domingo, 19 de abril de 2009

Associação Sportiva Sociedade Unida

Início - Com a desistência do Clube Atlético Piranhas, surgiu uma vaga no campeonato estadual de 2002. Contando com a estrutura do estádio Edgarzão, recentemente inaugurado, a cidade de Assu reivindicou a vaga. A Liga Assuense de Desportos se mobilizou. O presidente da Liga, Luís Daílson Machado, e o vice, Francisco dos Chagas Soares coordenaram o movimento. Primeiramente, a idéia era que a Portuguesa de Assu (fundada em 95 e vice do Matutão) tivesse a vaga, mas não houve um consenso. Chegou-se a conclusão que a escolha do nome deveria ser democratizada. Pensou-se em Assu Esporte Clube, São João(padroeiro da cidade) e Vale do Açu. Finalmente, decidiu-se por Associação Sportiva Sociedade Unida (ASSU).

2002 - Na estréia do clube no estadual, o ASSU fez vários investimentos. O treinador é Manoel Ananias, que dirigiu diversas vezes os clubes de Mossoró, e entre os reforços estão o goleiro Claudevan, o zagueiro Pione e o volante Nildo. Outros reforços são os jogadores Bebeto e Ronaldo Falcão(ex-Corintians de Caicó). A prefeitura deve ajudar o clube com R$ 7 mil mensais. EB: Claudevan, De Assis, Nildo, Luiz e Jorge Alagoano; Renato, Roberto, Lauro e Herácles; Ronaldo Falcão e Bebeto. O técnico é Manoel Ananias. Com 10 derrotas e 4 vitórias a equipe do ASSU terminou o campeonato em 8º lugar.

2003 - A equipe assuense é formada, praticamente, por jogadores da região. Exceção feita ao zagueiro Vieira, que veio do Mixto/MT. O atacante marcelo é considerado o "homem-gol" de Assu e pode dar muito trabalho. Marcelo terá Cabral como companheiro de ataque. O técnico é Nicola Barbieri "Aranha". Erasmo; Diassis, Vieira, Leandro e Pedro Neto; Marielson, Eracle, manoel e João Carlos; Cabral e Marcelo. Técnico: Nicola Barbieri. Com uma campanha regular (4 vitórias, 3 derrotas e 1 empate) o ASSU termina o campeonato com a 5ª colocação.

2004 - Associação Sportiva Sociedade Unida - A.S.S.U. vai disputar pelo terceiro ano consecutivo o Campeonato Estadual. Com uma campanha regular termina o campeonato na 6ª colocação ao ser eliminado pelo Coríntians de caicó na segunda fase.

2005 - No Assu, a verba da Prefeitura aumentou e a classe empresarial passou a apoiar. A parceria fez a diretoria reforçar a equipe e acreditar na classificação. A idéia era desbancar os favoritos. Com uma campanha arrasadora a equipe do ASSU terminou a primeira fase na liderança do grupo B com 22 pontos. A torcida estava confiante para a segunda fase. O camaleão passou pelo potiguar nas quartas. Nas semi-finais ganhou o primeiro jogo contra o América em pleno machadão, mas acabou desperdiçando a chance de chegar à final do campeonato potiguar ao perder em casa para o América por 3 à 0. O Camaleão do vale terminou o campeonato na 3ª colocação, conquistando a oportunidade de disputar a série c do campeonato brasileiro.

2006 - Com o apoio da Prefeitura, câmara de vereadores e classe empresarial o ASSU montou um time com chances de conquistar a taça. Terminou a primeira fase em 4ª lugar com 19 pontos. Enfrentou o ABC nas quartas-de-final e conseguiu avançar na competição. No tapetão o ABC conseguiu tirar a vaga do ASSU alegando irregularidades do jogador Silvio Madona. O ASSU recorreu e conseguiu novamente a vaga para disputar as semifinais contra o Potiguar de Mossoró. Com um elenco já diminuto e desgastado com a briga na justiça o ASSU acabou sendo eliminado pelo Potiguar de Mossoró.

2007 - Nosso Camaleão do Vale montou uma equipe regular para disputar o estadual de 2009. A equipe pretendia conquistar no mínimo a vaga para a série C do brasileiro. Com uma campanha regular terminou a primeira fase com a melhor campanha dentre os clubes do interior, conquistando o 3º lugar com 16 pontos. Foi eliminado nas quartas-de-final pelo Potiguar de Mossoró. Neste ano nosso camaleão foi a melhor defesa do campeonato sofrendo apenas 11 gols e aplicou a maior goleada, o inequecível 5 à 0 no ABC em pleno frasqueirão.

2008 - O ASSU monta uma equipe que tinha a confiança dos torcedores para disputar o estadual(com uma novo formato). Com uma excelente campanha no primeiro turno obteve o 1º lugar do grupo B com 11 pontos. Disputou as semifinais com o Santa Cruz, perdeu o primeiro jogo por 3 à 0 e venceu o segundo pelo mesmo placar. A vaga seria nossa se não fosse um erro no regulamento do campeonato, que permitiu a realização de um terceiro jogo no qual houve empate por 1 á 1. A decisão foi nos pênaltis, e o nosso camaleão foi eliminado por 8 à 7. No segundo turno com uma campanha regular iria obter a vaga nas semifinais, no entanto foi punido com a perda de 6 pontos por ter escalado de forma irregular o atleta Anaílton(Xoly) contra o Santa Cruz, em 16/03. O clube acabou na 7ª colocação na classificação final. Se não fosse a perda dos 6 pontos iríamos obter a sonhada vaga para a série C do campeonato brasileiro.


Estádio

Deputado Edgar Borges Montenegro (Edgarzão)
Capacidade 12 000

Hino

Meu coração é alviverde até a morte, porque sou filho de um vale verdejante. Pelos gramados do Rio Grande do Norte, ASSU pra sempre será meu representante. Gigante pela própria natureza, eu tenho orgulho em carregar essa bandeira. E ao seu lado com certeza, ser a torcida mais fiel, companheira. ASSU!ASSU!ASSU!
Sua camisa é meu manto sagrado!
ASSU!ASSU!ASSU!
És minha vida, ó meu clube idolatrado!
ASSU!ASSU!ASSU!
Teu futebol é minha religião!
Esteja onde estiver, eu estarei contigo meu camaleão!
Haja o que houver, carregarei comigo no meu coração


Mascote

Camaleão do Vale