segunda-feira, 13 de julho de 2009

Ypiranga Futebol Clube

No dia 19 de julho de 1924, um grupo de estivadores que trabalhavam no porto de São Francisco do Sul fundou o Ypiranga Futebol Clube.
Quatro anos após sua fundação, o Ypiranga deu um demonstrativo de sua força ao vencer o campeonato de sua cidade (na época, além de Florianópolis, só São Francisco do Sul tinha um campeonato) e disputar cinco amistosos e não perder nenhum deles.
No dia 1º de julho de 1928, em Joinville, derrotou o América local por 4 x 3. Destaque-se que o América dificilmente perdia em seus domínios. Duas semanas depois, venceu o América, de Paranaguá, na época o principal clube desta cidade paranaense, por 3 x 0. Mais uma semana e novo êxito alcançado, ao empatar em 2 x 2 com o Britânia, de Curitiba, muitas vezes campeão paranaense. No dia 8 de setembro de 1928, novamente o Britânia visitou São Francisco do Sul, com o objetivo de desempatar o jogo anterior e foi batido por 1 x 0. Ainda no mês de setembro, a seleção catarinense, desejando treinar para o Campeonato Brasileiro, não conseguiu superar a força do Ypiranga em Florianópolis: 2 x 2.
No ano de 1936, venceu de forma invicta o campeonato promovido pela ACD - Associação Catarinense de Desportos (1ª Zona), não reconhecido pela FCD - Federação Catarinense de Desportos, a atual FCF - Federação Catarinense de Futebol. Participaram clubes de Joinville (América, Caxias, Grêmio e São Luiz) e de São Francisco do Sul (Atlético, Bangu e Ypiranga). Derrotou por duas vezes Bangu, Grêmio Joinville, Atlético e São Luiz, além de aplicar duas sonoras goleadas no América, de Joinville: 7 x 2 e 5 x 1.
No dia 17 de janeiro de 1937, no campo do Caxias, em Joinville, aconteceu a decisão do campeonato, contra o Pery, campeão da 2ª e 3º Zonas (Mafra e região). O Ypiranga venceu por 4 x 3.
Em 1937, participou do campeonato da Zona Norte da ACD (Liga Serrana), competição que contou com seis clubes de Joinville e São Francisco do Sul. O campeão foi o Caxias.
Nos anos de 1938 e 1939, com a criação da Associação Esportiva São Francisco (AESF), foi superado pelo Atlético nos dois anos.
Em 1940, o clube conquistou sua maior glória: campeão estadual invicto. Para chegar ao título, havia ganhado o Torneio Início e o citadino, também sem derrotas. Na Fase Preliminar, no dia 20 de outubro de 1940, venceu o Caxias, de Joinville, por 3 x 0. Em uma das semifinais, ocorrida em 27 de outubro, nova vitória, desta vez sobre o Pery Ferroviário, de Mafra, por 2 x 0. E, a grande final, em 4 de novembro de 1940, em Florianópolis, surpreendeu o favorito Avaí, vencendo-o por 1 x 0, gol de Bujão. Defenderam o Ypiranga na última partida: Marona, Walter e Adelino; Tito, Pedro Lemos e Rubens; Arturzinho, Gato, Bujão, Pedroca e Tassuvinha.
Em 1941, a maior estrela do time, o atacante Bujão, sofreu uma lesão no tornozelo direito, num clássico contra o Atlético local. Chegou a vencer o campeonato da AESF, mas foi derrotado pelo Caxias, de Joinville, na final da Zona Norte do campeonato catarinense.
Em 13 de janeiro de 1942, a ACD mudou o nome para Liga Joinvillense de Desportos (LJD). Passou toda a década de 40 toda e uma boa parte da de 50 amargando resultados para seu grande rival, o Clube Atlético São Francisco.
Entre 1949 e 1955 a LJD organizou campeonatos nas cidades de São Francisco do Sul e Jaraguá do Sul. O campeão de cada cidade disputava com o campeão da 2ª Divisão de Joinville o Supercampeonato da 2ª Divisão. Nesse período Atlético e Ypiranga disputaram a 1ª Divisão de Joinville.
Em 23 de março de 1956 foi fundada a LFF - Liga Francisquense de Futebol e desde então passou a organizar o campeonato de futebol de São Francisco do Sul (o Ypiranga venceu a edição de 1961).
Em 1957, venceu o campeonato da 4ª Zona (Norte), duelando contra times de Jaraguá do Sul, Rio do Sul e São Francisco do Sul. Na Fase Final, foi eliminado após duas derrotas para o Hercílio Luz, de Tubarão, que acabaria sagrando-se campeão naquele ano.
Nos anos de 1958 e 1959, não conseguiu resultados de expressão.
Em 1960, voltou a vencer o campeonato da Zona Norte, levando a melhor sobre cinco clubes de Jaraguá do Sul, Joinville e São Francisco do Sul. Na Fase Final, ficou de fora dos classificados do Grupo 2.
Em 1964, aconteceu a última participação no campeonato catarinense, ao competir contra outros 12 clubes da 2ª Zona, compreendendo Blumenau, Brusque, Jaraguá do Sul, Joinville, São Francisco do Sul e São João Batista. Ficou de fora da lista dos cinco classificados para a Fase Final.
Aos poucos, o Ypiranga vai se erguendo das cinzas. No início da década de 80, um grupo de abnegados, liderado pelo ex-presidente Osmar Agacy, ajudou a pôr de pé uma bela sede social. Em 1993, aconteceu a retomada do futebol (amador); e hoje, os planos incluem a construção do estádio próprio e uma pista de atletismo, na mesma área de antes.

Fonte

http://blog.soccerlogos.com.br/2008/09/19/clubes-extintos-o-ypiranga-de-sao-francisco-do-sul/