sábado, 27 de setembro de 2008

Grêmio Recreativo Barueri

Em 1989, visando promover integração social e educação por meio do esporte, nasce o Grêmio Recreativo Barueri. Desde então, a Organização Social tem promovido um amplo trabalho social, afastando crianças, adolescentes e jovens da ociosidade e de atividades ilícitas, formando atletas e cidadãos.

Para tal, o Grêmio Barueri trabalha em duas vertentes diferentes. O Futebol Profissional e os Núcleos de Formação Esportiva.

Os Núcleos de Formação Esportiva foram as primeira atividades desenvolvidas pelo Grêmio. Atualmente são centenas de crianças atendidas no projeto em diversas modalidades, como: futebol, futsal, vôlei, basquete, judô, karatê, ginástica artística, atletismo, skate e tênis.

Além da instrução esportiva e das atividades física e mental, as crianças têm a oportunidade de viver uma vida mais saudável desenvolvendo atributos importantes como: trabalho em equipe, superação, garra, força, desafios, vitórias e conquistas.

Como conseqüência deste trabalho, talentos são descobertos e crianças descobrem no esporte um caminho para se tornarem melhores cidadãos.

Outra vertente desenvolvida pelo Grêmio Barueri é o Futebol Profissional.

Sua trajetória começou no ano de 2000, em parceria com a iniciativa privada. O Grêmio Barueri disputou o Campeonato Paulista da Segunda Divisão - categoria Juniores - tendo sagrado-se vice-campeão da competição, com a equipe denominada Roma/Barueri.

No ano de 2001, convidado para participar da tradicional Copa São Paulo de Futebol Júnior o Roma/Barueri fez uma excelente campanha chegando à final num jogo memorável contra o São Paulo Futebol Clube, cujo placar foi de 4 a 4. Na decisão por pênaltis o Barueri levou a melhor e se sagrou campeão do torneio logo em sua primeira participação nesta competição.

Com a performance da Copa São Paulo de Junior, o ingresso no futebol profissional se tornou inevitável. Em 2001, Barueri ingressa no futebol profissional, disputando o Campeonato Paulista da Segunda Divisão - Série B/3.

Em apenas seis anos de futebol profissional Barueri alcançou seis acessos consecutivos, sendo cinco deles no futebol paulista e um no Campeonato Brasileiro em sua primeira participação nesta competição.

Em 2007 Barueri estreou no Paulistão e na série B do Campeonato Brasileiro. Os ótimos resultados do futebol profissional em Barueri tem atraído muitas pessoas, imprensa e turistas. Esta grande exposição na mídia tem proporcionado receitas para a cidade, aquecimento do comércio, geração de novos negócios e de novos empregos formais e informais, além de grande notoriedade para o município com a conseqüente satisfação e orgulho do munícipe.

Para Walter Sanches, presidente e fundador da agremiação "não há segredos para o sucesso do Grêmio Barueri. É um somatório de planejamento, organização, seriedade, trabalho em equipe e trabalho sério, desenvolvido e executado por profissionais comprometidos e apaixonados por esporte e por causas sociais".

A partir de 2007 o futebol profissional de Barueri passa a ser totalmente auto-sustentável. Os recursos municipais serão destinados exclusivamente para a manutenção dos trabalhos sociais realizados pelas escolinhas de esporte.

Como resultado deste planejamento, em 2008 o Grêmio Barueri se sagrou Campeão Paulista do Interior।

Principais conquistas do Futebol Profissional: - 6 (seis) acessos conquistados em apenas 6 anos de existência do futebol profissional - 5 (cinco) acessos consecutivos no Campeonato Paulista de Futebol, consagrando os cinco artilheiros। - Campeão da série A3, em 2005 - Campeão da série A2 ,em 2006. Acesso inédito para a série B do Campeonato Brasileiro ao disputar uma vaga dentre as 64 equipes participantes da série C/2006, chegando em 4º lugar. 6º Lugar no Campeonato Paulista Profissional de Futebol 2008. Campeão Paulista do Interior de Futebol Profissional 2008.

Estádio

Arena Barueri é o novo estádio municipal da cidade de Barueri, propriedade da Prefeitura Municipal da cidade, sendo administrado a título de comodato pelo Grêmio Recreativo Barueri. O estádio antigo chamado Dr. Orlando Batista Novelli foi totalmente demolido, e a obra para este novo estádio é totalmente nova. Apesar de poder ter sido construído de uma só vez, a Prefeitura de Barueri está erguendo a nova arena por etapas para não prejudicar os diversos investimentos na área social. Embora seja inaugurado com instalações ainda modestas, o novo estádio já está em conformidade e dentro das exigências das entidades federativas e dos demais órgãos e leis competentes. Na prática, ele será uma arena multiuso e auto-sustentável, podendo servir ao Grêmio Barueri, a outros clubes, a empresas, instituições religiosas, não governamentais, concertos e outro eventos.

A primeira etapa da obra inaugurada parcialmente é um "L" com capacidade para quinze mil pessoas. Dentro de sessenta dias a Arena terá capacidade para vinte mil pessoas. O projeto é de que entre 2008/2009 toda a obra esteja pronta, com capacidade total para quarenta mil pessoas. Até o final de 2010 todas as obras adicionais de estacionamento e acesso também estarão finalizadas. (Estas datas, bem como as perspectivas ilustrativas poderão sofrer alterações). O novo estádio está sendo construído de acordo com os critérios da FIFA, e ao final da obra será uma arena multiuso das mais modernas do Brasil, podendo receber os jogos de uma possível Copa do Mundo de 2014 no Brasil. A Prefeitura de Barueri está respondendo o caderno de encargos estabelecido pela FIFA

Hino

União, suor e raça

Para sempre campeão

É o Barueri que arrasa

Com a mente e o corpo são

Barueri

Com seus atletas nossos heróis

Somos todos vencedores

Cantando a uma só voz

Barueri

Com seus atletas nossos heróis

Somos todos vencedores

Cantando a uma só voz

Sou Barueri

Seja no campo ou na quadra

No tatami ou na pista

Onde a vitória me aguarda

Barueri

Educando pelo esporte

Promovendo Integração

Formando atletas cidadãos

Barueri

Com seus atletas nossos heróis

Somos todos vencedores

Cantando a uma só voz

Mascote

O Mascote do clube é uma abelha. A idéia da abelha é expressar simplicidade, trabalho em equipe, força em conjunto e produção de riqueza. Uma abelha sozinha parece ser pequena e fácil de ser dominada. Porém, várias abelhas quando atuam em grupo tornam-se fortes, capazes de surpreender e de derrubar um grande animal, até mesmo um homem. Além disso a abelha produz mel, um produto altamente saudável e de grande valor econômico. A abelha se defende por um ferrão e sua picada pode incomodar muito. Várias picadas podem levar o adversário à nocaute. A feliz idéia do mascote, bem como a ilustração do mesmo é de autoria do jovem e promissor publicitário Felipe Nani, profissional que integra a equipe de Marketing do Grêmio Recreativo Barueri.


site:http://www.grbarueri.com.br