quinta-feira, 19 de março de 2009

Atlético Clube Corintians

Corintians(sem o "h") foi fundado em 1963 pelo desportista Valdemir de Souza, sendo oficializado juridicamente somente em 1968 numa fusão com o Atlético Clube. Com mais de 1.400 sócios, teve sua sede adquirida em 1977, pelo então presidente João Bosco de Medeiros, considerado o maior dirigente da história do clube, ao lado de José Alves Filho e Clóvis Medeiros. Os primeiros anos de existência foram de extrema dificuldade, só permanecendo em atividade devido a persistência de um grupo de amigos de Valdimir, realizando amistosos sem maior expressão. O grande passo aconteceu com a fusão com o Atlético Clube de Caicó (o outro Caicó), ganhando - de bandeja - um terreno medindo 40 x 80m, além de um telefone. Dia 25 de janeiro de 1968 consolidou-se a fusão, sendo formada a primeira diretoria com José Alves Filho como presidente

Um dos méritos do "Galo" é o de ser o único clube caicoense que jamais teve processo de extinção, mantendo-se em atividade permanente desde 1968. Em 1993, quando retornou às disputas profissionais o alvinegro seridoense permaneceu até 1996. O primeiro jogo de 93 teve um resultado amargo: perdeu para a Desportiva de Ipanguaçu por 1x0, mas proporcionou uma tremenda zebra logo no segundo jogo ao derrotar o América em pleno Machadão por 1x0, gol de Neira. Em 96, ao deixar novamente a FNF, perdeu sua última partida, que foi contra a Pauferrense por 3x0. Finalmente, o retorno com nova filosofia aconteceu em 2000, na estréia derrotou o Potiguar de Mossoró por 3x1, gols de Mauricio, Bebeto e Souza. Mantendo-se para 2001 com a campanha brilhante que vem fazendo, sendo o único invicto do Estadual, chegando para a decisão com ampla margem de pontos sobre os adversários mais próximos, como ABC, América, São Gonçalo e CAP. Dessa vez, o Coríntians resolveu armar-se. Formou uma equipe forte, uma comissão técnica coesa e competente e uma retaguarda que tem à frente o deputado Álvaro Dias. Como patrocinador, uma empresa economicamente forte, que é o grupo Postos Satélite, com filiais em várias capitais. Além das conquistas em campo, dirigentes e torcedores estão unindo forças para construir o Centro de Treinamento do clube e uma casa para shows e espetáculos. O Coríntians realiza seus jogos no estádio Dinarte Mariz, mais conhecido por Marizão.

Nas conquistas locais, mantém até hoje a supremacia sobre o rival Caicó, tendo conquistado ainda a Iª Copa Centenário da Cidade, em 68, e a Copa do Interior do Estado em 1978. Na galeria dos atletas mais ilustres figuram os saudosos: Plaisan, Renan, Zeca, Nego Antônio, Bel e Badé. Também está na lista o primeiro técnico do clube, Almir Oliveira.

O Galo do Seridó, Durvalino, foi fundado em 1963 pelo desportista Valdemir de Souza, sendo oficializado juridicamente somente em 1968. Com mais de 1.400 sócios, teve sua sede adquirida em 1977, pelo então presidente João Bosco de Medeiros, considerado o maior dirigente da história do clube, ao lado de José Alves Filho e Clóvis Medeiros. Nesta semana, a vitória de 1 a 0 sobre o América, a segunda na decisão, deu o título inédito ao Coríntians, primeiro campeão do milênio e primeiro do interior a ostentar a honraria restrita a ABC América, Alecrim e Santa Cruz (clube já extinto).
Nas conquistas locais, mantém até hoje a supremacia sobre o rival Caicó, tendo conquistado ainda a Iª Copa Centenário da Cidade, em 68, e a Copa do Interior do Estado em 1978.
Na história dos campeonatos estaduais, constam nove participações. A primeira vez que disputou foi em 1977, depois em 78, 93, 94, 95, 96, 99, 2000 e 2001. Antes do título inédito desta semana, a melhor campanha aconteceu em 93, quando terminou o campeonato em terceiro lugar, na classificação geral. O Coríntians também já disputou um seletivo para a segunda divisão no ano de 1994 ficando em primeiro, ao lado do América de Natal, só perdendo a vaga no saldo de gol.

Estádio

O Estádio Senador Dinarte de Medeiros Mariz, conhecido como Marizão, está localizado em Caicó, Rio Grande do Norte, na região do Seridó.

O Atlético Clube Corintians é a equipe que manda os jogos neste estádio.

marizao.bmp

Sua administração está entregue ao caseiro, que aluga o campo para peladas - após os treinos do Coríntians, para arrecadar dinheiro para a manutenção. O Coríntians tenta junto ao governo estadual conseguir o direito de administrar o estádio, porém pendengas políticas entre a governadora Wilma de Faria, do PSB, e o deputado Álvaro Dias mais o diretor de futebol do clube, Lobão, do PMDB, impedem que haja acordo.

O estado do gramado atualmente é razoável, mas reúne plenas condições de abrigar partidas oficiais de alto nível.

Capacidade 7 mil lugares

Títulos

Campeão Potiguar 2001

Site

http://corintiansdecaico.com/