domingo, 1 de maio de 2011

Club Aurora

O Club Aurora foi fundado por estudantes em 27 de maio de 1935, na cidade de Cochabamba. Em uma manhã de céu azul, o grupo, liderado por John Cerruti, decidiu reunir-se na proximidade das escolas "American Institute" na Plaza Colon, no centro da capital, para fundar o Club Aurora. Os garotos tinham entre 17 e 20 anos e eram apaixonados por futebol.
John Cerruti foi nomeado o primeiro presidente do clube, que não foi destinado só ao futebol, mas também ao basquete. Muitas garotas também entraram na instituição, fazendo surgir modalidades femininas de vários esportes..
É importante reconhecer a valiosa contribuição de dirigentes como Jaime Cavero Covarrubias, que durante muitos anos assumiu a liderança do clube, quando ninguém queria presidir a agremiação, que acabou virando um clube de massa e ganhou o apelido de “clube do povo”.
Este apelido veio após vencer o campeonato da Associação de Futebol de Cochabamba por oito temporadas consecutivas, e também ao ganhar a Copa Simon Bolívar. Muitas vezes, o título escapou das mãos dos jogadores da equipe, como o latino-americano de 2002, em uma final atípica, quando o árbitro Saucedo Santa Cruz teve participação direta no título da equipe do La Paz.
Em 1964 o Aurora chegou pela primeira vez na Taça Libertadores. Porém, a participação no torneio não foi muito animadora, com eliminação na primeira fase.
O que valeu mesmo foi disputar o torneio continental, já que a equipe havia sido campeã boliviana da era não profissional pela primeira vez em sua história. Após isso, o Aurora passou por muitos anos de anonimato até dezembro de 2002, quando chegou na final da Copa Simon Bolívar (a segunda divisão nacional da Bolívia), e enfrentou o Fancesa.
Em 2003 o clube fez uma boa campanha na primeira divisão e ganhou o direito de disputar a Copa Sul-Americana em 2004. O Aurora estava de volta a uma competição internacional. Porém, sua participação não durou muito. Na fase preliminar diante do Bolívar, que era o atual campeão nacional, duas derrotas e a eliminação.
Em 2008, o Aurora atingiu o seu ápice em sua historia dentro do futebol boliviano. Comandados pelo ex-jogador Baldivieso, o clube chegou à decisão do Torneio Clausura contra o Blooming. Pela primeira vez na era do profissionalismo , o Aurora estava em uma final. Após um grande jogo e um empate por 2 a 2, a disputa foi para as penalidades e o Aurora acabou sagrando-se campeão, para delírio de sua fanática torcida. Em 2009 o clube está de volta a Taça Libertadores.

Títulos

Campeonato Boliviano: 1963 e 2008-Clausura
Campeonato Boliviano da 2ª Divisão: 2002.

Estádio


O Estádio Felix Capriles é um estádio  localizado em Cochabamba

O estádio tem capacidade para 32.000 torcedores e foi sede do Campeonato Sul-Americano de Futebol 1963 e da Copa América 1997.

Apelido El equipo del pueblo



Site

http://www.clubaurora.com.bo/