quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Sampaio Corrêa Futebol Clube


Sampaio Corrêa Futebol Clube, fundado no dia 25 de março do ano de 1923 (84 anos completos) na residência de Inácio Coxo, localizada em uma das ruas do Bairro do Lira, que dão acesso à Rua do Passeio (Bairro São Pantaleão ), quando um grupo de jovens peladeiros resolveram criar a Associação Sampaio Corrêa Futebol Clube, sendo escolhida e composta a sua primeira Diretoria pelos desportistas, oriundos do antigo Remo F. Club (1920), formado por operários e jovens de pés descalços, sendo escolhido para ser o seu presidente o desportista Abrahão Andrade. Como vice, o escolhido foi Luis Vasconcelos e João Almeida e Plasco Moraes Rego, na primeira e segunda secretarias. Valdemar Zacarias de Almeida como tesoureiro, Almir Vasconcelos como Diretor de Esportes e mais Manoel Brasil como auxiliar das diretorias, foram os demais membros da primeira diretoria boliviana.

O nome Sampaio Corrêa surgiu em homenagem ao hidroavião Sampaio Corrêa II, que aportou em São Luís no dia 12 de dezembro de 1922, sob o comando do piloto brasileiro Pinto Martins e do americano Walter Hinton. O avião tinha sido doado - e por isso levava o nome - pelo senador carioca José Mattoso de Sampaio Corrêa, presidente do Aeroclube Brasileiro. Aliás, foram dois os aviões doados pelo senador: Sampaio Corrêa I e Sampaio Corrêa II, sendo que o primeiro pegou fogo, antes do segundo ser doado.
Os dois pilotos tentavam realizar a primeira ligação aérea entre as Américas, levantando vôo dos Estados Unidos para o Brasil.
O uniforme oficial do clube foi inspirado na camisa do Fluminense do Rio de Janeiro, e estilizado por Gervásio Sapateiro, nas cores amarelas, verde e vermelha. Os calções eram de cor cáqui e meiões cinza, baseados nos macacões e polainas dos pilotos Walter Hinpton e Pinto Martins, que usavam também camisas verde/amarela e vermelha I branca inspiração das bandeiras brasileira e norte-americana.

O primeiro jogo oficial e o primeiro gol

Em pouco tempo, o Sampaio tornou-se "Campeão Suberbano" ao bater pequenos clubes da periferia e desafiar o grande Luso Brasileiro, à época o campeão maranhanense e maior potência do estado. O primeiro compromisso oficial entre os dois clubes ocorreu em 26 de abril de 1923, sendo que o Luso vinha de uma longa invencibilidade. A partida aconteceu no campo da Rua do Passeio, com arbitragem de Antero Novais, e terminou com a vitória da Bolívia Querida por 1 x 0, com gol de Lobo, feito aos quatro minutos do primeiro tempo. A primeira equipe do Sampaio era a seguinte: Rato; Zé Novais e João Ferreira; Roi Bride, Chico Bola e Raiol; Turrubinga, Mundiquinho, Zezico, Lobo e João Macaco.

O Sampaio Corrêa teve o recordista de gols em uma só partida. Foi ele o atacante Mascote, que bateu o recorde brasileiro de gols numa única partida. Aconteceu em 20 de setembro de 1934, quando o Tricolor venceu o Santos Dumont por 20 x 0. Mascote fez 13 gols, decretanto a extinção do chamado time "Aviador".

Copa Conmebol 1998

O Sampaio é o único clube do Maranhão a participar de um torneio internacional. Foi a Copa Conmebol de 1998, na qual terminou como terceiro colocado, atrás do Santos e do Rosário Central - ARG.
No jogo da semifinal da Copa Conmebol de 1998, entre Sampaio e Santos, foi quebrado o recorde de público do Estádio Castelão, dia 24.09.1998. O total de público divulgado foi de 97.720 torcedores.

Títulos

Ao longo dos seus 85 anos, o Sampaio Correa conquistou vários títulos , dentre eles:

  • 29 Campeonatos Maranhense com destaque ao Pentacampeonato nos anos de 1984/85/86/87/88;
  • Campeonato Brasileiro da 2ª Divisão 1972
  • Campeonato Brasileiro 3ª Divisão/1997;
  • Campeão da Copa Norte e Nordeste 1998;
  • Campeão da Taça Cidade de São Luis - 2007
Estádio

Estádio Governador João Castelo
O estádio é de propriedade do Governo Estadual do Maranhão, e é o principal estádio dos jogos do Sampaio Corrêa e do Moto. Seu nome é em homenagem a João Castelo Ribeiro Gonçalves, governador do Maranhão de 1979 a 1982.
Inauguração:05/02/1982 (Brasil 3 x 1 Portugal) - 05/02/1982
Primeiro gol: Júnior (Brasil)
Maior público: Sampaio Corrêa 1 x 5 Santos - 24/09/1998 - 100.250 (97.720 pagantes)
Capacidade 70000

Estádio Municipal Nhozinho Santos
O estádio é de propriedade da Prefeitura Municipal de São Luís do Maranhão. Seu nome é em homenagem a Joaquim Moreira Alves dos Santos, pelas mãos do qual ocorreu o nascimento das atividades esportivas em Maranhão.
Inauguração : 01/10/1950 (Sampaio Corrêa 2 x 1 Paysandu)
Primeiro gol: Hélio (Paysandu)
Maior público: Maranhão 0 x 0 Vasco da Gama - 26/03/1980 - 24.865 pessoas
Capacidade 22000


Hino
O célebre hino do Sampaio foi composto por Agostinho Reis (1920-1966), e sua gravação original foi interpretada pelo cantor Alcides Gerardi, sob o acompanhamento da Banda da Polícia.

Sampaio Corrêa,
a bolívia querida
de
maior torcida
desse Maranhão,

Sampaio Corrêa,

do nosso esporte

o mais antigo esquadrão
Sua camisa encarnada
verde e amarelo
Veste o gigante
do esporte

em constante duelo

Sa
mpaio Corrêa,
time de escol,

maior torcida
tradição
e futebol


Clássicos

Superclássico: Sampaio e Moto
Samará : Sampaio e Maranhão

Mascote








site :http://www.sampaiocorreafc.com.br