim como seu dono, o CFZ do Rio nasceu predestinado a vencer. A equipe profissional ingressou na terceira divisão do Campeonato Estadual em 1997 e já estreou sendo campeã. Na final, realizada no dia 27 de setembro, o time comandado por Jaime de Almeida com Joubert Filho na preparação física e Joubert na coordenação-técnica, derrotou o Duquecaxiense por 1 a 0, gol do japonês Takayuki Suzuki. Suzuki defendeu posteriormente a seleção do Japão e foi comandado por Zico entre 2002-2006.

Nas outras categorias não foi diferente. Desde que o clube entrou em atividade, juniores e juvenis obtiveram resultados expressivos. Sob o comando dos ex-jogadores Adílio e Andrade- contemporâneos de Zico no meio-campo do Flamengo- o CFZ conquistou o tricampeonato da Segunda Divisão de Juniores (1999, 2000 e 2002). E ainda chegou ao bicampeonato da Taça Otávio Pinto Guimarães, competição que reúne as principais equipes do Estado, na mesma categoria. Em 2000, o time juvenil alcançou o título estadual invicto, enquanto a equipe mirim levantou a taça no ano anterior. Neste mesmo ano, Zico teve a idéia de levar o projeto para onde houvesse maior organização e estrutura no campeonato regional. Foi assim que surgiu o CFZ de Brasília.

Títulos

Bicampeão da Terceira Divisão Estadual (1997 e 2004)

Estádio Antunes




O campo do estádio não fez parte do projeto original do Centro de Futebol Zico e seu terreno foi adquirido posteriormente quando Zico decidiu que, além de uma escola de futebol, naquele espaço seria criado um time de futebol. Oito meses após a fundação oficial do CFZ do Rio, foi inaugurado o estádio Antunes, uma homenagem à família extensiva ao pai e ao irmão diretamente, pois ambos eram conhecidos como Antunes. O projeto foi assinado pelo engenheiro Fernando Marinho.

Originalmente, o gramado tinha as dimensões de 100 x 64m. A capacidade de público nas arquibancadas de cimento foi estimada em 500 pessoas. O estádio conta com cabine de rádio com capacidade para 10 equipes, dois vestiários para equipes e um para árbitros. Coube a Dona Matilde, já falecida mãe de Zico, cortar a fita inaugural do estádio em 29 de março de 1997. Na ocasião, com casa cheia, o time profissional ainda com o nome de Rio de Janeiro goleou o Raiz da Gávea por 7 x 0 na partida de estréia pelo Campeonato Estadual da Terceira Divisão. O primeiro gol do estádio Antunes foi do atacante Guarilha.

Ao longo dos anos foram realizadas ampliações na capacidade do estádio para partidas pelo Campeonato Estadual e para outros eventos. Fez-se uso de arquibancadas metálicas na parte de trás do gol à esquerda das cabines de rádio e no lado oposto às cabines. De acordo com estimativas, o Jogo das Estrelas em dezembro de 2005, com a presença de Maradona, registra o recorde de público com cerca de 4 mil pessoas. Foram montadas duas arquibancadas auxiliares para este evento.

No fim de 2007, o campo sofreu modificações e teve suas dimensões ampliadas. Novamente com a coordenação de Fernando Marinho, o gramado foi elevado em cerca de um metro para evitar alagamentos e ganhar estabilidade. O campo ganhou dois metros a mais de comprimento em relação ao projeto original e um a mais de largura, passando de 100 por 64 para 102 por 65, ambas medidas oficiais da Fifa.


Site
http://www.ziconarede.com.br/cfzdorio