quarta-feira, 9 de julho de 2014

Tombense Futebol Clube

No dia 7 de setembro de 1914 um grupo de garotos de 13 e 14 anos se organizou e formou o Tombense Futebol Clube. Liderado pelo pai de um daqueles garotos, o Senhor Vieira é considerado o fundador do clube. Na Era amadora, o tombense-se destacou-se ao conquistar o campeonato da zona da mata mineira no ano de 1935, contra o Tupi de Juiz de Fora, em jogo final realizado em Carangola, cidade vizinha de Tombos. Durante as décadas seguintes, o Gavião Carcará revelou alguns atletas que posteriormente jogaram em equipes de maior porte, Vasco, Flamengo, Atlético-MG, etc.
Em 1999, os empresários Eduardo Uram e Lane Mendonça Gaviolle, da empresa Brazil Soccer, começaram a gerir a Tombense para profissionalizar e melhorar o time. O Tombense começou a aparecer no cenário estadual na década de 2000, quando reformou seu campo, o Estádio Antônio Guimarães de Almeida, construiu uma concentração, ativou times em diversas categorias e passou a disputar o Campeonato Mineiro. Em 2001 o Tombense já era campeão mineiro das categorias infantil e juvenil.
Em 2002, conquistou o seu primeiro título de Campeão Mineiro da Segunda Divisão. Estreou no Módulo II em 2003, com uma campanha modesta.
Em 2004 foi rebaixado e só voltou a disputar o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão em 2006. Novamente conseguiu chegar ao título, mas recusou a vaga ao Módulo II de 2007.
Em 2009 disputou novamente a 2ª Divisão, ficando com o segundo lugar e classificando para o Módulo II de 2010.
Em 2012 foi vice-campeão do Módulo II . Dessa forma, conquistou uma vaga para a disputa do Módulo I do Campeonato Mineiro de Futebol (principal divisão do futebol mineiro) em 2013. Nesse torneio, o iniciante Tombense fez bonito e se classifica entre os 4 melhores do campeonato, conquistando uma vaga nas semifinais e além disso consegue outro feito inédito que é uma participação em uma competição a nível nacional, o Tombense classifica-se para o Campeonato Brasileiro de Futebol de 2013 - Série D e termina como vice-campeão do interior.
Seu mascote é o Gavião-carcará e suas cores são vermelho e branco.

Estádio

Antonio Guimarães de Almeida
Capacidade: 5.000 torcedores, todo reformado com irrigação eletrônica com sistema moderno de drenagem, troca do gramado e construção de novas arquibancadas, camarotes e cabines rádio.
Site