segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Società Sportiva Calcio Napoli

O futebol chegou a Nápoles no início do século XX, por intermédio de marinheiros. Em 1904, um inglês chamado William Poths, juntamente com alguns de seus conterrâneos, decidiu fundar um clube na cidade. Assim nasceu o Naples Foot-Ball & Cricket Club. Dois anos depois, o segundo esporte foi retirado do nome, que ficou sendo apenas Naples Foot-Ball Club.

Em 1912, o segundo clube da cidade foi fundado. Assim, surgiu o US Internazionale Napoli, e logo criou-se uma rivalidade entre esta instituição e a primeira a aparecer em Nápoles. Mas essa história de antagonismo entre as duas equipes não iria durar. Em 1922, pressionados por problemas financeiros, o Naples Foot-Ball Club e seu rival fundiram-se em apenas um clube, chamado Foot-Ball Club Internazionale-Naples, apelidado de FBC Internaples.
Em 1926, ocorreria mais uma mudança de nome. A diretoria do novo clube decidiu alterar a identidade da instituição novamente. Assim, o Napoli tornou-se a Associazione Calcio Napoli. Em 1927, a equipe teve um desempenho terrível no Campeonato Italiano, terminando nas últimas colocações. Nos anos seguintes, melhorou, e teve boas campanhas nos primeiros anos da competição por pontos corridos, que começou em 1929.
O Napoli colecionou resultados razoáveis, incluindo duas terceiras colocações, até 1936/1937, quando fugiu por pouco do rebaixamento. Em 1939/1940, a história se repetiu, mas o time conseguiu permanecer na Série A. Na temporada 1941/1942, a equipe finalmente caiu para a Série B. Então, as competições foram paralisadas devido à Segunda Guerra Mundial.
Logo em 1945/1946, o Napoli já conseguiu o acesso à Série A. Porém, o clube só ficaria uma temporada na primeira divisão, caindo logo em seguida. Em 1948/1949, a equipe venceu a Série B e voltou à elite. A partir daí, alternou bons e maus resultados na década de 1950, o melhor sendo um quarto lugar em 1957/1958.
Apesar de mais um descenso e outra volta no início da década de 1960, foi nesta época que o Napoli conquistou seu primeiro título de expressão. Na temporada 1961/1962, o time conquistou a Copa da Itália depois de uma vitória por 2 a 1 sobre o Spal. A equipe disputava a segunda divisão nesta temporada e foi a primeira de uma série inferior do Campeonato Italiano a ganhar a competição.
Em 25 de junho de 1964, o nome do Napoli mudou mais uma vez, desta vez para Società Sportiva Calcio Napoli. Esta foi uma boa época para a equipe napolitana, que colecionou bons resultados. Em 1965/1966, terminou a Série A em terceiro lugar. No fim da década de 1960, em 1968/1969, o time foi vice-campeão, atrás apenas do Milan.
Na temporada 1974/1975, o Napoli realizou sua melhor campanha até então. A equipe foi vice-campeã pela segunda vez na história, apenas dois pontos atrás da Juventus, primeira colocada. Um ano depois, venceu a sua segunda Copa da Itália, derrotando Fiorentina e Milan no caminho para o sucesso.
A década de 1980 foi a mais vitoriosa da história do clube. Em grande parte, isso se deve à contratação do maior craque do futebol argentino até hoje, Diego Maradona, em 1984. Aos poucos, a equipe foi se ajeitando, conseguiu um oitavo e um terceiro lugar, respectivamente, em 1984/1985 e 1985/1986.
Na temporada seguinte, a glória. Sob o comando do craque argentino no meio-campo, o Napoli ganharia seu primeiro scudetto. No mesmo ano, o time napolitano ainda venceu sua terceira Copa da Itália, derrotando o Atalanta por 4 a 0 na final. Em 1987/1988, o Napoli foi eliminado na primeira fase da Liga dos Campeões pelo Real Madrid.
Na temporada seguinte, a equipe do sul da Itália jogou a Copa da Uefa. O time chegou à final da competição e, com uma vitória por 2 a 1, com gols de Maradona e do brasileiro Careca, e um empate por 3 a 3, derrotou o Stuttgart, da Alemanha, e conquistou seu primeiro e único título europeu.
Nesse mesmo ano, a equipe foi vice-campeã da Copa da Itália, perdendo para o Sampdoria na final. Em 1989/1990, o Napoli conquistou seu segundo título italiano. Um ano depois, o craque Maradona foi flagrado no exame antidoping por uso de cocaína e expulso do clube. Nessa época, o time napolitano já sofria crise financeira.
Depois, alternando resultados medianos com péssimas campanhas, o Napoli viveu um período conturbado. O time chegou a ser rebaixado e voltou à Série A mais de uma vez. Em agosto de 2004, com uma dívida gigantesca, a equipe foi à falência e deixou de existir.
Graças aos esforços do produtor cinematográfico Aurelio de Laurentiis, o time ressurgiu, agora com um outro nome: Napoli Soccer. De Laurentiis não queria deixar a cidade de Nápoles sem um time de futebol. Apesar dos problemas, o clube permaneceu como um dos mais populares da Itália e quebrou o recorde de público da Série C/1, levando 51 mil torcedores a uma partida.
Em maio de 2006, o nome do clube voltou a ser Società Sportiva Calcio Napoli. O time foi subindo a ladeira desde as divisões inferiores do futebol italiano até conseguir o acesso à Série A na temporada 2006/2007. Em 2007/2008, o Napoli figura pela primeira vez na primeira divisão desde 2001. Esta temporada também marca a estréia do clube reformado na elite.

Títulos

Série A (2)  1986/1987 e 1989/1990
Serie B da Itália: 1 (1949-50)
Copa da Itália (3) 1961/1962, 1975/1976 e 1986/1987
Supercopa Italiana (1)1989/1990
Copa da Uefa (1) 1988/1989

Estádio

San Paolo, com capacidade para 60.240 pessoas.
Inaugurado em 6 de Dezembro de 1959 e atualmente com capacidade para 78.000 torcedores (3º maior da Itália, atrás apenas do San Siro e do Olímpico de Roma).






Hino

Napoli Napoli Napoli

Forza Napoli Napoli Napoli
Napoli Napoli Napoli
La Mia Napoli Napoli
'Na Bandiera tutt'azurra
C'arrassumiglia 'o cielo
E 'o mare 'e sta citta'
Forza Napoli
Int'all'uocchie 'e sti guagliune
Ca se scordene 'e probleme
E se mettene a canta'
Napoli Napoli Napoli
Quei ragazzi della curva B
Napoli Napoli Napoli
Nu striscione dice siamo qui
Napoli Napoli Napoli
Forza Napoli Napoli Napoli
La mia Napoli Napoli
E' 'na casa chistu stadio
Parimme 'na famiglia
Sultanto dint''e cca
Viecchie e giuvane
Cercano dint''a nu pallone
Nu poco 'e pace nu' juorno nuovo
Ca se chiamma liberta'
Napoli Napoli Napoli
Quei ragazzi della curva b
Napoli Napoli Napoli
Tu si' tutto chella ca voglio io
Napoli Napoli Napoli
Forza Napoli Napoli Napoli

Apelido: Azzurri (azuis), Partenopei e Il Ciuccarelli (os burrinhos)

Mascote

Antes da temporada de 1927, o símbolo do Napoli era um cavalo. Mas, devido ao péssimo desempenho da equipe naquele ano, os rivais, como forma de caçoar, substituíram o cavalo pelo burro, chamando o clube napolitano de Il Ciucciarelli (os burrinhos, em italiano). O Napoli gostou da idéia e adotou o animal como sua mascote.

Site
http://www.sscnapoli.it/