quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Manchester United Football Club



O Manchester United foi fundado em 1878, mas com um nome diferente. Naquela época, o clube se chamava Newton Heath Lancashire and Yorkshire Railway. Ele foi criado por trabalhadores da linha férrea de Newton Heath para jogos contra outros departamentos da sua empresa ou contra outras companhias do ramo.

Quando a Liga Inglesa de futebol foi criada, em 1888, o time não se considerava bom o suficiente para disputar com os membros-fundadores os primeiros torneios. Somente em 1892 a equipe se inscreveu na competição. Apesar disso, problemas financeiros aconteceram no Newton Heath e, no início do século 20, o clube quase foi extinto.

Foi então que um inglês chamado John Henry Davies decidiu investir na agremiação. Com sua chegada, algumas mudanças foram feitas, como no nome da equipe. Depois de rejeitar Manchester Central e Manchester Celtic, o time finalmente se tornou o Manchester United.

Depois de muitas temporadas na segunda divisão, o Manchester United foi para a elite em 1905/1906. Na sua segunda temporada no escalão principal, conquistou seu primeiro Campeonato Inglês. Em 1909, o segundo título de expressão: com uma vitória por 1 a 0 sobre o Bristol City, a equipe se sagrou campeã da Copa da Inglaterra.

Em 1910/1911, o Manchester United jogou a sua primeira temporada mandando todas as partidas em casa no estádio Old Trafford. Este campeonato também marcou a segunda conquista do Campeonato Inglês na história do clube, que já começava a se acostumar com as vitórias.

Mas a boa fase não durou tanto tempo. Depois de desempenhos decepcionantes nas temporadas seguintes e da paralisação do futebol inglês devido à Primeiro Guerra Mundial (1914-1919), a equipe acabou rebaixada para a segunda divisão em 1921/1922. O time só voltaria para a divisão principal em 1924/1925.

A decadência iniciada em meados dos anos de 1910 continuou nas duas décadas seguintes. Campanhas medíocres culminaram em mais um rebaixamento, em 1930/1931. Os torcedores estavam desiludidos com a equipe, a ponto de colocarem públicos menores do que 5 mil pessoas em um estádio com capacidade para 80 mil.

Mais uma vez, o clube esteve próximo da falência. Foi um empresário chamado James Gibson quem salvou o Manchester United da extinção, investindo 30 mil libras esterlinas na agremiação. Apesar da resolução dos problemas financeiros, o desempenho dentro de campo não apresentou melhora – muito pelo contrário. Em 1933/1934, a equipe se salvou por pouco de cair pela primeira vez para a terceira divisão.

Na temporada seguinte, ficou em quinto. Em 1935/1936, conseguiu o acesso à elite mais uma vez, sendo campeão da segunda divisão com uma série sensacional de 19 jogos de invencibilidade na reta final da competição. Durou apenas um campeonato na divisão principal e caiu mais uma vez.

O Campeonato Inglês foi mais uma vez paralisado, desta vez devido à Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Logo no retorno da competição, o Manchester United, que já havia conseguido o acesso à primeira divisão antes do início da guerra, quase terminou seu jejum de títulos. A equipe ficou em segundo lugar, atrás do campeão Liverpool, na temporada 1946/1947.

Em 1948, entretanto, o Manchester United conquistou sua segunda Copa da Inglaterra, 39 anos depois da sua primeira taça do torneio. Só quatro anos depois, em 1951/1952, o clube deu fim à longa espera de seus torcedores por um título da Liga Inglesa. A equipe foi campeã do Campeonato Inglês, feito que não conseguia desde 1911.

O título do Nacional veio novamente em 1955/1956 e em 1956/1957, o primeiro bicampeonato do Manchester United. O time da década de 50 foi um dos melhores da história do clube. Infelizmente, em 6 de fevereiro de 1958, um avião que levava atletas da equipe caiu, matando 22 pessoas, entre elas sete jogadores, no que ficou conhecido como o “desastre aéreo de Munique”.

Com o desastre e a saída de alguns jogadores, o time teve de ser montado novamente na década de 60. Em 1962/1963, o primeiro sinal de sucesso: a conquista da Copa da Inglaterra com uma vitória por 3 a 1 sobre o Leicester. Na temporada 1964/1965, o Manchester, liderado por Best, Law e Charlton, se sagrou campeão inglês, ganhando o direito de participar da Liga dos Campeões, que era ainda uma competição recente e cujo nome era Copa Européia.

Em 1966/1967, mais um título da Liga Nacional e mais uma classificação para a Copa Européia. No ano seguinte, a equipe chegou até a final da competição continental contra o Benfica e conseguiu seu primeiro título europeu, ao vencer na prorrogação. Contudo, no Mundial não conseguiu sucesso, sendo derrotado por 2 a 1 pelo Estudiantes, da Argentina.

Depois da grande década de 60, o Manchester United começou mal os anos 1970. Logo em 1974, o time foi rebaixado para a segunda divisão mais uma vez. Para o alívio dos torcedores, passou apenas uma temporada no escalão inferior e voltou para a elite. Em 1977, foi campeão da Copa da Inglaterra.

Na década de 1980, nenhum título do Nacional. Este período do futebol inglês e europeu foi marcado por uma grande hegemonia do Liverpool, um dos rivais do Manchester United. Apesar disso, o time conseguiu duas conquistas: as Copas da Inglaterra de 1983 e 1985.

Em 1990, o Manchester United voltou a vencer a Copa da Inglaterra. Três anos depois, a equipe conquistou o Campeonato Inglês, algo que não ocorria desde 1967. Em 1993/1994, foi bicampeão da Liga Nacional e ainda conseguiu uma dobradinha, vencendo a Copa da Inglaterra daquele ano.

Em 1995/1996, o Manchester repetiu o feito, ganhando a Copa da Inglaterra e o Campeonato Inglês na mesma temporada. Em 1997, foi bicampeão da Copa da Inglaterra. Mas estas conquistas eram apenas aquecimento para a glória que viria no fim da década de 90.

O ano de 1999 foi o mais vitorioso da história do Manchester United. O time foi campeão inglês mais uma vez, conseguiu o título da Copa da Inglaterra e, depois de 31 anos, ganhou a Liga dos Campeões. Com isso, teve o direito de participar da sua segunda disputa da Taça Intercontinental. Uma vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras, do Brasil, deu ao Manchester seu único título mundial.

Nos anos 2000, a equipe continuou vencedora. Para começar, conseguiu seu primeiro tricampeonato inglês (1999-2000-2001). Em 2002/2003, mais uma conquista da liga nacional. Em 2004, foi campeão da Copa da Inglaterra. O Manchester United venceu o Campeonato Inglês de 2007/2008 e o de 2008/09 - e também a Liga dos Campeões de 2008.

Títulos

Mundial de Clubes da FIFA: 1 (2008)
Copa Intercontinental: 1 (1999)
Liga dos Campeões da UEFA: 3 (1967-68, 1998-99 e 2007-08)
Recopa Europeia: 1 (1990-91) 
Supercopa Europeia: 1 (1991)
Campeonato Inglês: 18 (1907-08, 1910-11, 1951-52, 1954-56, 1956-57, 1964-65, 1966-67, 1992-93, 1993-94, 1995-96, 1996-97, 1998-99, 1999-00, 2000-01, 2002-03, 2006-07, 2007-08 e 2008-09)
Segunda Divisão: 2 (1935-36 e 1974-75)
Copa da Inglaterra: 11 (1907-08, 1947-48, 1962-63, 1976-77, 1982-83, 1984-85, 1989-90, 1993-94, 1995-96, 1998-99 e 2003-04)
Copa da Liga Inglesa: 4 (1991-92, 2005-06, 2008-09 e 2009-10)
Supercopa da Inglaterra: 18 (1908, 1911, 1952, 1956, 1957, 1965, 1967, 1977, 1983, 1990, 1993, 1994, 1996, 1997, 2003, 2007, 2008 e 2010)


Estádio

O estádio do United é o Old Trafford, apelidado de Teatro dos Sonhos por Sir Bobby Charlton, é o segundo maior da Inglaterra e o maior estádio particular de toda a Grã-Bretanha. Após as obras de modernização, o estádio teve sua capacidade aumentada para 76.000 espectadores. Famoso pela sua média de público de 75, 76 mil torcedores por jogo (uma das maiores do mundo) , o Manchester praticamente não vende bilhetes para os jogos no Old Trafford, sendo estes comprados basicamente no início da temporada pelos sócios mais antigos, sendo que o clube tem cerca de 150.000 sócios e existem filas de 4 anos entre eles só para poderem adquirir um season ticket (o ingresso válido para uma temporada inteira), que pode rondar a quantia de 2.000 euros.

Hino

Glory, glory, Man United,
Glory, glory, Man United,
Glory, glory, Man United,
As the reds go marching on, on, on.

Just like the Busby Babes in Days gone by
We'll keep the Red Flags flying high
You've got to see yourself from far and wide
You've got to hear the masses sing with pride
United! Man United!
We're the boys in Red and we're on our way to Wem-ber-ly

Wem-be-ly! Wem-be-ly!
We're the famous Man United and we're going to Wem-ber-ly
Wem-be-ly! Wem-be-ly!
We're the famous Man United and we're going to Wem-ber-ly

In Seventy-Seven it was Docherty
Atkinson will make it Eighty-Three
And everyone will know just who we are
They'll be singing 'Que Sera Sera'
United! Man United!
We're the boys in Red and we're on our way to Wem-ber-ly

Wem-be-ly! Wem-be-ly!
We're the famous Man United and we're going to Wem-ber-ly
Wem-be-ly! Wem-be-ly!
We're the famous Man United and we're going to Wem-ber-ly

Glory Glory Man United
Glory Glory Man United
Glory Glory Man United
As the Reds Go Marching On! On! On! (3x)

Alcunhas Red Devils ; Manchester Utd ; Man United ; UNITED ; Man UtdMUFC

Mascote
O mascote do Manchester United, escolhido em 1994, é um diabinho vermelho chamado Fred. O clube é conhecido tanto na Inglaterra como no mundo inteiro como os “Red Devils”, ou “Os Diabos Vermelhos”. O símbolo faz alusão justamente a isso: as cores do time e ao diabo que segura um tridente no escudo da equipe.


Site
http://www.manutd.com/