terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Club Deportivo Godoy Cruz Antonio Tomba

Em 1921, um grupo de amigos se reuniu em um bar da região e decidiu fundar o time, que recebeu o nome da cidade. Os primeiros esportes do clube foram o boxe, o xadrez, o levantamento de peso, e claro, o futebol. Um ano depois da fundação, o clube se juntou à Liga Mendocina de Fútbol, conseguindo o acesso à primeira divisão logo na primeira temporada.
Os primeiros tempos de clube mostraram um time bastante forte no cenário local, brilhando também em excursões pelo país. Em 1923, a equipe inaugurou seu primeiro estádio, em um empate em 4 a 4 com a equipe do Palmira.

O estranho nome do Godoy Cruz surgiu em 1933, quando o time se fundiu ao Club Deportivo Bodega Antonio Tomba. A fusão, que serviu para fortalecer o clube perante o futebol da região, ajudou a tornar o clube conhecido como “o Tomba”, e seus torcedores como “bodegueros”. Como a localização do estádio era próxima da ferrovia, o clube também receberia o apelido de “Expresso”
Os anos 40 e 50 testemunharam o melhor período do clube antes da fase atual. O Tomba conquistou cinco títulos do campeonato de Mendoza (1944, 1947, 1950, 1951 e 1954), além de fortalecer sua rivalidade com o Andes Talleres. Depois desta época, o time voltou a conquistar o regional em 1968.
Em 1959, o clube inaugurou o estádio Nuevo, também conhecido como La Bodega. Em 1986, o campo mudou de nome para Feliciano Gambarte, dirigente mais importante da equipe no passado. No entanto, desde 2008, o Godoy Cruz vem usando o Malvinas Argentinas, maior estádio da província e que sediou partidas da Copa do Mundo de 1978.

Em 1974, a equipe fez sua estreia no Torneio Nacional, que reunia times das ligas regionais mais os componentes da primeira divisão argentina. Depois, passaria por diversas divisões menores do país. Nesta época, a glória máxima do Godoy Cruz foi o Troféu do Interior, competição hoje extinta, em 1994.
O título lhe rendeu o acesso à Primeira B Nacional, a segunda divisão argentina, onde passou vários anos brigando até o ano de 2005, quando foi campeão do Apertura. Com o título, teve de brigar pelo acesso com o campeão do Clausura do ano seguinte, o Nueva Chicago. Os Bodegueros passaram pelo adversário e, pela primeira vez, integrariam a elite do futebol portenho.
No entanto, em 2007, acabou sendo rebaixado, após uma derrota para Huracán. O revés seria temporário, já que em 2008, conquistou o vice-campeonato da Nacional B e retornou à primeira divisão.

O Apertura de 2008 lhe rendeu um 12º lugar, que ajudou a equipe a escapar do rebaixamento através do promedio. No torneio seguinte, o Clausura 2009, encerrou a competição em nono, mas acabou tendo má campanha no Apertura do mesmo ano.
Depois das passagens de Diego Cocca, Daniel Oldrá e Enzo Trossero, o Tomba resolveu apostar em Omar “Turco” Asad para ser treinador. O campeão da Libertadores de 1994 pelo Vélez Sarsfield foi o toque que faltava para o time de Mendoza subir na tabela, atualmente disputando o título do Clausura, e quem sabe, até disputar futuramente a Libertadores.
Em 2010, o Tomba foi a grande sensação do futebol argentino, principalmente pelo seu belo futebol apresentado. Fez a terceira melhor campanha, ficando atrás apenas do Estudiantes e Vélez Sarsfield, e teve um dos melhores jogadores, o meia David Ramírez.
Foram 89 anos de espera, um belo ano e, enfim, o Club Deportivo Godoy Cruz Antonio Tomba, da cidade de Mendoza, fez sua estréia na Taça Libertadores da América. No estádio Malvinas Argentinas, palco da Copa de 78, a equipe recebeu a LDU, muitas vezes fantasma dos argentinos, e venceu por 2 a 1, para a alegria de seus torcedores que lotaram o estádio.

Estádio

O Estádio Feliciano Gambarte está localizado em Godoy Cruz, Mendoza. É de propriedade do Club Deportivo Godoy Cruz Antonio Tomba, apesar deste atualmente mandar seus jogos no Estádio Malvinas Argentinas.
Capacidade 14.000 pessoas
Inauguração 3 de outubro de 1959

O Estádio Malvinas Argentinas é de propriedade estatal. .Mendoza possui um estádio de futebol que foi erguido para a Copa do Mundo de 1978, pois a Argentina necessitava de mais estádios para atender as exigências da de um evento tão grandioso como este, foi então que este estádio foi construído em 1976 e inaugurado em 14 de Maio de 1978, com um jogo entre as equipes de Mendoza e San Rafael, na época o estádio levava o nome de Estádio Ciudad de Mendoza.
Capacidade 40.268 pessoas
Inauguração 14 de maio de 1978

Alcunhas O Expresso, Tomba, Bodeguero

Site
http://www.clubgodoycruz.com.ar