segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Fulham Football Club

Fundado em 1879, na região oeste de Londres, o Fulham Football Club é a equipe de futebol profissional mais antiga da capital do Reino Unido. Como alguns outros times do país, o clube tem, em seu surgimento, relação com a religiosidade, sendo os seus fundadores membros da Igreja Anglicana da Inglaterra (Church of England).

Além de sua fundação no século XIX, o estádio Craven Cottage, onde o clube disputa suas partidas como mandante, foi inaugurado em 1896. Outra marca histórica da qual a equipe londrina se orgulha: mais de cem anos mandando jogos no mesmo gramado.

Após 19 anos disputando ligas amadoras, o clube se profissionalizou em 1898, quando logo foi admitido na segunda divisão da liga do sul da Inglaterra (Southern League). Com os títulos das temporadas 1901/02 e 1902/03, a equipe conseguiu o acesso para a primeira divisão.

Passados quatro anos e com mais duas conquistas (1905/06 e 1906/07), agora na primeira divisão da liga regional, o clube garantiu o direito de ingressar na Liga Nacional (Football League), sendo admitido na segunda divisão.

Porém, o ingresso não trouxe muitas alegrias para os torcedores do Fulham. Foram mais de 90 anos amargando rebaixamentos para a terceira e quarta divisões, retornos à segunda, e raros acessos à elite (1949 e 1959) da Liga Nacional (atual Premier League).

Somente em 2001, após 122 anos de sua fundação, o clube conseguiu se firmar na primeira divisão do futebol do país. Crescimento este obtido graças à venda da entidade, em 1997, ao milionário egípcio Mohamed Al-Fayed, que nomeou uma nova diretoria e injetou milhões de dólares no clube. Começava ali a caminhada rumo à Premier League.

Totalmente reformulado, o clube se fortaleceu e passou a obter melhores colocações. Já em 1999 sagrou-se vencedor da segunda divisão. Dois anos depois, com o título da primeira divisão da Liga Nacional (Football League), na temporada de 2000/01, conseguiu o tão sonhado direito de retornar à elite do futebol inglês.

Mesmo não tendo feito campanhas vitoriosas na Premier League desde seu acesso em 2001, o clube conseguiu interromper a incômoda rotina de rebaixamentos, que atormentava o time londrino há quase 120 anos. Com a participação na temporada 2007/08, o Fulham completou seu sétimo ano sem ser rebaixado.

O Fulham fez uma boa temporada em 2009/2010, no Campeonato Inglês terminando em 12º, e conseguindo a façanha de ser o primeiro finalista inglês da Liga Europa (novo formato da Copa da UEFA). Na fase de grupos da Liga Europa terminou em 2º lugar com 11 pontos atrás da Roma e no mata-mata eliminou times de tradição como Shakhtar Donetsk vencendo o primeiro jogo por 2 a 1 e empatando na volta na Ucrânia por 1 a 1. Depois eliminou a Juventus de Turim perdendo o primeiro jogo no estádio Olímpico de Turim por 3 a 1 e vencendo na volta por 4 a 1. Em seguida eliminou 2 times alemães, Wolfsburg (atual campeão alemão) com 2 vitórias por 2 a 1 em casa no jogo de ida e 1 a 0 na Alemanha no jogo de volta, nas semi-finais enfrentou o Hamburgo, empate em 0 a 0 em Hamburgo, e vitória por 2 a 1 no estádio Craven Cottage, em um jogo dramático. Na decisão perdeu pro Atlético de Madrid na Arena de Hamburgo (mesmo estádio que enfrentara o Hamburgo), em um grande jogo, Diego Forlán do Atlético abriu o placar aos 32 minutos do 1º tempo, 5 minutos depois o Fulham chegou ao empate com Davies, mas Forlán, que mais tarde se consagraria como o melhor jogador da Copa do Mundo de 2010, em noite inspirada, aos 11 minutos do 2º tempo da Prorrogação fez 2 a 1 e decretou o título espanhol.


Títulos:

Football League First Division: 2001
Football League Third Division:1949 e 1999
Football League Fourth Division: 1932
Southern League First Division: 1905-06 e 1906-07
Southern League Second Division: 1902, 1903
London Challenge Cup: 1910
Intertoto Cup: 2001


Estádio

Craven Cottage é um estádio de futebol localizado no bairro de Fulham, em Londres, Inglaterra, as margens do Rio Tâmisa, em Bishops Park. É a casa do Fulham FC desde sua construção, em 1886, e atualmente possui capacidade para 25.500 torcedores, todos sentados. Entretanto já recebeu público recorde de 49.335 torcedores, em um jogo válido pela Segunda Divisão.
Após a tragédia de Hillsborough, em 1989, e o consequente 'Taylor Report', que previa novas regras para os estádios ingleses, o então presidente do Fulham tinha planos para a construção de um novo estádio. A pressão da torcida para a continuidade em Craven Cottage fez com que quando a equipe chegasse a Primeira Divisão ainda houvesse áreas em que os torcedores ficavam em pé, o que é proibido em tal competição.
Com isso a equipe teve que mandar seus jogos em Loftus Road, do rival Queens Park Rangers. A pressão da torcida para que a diretoria transformasse Craven Cottage em um estádio 'all seater', ao invés de construir um outro estádio, foi tamanha que alguns torcedores se recusavam a ir aos jogos em Loftus Road.
Depois de 1 temporada e meia a diretoria do Fulham finalmente começou as obras no estádio, que foi reaberto para a temporada 2004-05. Apesar de ter sua capacidade drasticamente reduzida, o Fulham pode voltar a mandar seus jogos no seu estádio, um dos menores da Primeira Divisão.



Mascote
A mascote do Fulham é um texugo chamado Billy (Billy The Badger). Ele está presente em todos os jogos no estádio Craven Cottage, em eventos do clube e obras sociais apoiadas pelo time londrino.

 Alcunhas  The Cottagers  ;  The LillywhitesThe Whites

Site


http://www.fulhamfc.com/