domingo, 12 de setembro de 2010

Derby County Football Club

O Derby County Football Club foi fundado em 1884, mas como clube de críquete do condado de Derbyshire. O futebol ganhou força no país e foi inserido como modalidade esportiva na entidade em 1888, mas nos primeiros anos de existência a agremiação apenas disputava amistosos e a FA Cup – como é chamada a Copa da Inglaterra.

Em 1891, a equipe incorporou-se ao Derby Midland F.C. No ano seguinte, chegou ao time o jogador que seria o maior ídolo da história e o maior goleador dos torcedores, o atacante Steve Bloomer, que marcou 332 gols.

Em 1895, foram adotadas as cores oficiais do uniforme, preto e branco, e também foi inaugurado o novo estádio dos Rams – ou carneiros, apelido dado pela torcida – o Baseball Ground, onde disputariam suas partidas nos 102 anos seguintes.

Bloomer seria o principal jogador do clube e levaria o Derby County às finais da Copa da Inglaterra em três ocasiões: 1898, 1899 e 1903. Com a saída do astro em 1906, o time acabou sendo rebaixado à segundo divisão no mesmo ano. Em 1910, o ídolo foi recontratado e teve papel importante na temporada que devolveu a equipe à primeira divisão inglesa.

Em 1914, o mais importante jogador a vestir a camisa do County encerrou sua carreira e o time novamente caiu de divisão, mas no ano seguinte retornou. Em 1921, mais uma queda. Dessa vez a equipe demorou cincos anos para retornar à elite, o que aconteceu em 1926.

Na temporada 1945/46, o Derby conquistou seu primeiro título, ao vencer o Charlton por 4 a 1, na prorrogação, na final da Copa da Inglaterra. No entanto, nos primeiros Campeonatos Nacionais depois da Segunda Guerra Mundial, o clube não conseguiu repetir as boas atuações de competições anteriores e foi rebaixado em 1953.

Em 1955, a situação da equipe piorou e dessa vez acabou rebaixada para a terceira divisão inglesa, pela primeira vez na história, mas duas temporadas mais tarde voltou à segunda divisão.

Em 1967 chegou ao Derby o atacante Brian Clough, que se tornaria outro grande ídolo dos torcedores. Ele era o principal jogador do time que retornou à elite do futebol inglês, em 1969. Na temporada seguinte, a equipe terminou em quarto lugar e conseguiu vaga para disputar competições internacionais pela primeira vez. Mas devido a irregularidades financeiras foi impedido de competir.

A punição não abateu os jogadores, que na temporada 1971/72, comandados por outra grande estrela, Kevin Hector, venceu o Campeonato Inglês, pela primeira vez, desde sua fundação.

No campeonato seguinte, a equipe não foi tão bem como no ano anterior, mas chegou às semifinais da Copa da Europa – hoje, Liga dos Campeões -, perdendo para a Juventus-ITA.

Sob o comando do técnico Dave Mackay, o Derby County ganhou mais uma vez o Campeonato Nacional da temporada 1974/75, o último grande título do clube. Cinco anos depois da conquista, o time caiu de produção e voltou à segunda divisão, em 1980.

A década de 1980 ainda reservaria uma reviravolta na equipe inglesa. Em 1984, os Rams foram novamente rebaixados para a terceira divisão, mas, com a contratação do técnico Arthur Cox, o período negro cessou e ele conseguiu duas subidas de divisão consecutivas, voltando à elite do futebol inglês em 1987.

Com falta de investimento, o clube não obteve bons resultados e caiu de divisão no início da década de 1990. Com problemas de saúde, Cox deixou o cargo de técnico e deu lugar a Roy McFarland, que também não obteve bons resultados e acabou demitido em 1995. Com isso, assumiu Jim Smith e ele conseguiu levar o Derby de volta a primeira divisão.

O clube estreou seu novo estádio, o Pride Park, na temporada 1997/98 e conseguiu alternar bons e maus resultados entre os grande clubes ingleses, permanecendo na Premier League.

O século XXI começou com um novo rebaixamento, em 2001. Com a queda, o clube entrou em uma grande crise financeira e teve de vender seus principais jogadores. Em 2003, a falta de verbas persistia, o que levou a agremiação a mudar de dono. O empresário John Sleightholme comprou o time por simbólicas três libras.

Na temporada 2003/04, o Derby terminou o campeonato na última colocação e caiu novamente de divisão. Nos anos seguintes, novamente alternou bons e maus resultados, até conseguir voltar à elite do futebol Inglês na temporada 2006/2007.
Na temporada 2007/2008, porém, o time não foi bem e acabou sendo rebaixado.

Títulos

Campeonato Inglês:(2)  1971/72 e 1974/75

Segunda Divisão 1911-1912, 1914-1915, 1968-1969, 1986-1987
Terceira Divisão 1956-1957 
Copa da Inglaterra: (1)  1945/46

Hino 

Our history's full of legends,
And football played on high,
Raich Carter, Peter Doherty,
You should have seen 'em fly.
Now we all just love football,
But will we lift the crown,
The noise goes up, the Rams come out,
Onto the hallowed ground.

Steve Bloomer's Watchin',
Helping us fight,
Guiding our heroes,
In the black and the white.
All teams who come here,
There's nowhere to hide,
Everyone is frightened,
Of that Derby pride.

The Rams just play football,
That make our hearts so proud,
McFarland and Hector,
Were names to thrill the crowd.
And if you love or hate us,
Just wait until we score,
The ball goes in, the stands light up,
And how the mighty roar.

The Rams are a coming,
We're out there to win,
Playing like fury,
They won't let 'em in.
Home sides be wary,
Of our heart and our soul,
We're searching for glory,
And victory is our goal.


Mascote

A mascote do clube é um carneiro apelidado de Rammie. O animal, que veste o uniforme da equipe, é símbolo da cidade de Derby, que fica na parte leste da Inglaterra.

Apelido: The Rams (Carneiros)


Site