sábado, 6 de setembro de 2008

São Raimundo Esporte Clube

O São Raimundo Esporte Clube foi fundado oficialmente no dia 18 de novembro de 1918, logo após do fim do "boom" da Borracha em Manaus.

O nome deve-se ao bairro, que por fim deve este nome ao santo, que nasceu em 1204 na Espanha. O bairro em Manaus foi por muito tempo latifúndio da Igreja Católica, no séc XIX, até que migrantes nordestinos viessem lá residir. São Raimundo está localizado à 200 metros do Centro Antigo de Manaus, separado deste por uma Ponte (Fábio Lucena) que só foi inaugurada em 1986.

Voltando à história do Clube. Em 1915 Francisco Rebelo e o Professor Assis fundam o Risópolis Clube Recrativo. Mais tarde, em maio de 1918, mudam o nome para Risofóles, que meses depois acaba; transformando-se finalmente num nome que identificasse o proletário bairro , daí o nome de São Raimundo.

Alguns dos fundadores do São Raimundo: Sr. Belmiro Costa, Sr. Olímpio Carvalho, Sr. Carlos Frederico, Sr. Jo'se Quincas, Sr. Vidal, Sr. Sena, e Sr. Queiróz. O presidente desse novo clube era o "batalhador" Francisco Rebelo.

O maior e mais ferrenho rival do "Tufão"- assim como o clube é conhecido, é o Sul América do bairro vizinho da Glória, que desde 1932 (ano em que foi fundado) acirra as disputas com o time "colinense". A partir de 1956, o sempre inteligente jornalista Irisaldo Godô apelida o São Raimundo de "Tufão" e o Sulamérica de "trem" e começam os tradicionais clássicos "Galo-pretos" (por causa do tradicional despacho de UMBANDA realizado antes dos jogos).

A Primeira sede do São Raimundo localizava-se na mesma "rua da Ponte", rua 5 de setembro. Antes desta data, as reuniões eram em locais aleatórios.

O São Raimundo, ou "Mundico", ou "Tufão", ou ainda, "São Rai" só chegou na Primeira Divisão da antiga FADA (Federação amazonense de desportos atléticos) em 1955, disputando no ano seguinte junto aos "grandes" de Manaus.

Dono de uma torcida apaixonada, que mesmo quando o São Raimundo deixou de participar dos campeonatos amazonenses (de 1980 a 1983), (1994 e 1995) nunca deixou de torcer pelo seu time e em ter esperança de sua volta aos gramados.

O São Raimundo, atuando a apenas 5 anos no profissionalismo arrebatou o Título Amazonense de 1961 o outro título viria 5 anos depois - 1966 (foi o primeiro campeão profissional do Amazonas, que neste campeonato tinha a recém criada FAF (Federação Amazonense de Futebol) esse campeonato só terminou em 1967.

Durante muitos anos, o "Tufão" foi o dono da quarta maior torcida do estado, atrás de Nacional, Rio Negro e Fast Clube. Com a sual definitiva volta aos estádios em 1996, o clube fez com sua torcida quintuplicasse em números e pode-se diser hoje que está no mesmo nível da do Nacional e do Rio Negro, sendo que nos últimos 4 anos, sempre esteva nas primeiras posições em presença nos estádios. Note-se que o Bairro de São Raimundo possui cerca de 10 mil moradores.

Após o titulo estadual de 1966, o clube passou por diversas crises econômicas. Tanto é que nos anos 80, o clube quase vendeu seu estádio e o mesmo quase fecha suas portas.

O São Raimundo a partir de 1996 "renasceu" para o Amazonas. Ivan Guimarães e Maneca, nacionalistas fanáticos - o primeiro, radialista e ex-setorista do Nacional, o segundo, Presidente do Nacional durante 10 anos-, colocaram a idéia para a presidência do Tufão de se criar um Departamento Autônomo dentro do clube. Orlando Saraiva (presidente do São Raimundo)mais os outros diretores acataram e acreditaram na idéia. O que eles iriam perder? a partir daí o São Raimundo rapidamente chamou ninguém mais, ninguém menos que um dos maiores treinadores do Brasil - Aderbal Lana, o mesmo que ganhou o tri-campeonato matogrossense pelo Mixto em 1982, e que levou esse mesmo Mixto-MT a ser uma grata surpresa no campeonato brasileiro de 1985 o mesmo que embalou o sonho e o orgulho em ser nacionalino em 1985-1986-1987, no tempo da "máquina azul", que derrotou Atlético mineiro, Internacional-RS, Santa Cruz, Palmeiras-SP, etc...e a partir daí inscreveram o Tufão no Brasileirão Série C 1996, os resultados foram ruíns naquele primeiro momento, mas dupla continuou seu trabalho incessante, que deu frutos no tri campeonato amazonense (1997/98/99) no terceiro lugar na última Copa Conmebol 99 e vice-brasileiro (Série C) 99, sem falar no Tri-campeonato da Copa Norte. Além disso, veio o reconhecimento nacional para o Clube, disputando a Copa do campeões em 2001, quando já havia sido o campeão da SELETIVA empatando com Sport-PE em Recife e vencendo o Goiás em Manaus.

Ao longo dos sete anos na 2ª divisão,o time apenas brigava contra o descenso, escapando apenas nas últimas rodadas. Em 2006, após seis anos na Série B, com um time muito ruim e em formação ao longo do campeonato, foi rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro, ao ficar na 19º posição, melhor apenas do que o Vila Nova de Goiás, que ficou na lanterna.

Após o rebaixamento à Série C do Campeonato Brasileiro em 2006, o São Raimundo perdeu grande parte de seu elenco. Em 2007, o clube teve base num time de peladas. Fez uma campanha razoável no Campeonato Amazonense e uma péssima campanha na Série C deste ano.
Títulos

Continentais Terceiro Lugar Copa Conmenbol

Nacionais Vice Campeonato Brasileiro Série C

Regionais Copa Norte: 3 vezes (1999, 2000 e 2001).

Estaduais Campeonato Amazonense: 7 vezes (1961, 1966, 1997, 1998, 1999, 2004 e 2006).
Vice-Campeonato Amazonense: 2 vezes (1964 e 2000).
Torneio Início: 4 vezes (1956, 1963, 1998 e 2005).

Estádio
Estádio Ismael Benigno (Estádio da Colina)
Capacidade 15.000
Inauguração 19 de Fevereiro de 1967
São Raimundo 1 X 8 Sport-PE
Primeiro Gol: Mário(Sport-PE)
Público Recorde: Nacional 0 X 0 Rio Negro (1969) - 23500

Hino

"São Raimundo"
(Francisco da Silva, 1997)

(REFRÃO)
Avante ! Avante ! Avante !
Clube do meu coração
Tua torcida é sincera
E cheia de emoção
Vibra com o azul do céu
Lembrando o branco da paz e da harmonia
Gritando Tufão ! Tufão !
Numa explosão de amor e alegria

São Raimundo tu me fascinas
No campo ou em qualquer lugar
Vem do alto da Colina
A força para lutar
Vamos meu clube querido
Pro gramado com muita união
Buscando novas alegrias
Mostrando que és o campeão

Mascote

Tufão, que sopra bem forte no Alto da Colina








site:http://www.saoraimundoec.com.br/ (em manutenção)