sábado, 21 de junho de 2014

Clube Atlético Várzea-grandense

A cidade de Várzea Grande vai ganhar mais um clube profissional de futebol. O Clube Atlético Várzea-grandense promete ocupar a lacuna deixada pelo Operário Futebol Clube, que está na Segunda Divisão do Campeonato Mato-grossense desde 2011 e ainda não caiu na graça dos desportistas da Cidade Industrial desde que foi adquirido pelo empresário carioca Sebastião Viana. Idealizado pelo professor em educação física Lerivon Rodrigues, conhecido como Liu, ex-presidente do Ação, o Atlético Várzea-grandense chega para colocar novamente o município como destaque no futebol profissional de Mato Grosso. A princípio, o trabalho será voltado para a revelação de jovens talentos. Mas o planejamento é que ainda o clube dispute a Segundona deste ano, torneio de acesso marcado para ser aberto em abril.
De acordo com Liu, a criação do novo time está praticamente consolidada, uma vez que toda a documentação como razão social será a mesma do extinto Ação. “Só falta trocarmos o nome do Ação para o Atlético Clube Várzea-grandense. Na CBF está tudo legalizado, aqui na federação só falta a troca da razão social. É questão de dias para legalizarmos os novos documentos”, disse o dirigente, que terá o maior ídolo do Operário, o ex-meia Mosca, como parceiro nesta nova empreitada.