domingo, 5 de junho de 2011

Universidad de Los Andes Fútbol Club

A Universidad de Los Andes Fútbol Club, comumente referida como ULA Mérida foi uma equipe de futebol da Venezuela. Foi fundada em 28 de Fevereiro de 1977 e tinha como sede a cidade de Mérida nos Andes venezuelanos, rivalizava em sua época com outra equipe da cidade o Estudiantes.
A equipe foi campeã Venezuelana da Primeira divisão em 1983 e 90/91, campeã da segunda divisão em 86 e 94/95 e campeã da Copa Venezuela em 1996.
Escudo antigo
Sua trajetória futebolística foi traçada com problemas econômicos e de organização, no qual ao término da campanha 2000/2001, os direitos esportivos da equipe foram cedidos ao Monagas SC.
Antes disso em 1997/1998 o clube havia adquirido os direitos esportivos do extinto Atlético Zuliá, sendo assim a ULA absorveu todo o elenco campeão nacional e participou da pré-libertadores 1998.
O clube já conquistou dois títulos da Liga Venezuelana e uma Copa da Venezuela e, por três vezes na sua história, esteve presente na disputa da Copa Libertadores da América.
Na edição de 1984 da Libertadores, o estreante Universidad de Los Andes conseguiu passar para a segunda fase da competição, aonde veio a compor chave ao lado de Flamengo e Grêmio. Naturalmente, terminou em último no grupo e deu adeus ao torneio. Nas duas outras vezes em que o Universidad de Los Andes participou da Libertadores, respectivamente em 1992 e 1999, o clube não voltou a passar pela primeira fase.
Em 2011 , conseguiu na 3ªdivisão o título do campeonato absoluto de sua zona, conseguindo o acesso a Segunda Divisão B na temporada 2011-2012.

Títulos

Primera División de Venezuela 1983, 1990-91.
Segunda División de Venezuela  1986, 1994-95.


Estádio

O Estádio Guillermo Soto Rosa foi inaugurado em 5 de setembro de 1969, durante a realização do X Campeonato Nacional Juvenil. Em 12 de outubro de 1971, o estádio é reinaugurado, com a vitória do Estudiantes de Mérida sobre o Deportivo Portugués por 2 a 1. A partida, válida pela Copa Venezuela, teve gols de José Chiazzaro e César Márques para a equipe anfitriã.
Foi utilizado como mando de campo pelo Estudiantes de Mérida até 2005, quando foi construído o Estádio Metropolitano de Mérida. Neste mesmo ano, o estádio foi amplamente remodelado para o recebimento dos Jogos Nacionais da Venezuela, sendo instaladas novas torres para o alambrado. A capacidade do estádio foi aumentada. Capacidade 16.500

Apelidos Blanquiazules, Ulita de mi vida, El Azul y Blanco, La Garra Azul.

Site

http://www.ulafc.com