quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Clube Esportivo de Bento Gonçalves

O Esportivo foi fundado em 28 de agosto de 1919. No dia 21 de setembro do mesmo ano, disputou a primeira partida de sua história, no empate em 1 a 1 com o Garibaldi. O Esportivo estava assim escalado: Pasquetti; Holleben e Salton; Cardoso, Turcato e Enricone; Zanoni, Fedullo, Bissaco, Ros e Ponzoni. Em 1949, foi vice-campeão gaúcho de amadores.

Linha do tempo - Fatos Históricos
O Esportivo enfrentou o Grêmio pela primeira vez em 1923, quando perdeu por 6x2, em jogo realizado em Bento Gonçalves.
Em 23 de outubro de 1938, o Internacional vem a Bento pela primeira vez, para enfrentar amistosamente o esportivo. O placar de 4x4 deixou a torcida muito feliz, que invadindo o gramado, saudou os jogadores.
No dia 19 de janeiro de 1958 , O Esportivo realizou seu primeiro Jogo Internacional, com o Gimnasia y Esgrima de La Plata (Argentina) , perdendo por 1x0.

Em 1969, ano da comemoração do cinqüentenário do Clube Esportivo, a direção resolve marcar este acontecimento com a criação de um “hino” que cantasse as glórias e os feitos do Clube.
Com letra da professora Maria Frota e música do maestro Moysés o Hino do Esportivo, tem estes versos: “Na Capital Brasileira do Vinho, honrando o esporte do sul, tem sua sede e nosso carinho, o valoroso Esportivo alvi-azul. Estribilho: Ó Esportivo, tu és cinqüentenário, sabes lutar, sabes vencer. Glórias alcançar, teu povo te aclama: Viva o Esportivo alvi-azul, alvi-azul. Verde como os parreirais, assim é nossa esperança, nos teus grandes valores reais, Esportivo, avante, confiança! Estaremos contigo Esportivo, na montanha ou fora daqui, co’ entusiasmo sempre vivo, aplaudindo ou sofrendo por ti.”

No primeiro teste da loteria Esportiva, do dia 19 de abril de 1970, ninguém chegou aos 13 pontos, porque o Grêmio, jogando com um time reserva, perdeu para o Esportivo, em Bento Gonçalves, por 1x0, gol de Décio. Foi a zebra do jogo 9.
No dia 18 de abril de 1971, aconteceu uma vitória extraordinária. A equipe treinada por Enio Andrade venceu o Grêmio por 5x2, uma goleada que tirou do tricolor, a invencibilidade de 24 partidas.
Em 15 de abril de 1973, ainda sob o comando de Enio Andrade, em pleno gigante do Beira Rio, em Porto Alegre, o Esportivo derrota o Internacional por 2x1, com dois gols de Décio. Foi a primeira vitória do Esportivo diante do Internacional e o primeiro clube do interior a vencer o colorado no seu estádio, desde que foi inaugurado em 1969.
Três atletas destacaram-se no Esportivo, não apenas pela excepcional categoria, mas também pela disciplina: Heitor Martins, Álvaro Carvalho(Garganta) e Décio Frozi, que nunca foram expulsos. Por este motivo fizeram jus ao Belfort Duarte, um troféu cobiçado por muitos, mas dado apenas aqueles que durante a sua trajetória de atleta portaram-se sempre com fidalguia e cavalheirismo dentro das quatro linhas.
Em 30 de maio de 1979 o Esportivo enfrenta o Grêmio na Montanha, num jogo disputado com muita neve, numa temperatura de um grau centígrado, que embelezou a noite de Bento Gonçalves. Muitos que estavam no estádio viram a neve pela primeira vez.
Dia 20 de setembro de 1979, o alvi-zul empata com o Novo Hamburgo no Santa Rosa em 0x0, em jogo noturno. Paralelamente, o Grêmio vencia o Grenal. A combinação dos resultados apontava o Esportivo como Vice-Campeão Estadual de 1979.

Títulos
1932 - Campeão da Taça Perdigueiro
1936 - Campeão da Segunda Região
1942 - Vice-Campeão Estadual de Amadores
1946 - Campeão Citadino de Bento Gonçalves
1949 - Campeão da Primeira Divisão de Aspirantes
1956 - Campeão da Segunda Divisão de Profissionais Zona Centro
1957 - Campeão da Segunda Divisão de Profissionais Zona Planalto
1969 - Campeão Estadual da Segunda Divisão
1970 - Vice-Campeão do Interior do RS - Divisão Especial
1971 - Campeão do Interior do RS - Divisão Especial
1972 - Campeão do Interior do RS - Divisão Especial
1973 - Campeão do Interior do RS - Divisão Especial
1973 - Campeão da Taça “Governador do Estado”
1974 - Campeão do Interior do RS - Divisão Especial
1975 - Campeão Estadual da Segunda Divisão
1976 - Campeão do Interior do RS - Divisão Especial
1977 - Campeão da Taça “Governo do Estado”
1978 - Vice-Campeão da Taça “Governo do Estado”
1978 - Campeão da Taça Rubens Freire hoffmeister
1979 - Vice-Campeão Estadual da Divisão Especial.
1980 - Campeão da “Copa Governador do Estado”
1981 - Vice-Campeão da Segunda Divisão
1982 - Campeão da “Copa Estado do RS”
1982 - Campeão do interior do RS - Divisão Especial
1983 - Campeão da Copa “ACEG”
1987 - Campeão do Interior do RS- Divisão Especial
1998 - Campeão do Interior do RS- Divisão Especial
1999 - Campeão da Segunda Divisão Estadual
2004 - Campeão da Copa Rio Grande do Sul

Estádio

Estádio Parque Esportivo Montanha do Vinhedos
Inauguração 29 de Fevereiro de 2004
A capacidade inicial projeta: 20 mil lugares. A capacidade atual 13.500 lugares. Sendo distribuido em 12 mil nas arquibancadas e 1.500 cadeiras. A administração e sede do clube localizam-se no estádio.
A obra consumiu mais de R$ 10 milhões e foi iniciada em 1979, ano de glória do Esportivo, em que foi vice-campeão gaúcho. Com o nome de “Montanha dos Vinhedos”, o empreendimento está localizado fora da cidade, próximo à RST-470, que liga Bento a Veranópolis. Teve como primeiro jogo oficial, Esportivo x Pelotas.

Hino

Da capital brasileira do vinho,
Honrando o esporte do Sul.
Tem sua sede em nosso carinho,
Valoroso Esportivo, Alvi Azul.

O Esportivo, Tu és Cinqüentenário,
Sabes lutar, sabes vencer.

Glórias alcançar, teu povo te aclama,
Viva Esportivo Alvi Azul, Alvi Azul.

Verde como os parrerais,
Assim é nossa esperança.
Nos seus grandes valores reais,
Esportivo avante confiança.

O Esportivo, Tu és Cinqüentenário,
Sabes lutar, sabes vencer.

Glórias alcançar, teu povo te aclama,
Viva Esportivo Alvi Azul, Alvi Azul.

Estaremos contigo Esportivo,
Na Montanha ou fora daqui,
Com entusiasmo sempre vivo,
Aplaudindo ou sofrendo por Ti.
O Esportivo, Tu és Cinqüentenário,
Sabes lutar, sabes vencer.

Glórias a alcançar, teu povo te aclama,
Viva Esportivo Alvi Azul, Alvi Azul.
Viva Esportivo Alvi Azul, Alvi Azul.

Mascote
Em processo de escolha
Candidatos a Mascote:

Azulão: (pássaro muito comum na região serrana)
Águia: (um pássaro de visão e coragem)
Leão da Montanha: (remetendo ao nome do nosso estádio)
Bacco: (Deus do Vinho, em homenagem à Bento Gonçalves)
Zebra: (Primeiro resultado da loteria a favor do Esportivo)

Divulgação do vencedor: 20 de outubro

site:http://www.clubeesportivo.com.br/