quinta-feira, 2 de abril de 2009

Esporte Clube Próspera

O Esporte Clube foi fundado em 29 de março de 1946, por trabalhadores da Mina Carbonífera Próspera de Criciúma. A idéia de formar um time de futebol para participar dos Campeonatos Regionais da Região Carbonífera, mais especificamente o da LARM - Liga Atlética da Região Mineira -, surgiu do mineiro Helói Rodrigues dos Santos, popular Léle, depois goleiro do clube. Seu Edi Tasca, que na época era secretário da carbonífera e depois vestiu a camisa do time, foi quem rascunhou a ata de fundação do Esporte Clube Próspera. O clube vinha disputando torneios regularmente até a década de 90, quando depois de rebaixado passou alguns anos com o profissional inativo.

Em 1995, quando o Esporte Clube Próspera deixava a Segunda Divisão do futebol catarinense seus torcedores não esperavam que o time pudesse vir a dar alegrias. Em 1999 o Próspera iniciou uma nova fase em sua história: a de uma empresa lucrativa. A idéia dos empresários é descobrir novos talentos, jovens estrelas que vão ser lapidadas no clube e vendidas por preços elevados.

Em 2001, participou mais uma vez da disputada Segunda Divisão Catarinense. A equipe é conhecida como o "Time da Raça" e tem seu maior clássico contra o Criciúma Esporte Clube, time da mesma cidade. Em 2006 as duas equipes se enfrentaram pelo Campeonato Catarinense da Divisão Especial. Em 2007 ambos participaram da elite do futebol Catarinense, com participações bem distintas. O Criciúma liderou grande parte do Campeonato, já o Próspera, amargou a lanterna durante quase todo o 1º Turno. Quando iniciou a reação, a equipe foi punida por 6 pontos, devido a escalação de um jogador irregular, fato que consolidou o rebaixamento à Divisão Especial do mesmo ano, na qual teve uma modesta participação, ficando atrás do Joinville e da Camboriuense, tendo que disputar a Divisão de Acesso.

O Esporte Clube Próspera volta a fazer parte do cenário do futebol da cidade com o início das competições no dia 13 de junho, quando enfrenta a equipe do Videira, pela Divisão Especial do Campeonato Catarinense.

Estádio

Engenheiro Mário Balsini

Mascote