quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Associazione Calcio Chievo Verona

O Chievo foi fundado 1929, nos subúrbios da cidade de Verona, na Itália, em dia e mês incertos. Os primeiros anos de existência do clube foram dedicados a jogos amistosos contra times da região, ainda com o nome de OND Chievo.

O estádio onde o Chievo manda seus jogos é o Marc’Antonio Bentegodi, localizado na cidade de Verona, com capacidade para 39.211 pessoas. O local foi construído em 1963 e, naquela época, era considerado como uma das melhores arenas italianas.
Em 8 de novembro de 1931, o Chievo jogou sua primeira partida oficial, contra o Domegliara, e venceu. Mas o jogo foi anulado por reclamação do adversário. No jogo de volta, o Domegliara venceu por 2 a 1. Em 1933, o clube ganhou o Campionato Provinciale Liberi.

Após o término da Segunda Guerra, o clube foi fundado novamente como A.C. Chievo e se inscreveu na segunda divisão. Em 1959, porém, o nome do time mudou novamente, desta vez para Cardi Chievo (nome do patrocinador).
Em 1964, Luigi Campedelli, proprietário da empresa de produtos alimentícios Paluani, assumiu a presidência do Chievo. Sob o comando de Campedelli, o clube começou a subir os degraus do futebol italiano e ficou conhecido no país.
Em 1976, quando voltou a ser chamado de A.C. Chievo, o time participou pela primeira vez da Série D e terminou na 10ª colocação. Em 1981, com a empresa Paluani cada vez mais autoritária, o clube mudou de nome novamente, passando a se chamar Paluani Chievo.
Em 1986, a equipe gialloblú conseguiu o acesso à Série C2. Nesse mesmo ano voltou a ser chamado simplesmente de A.C. Chievo e começou a mandar seus jogos no Estádio Bentegodi de Verona. Três anos depois conquistou uma vaga na Série C1.
Em 1990, Luigi Campedelli retornou à presidência do clube e, como não podia deixar de ser, trocou mais uma vez o nome do time. Campedelli queria uma maior identificação da equipe com a cidade e a denominação passou a ser A.C. Chievo Verona.
O presidente viria a falecer no dia 15 de setembro de 1992. Seu filho Luca assumiu o posto. Na temporada 1993/94, o Chievo finalmente conseguiu a promoção para a Série B sob comando de Alberto Malesani. A equipe crescia de produção a cada ano.
Em 2000, Luigi Del Neri foi nomeado técnico do time. O treinador levou o clube pela primeira vez à Série A na temporada 2000/01. E logo na sua primeira aventura na elite do futebol italiano, o Chievo terminou a competição numa incrível quinta colocação, se classificando para a Copa da Uefa. Mas não foi longe na competição européia: foi eliminado na primeira fase pelo Estrela Vermelha.
Del Neri deixou o Chievo em 2004 e foi substituído por Mario Beretta. O treinador, porém, não durou muito e foi demitido. Maurizio D’Angelo assumiu e salvou a equipe do rebaixamento. Na temporada 2005/06, o time foi comandado por Giuseppe Pillon.
E, com os escândalos no calcio e a anulação do título da Juventus, o Chievo terminou o campeonato em quarto lugar, conquistando mais uma façanha: a classificação para a Liga dos Campeões, onde não conseguiu se classificar para a fase de grupos.
Os resultados negativos derrubaram Pillon e Del Neri retornou, mas não conseguiu salvar o time do rebaixamento. Com Giuseppe Iachini no banco, a equipe gialloblú conquistou o retorno imediato à Série A. Na temporada 2008/09, Iachini foi demitido e Domenico Di Carlo teve a incumbência de salvar o time do rebaixamento.

Títulos


Campeonato Italiano da Segunda Divisão (1) - 2007/2008

Hino

ChievoVerona

Questa forza siamo noi
Gente che vale, gente speciale
ChievoVerona
Devi esserci anche tu
Chievo Chievo Verona
Un mondo in giallo e blu
Voci nello stadio, nelle vie della città
Nella curva magica
Sotto gli striscioni, batte il cuore di chi sa
Che lottando vincerà
Tutti insieme uniti
Da una fede senza età
Che barriere più non ha
ChievoVerona
Questa forza siamo noi
Gente che vale, gente speciale
ChievoVerona
Devi esserci anche tu
Chievo Chievo Verona
Un mondo in giallo e blu
ChievoVerona
Tanti amici tanti eroi
Mille bandiere, un coro che sale
ChievoVerona
Devi esserci anche tu
Chievo Chievo Verona
Un mondo in giallo e blu


Estádio

O Stadio Marcantonio Bentegodi (Estádio Marco Antonio Bentegodi em português) é um estádio localizado em Verona, na Itália. É a casa dos clubes de futebol Hellas Verona F.C. e Chievo.

Inaugurado em 15 de Dezembro de 1963, tem capacidade para 39.371 torcedores. O nome do estádio é uma homenagem a Marcantonio Bentegodi, um precursor do Esporte da cidade.

Alcunhas Mussi Volanti Ceo e Burros Voadores
Site
http://chievocalcio.tv/