sábado, 23 de agosto de 2008

Ituiutaba Esporte Clube


O Ituiutaba Esporte Clube foi fundado no ano de 1947, no dia 30 de abril. Disputou durante muitos anos apenas campeonatos regionais e amadores, tendo poucos registros em sua história. É chamado carinhosamente de “Bôa” e “Coruja” – a mascote do time - pelos seus torcedores

O clube veio a se profissionalizar após 50 anos de história, em 1998. Depois, veio a disputar a segunda divisão do Campeonato Mineiro. No entanto, foi muito mal, sendo eliminado na primeira fase. Ainda assim, conseguiu subir para o Módulo II da Primeira Divisão Mineira porque vários times acabaram desistindo de participar da competição, passando a disputar a competição com times como Ipatinga, Sociedade Esportiva Guaxupé, Atlético Clube de Três Corações e outros.

Em 1999, então, disputou o Campeonato Mineiro do Módulo II pela primeira vez. Teve um desempenho mediano, chegando em quarto lugar em um grupo de seis integrantes, não se classificando para a segunda fase.

No ano 2000, o clube teve um desempenho ainda pior no Módulo II. Mesmo com cada grupo tendo quatro classificados neste ano, o Boa ficou em quinto e, novamente, foi eliminado precocemente.

Então, em 2001 o Ituiutaba teve, enfim, um bom desempenho no Campeonato. Ficou em terceiro lugar no seu grupo, dois pontos abaixo do líder, e se classificou para a segunda fase, onde se formou um novo grupo com os classificados. Inexperiente, o time foi mal e terminou na lanterna, com apenas quatro pontos ganhos em dez partidas.

A lição já foi aprendida e o Ituiutaba viria melhor preparado em 2002. Foi o líder do seu grupo e classificou-se para o hexagonal final. Lá, foi muito bem e chegou em terceiro lugar, mas ainda assim não se classificou para o Módulo I.

Em 2003, uma grande glória do time tricolor. O clube repetiu o desempenho dos dois anos anteriores, quando se classificou para a segunda fase do Módulo II, mas não subiu para o Módulo I. No entanto, classificou-se para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro pela primeira vez em sua história. O desempenho, no entanto, não foi muito bom, e o time ficou na primeira fase da competição.

Em 2004, o Boa chegou ao ápice de sua história até então. Disputou o Módulo II e o venceu, classificando-se para o Módulo I pela primeira vez. Em 2005, já em cima, foi bem novamente e participou da Série C novamente. Chegou à segunda fase, onde foi eliminado pelo Villa Nova, rival do Estado. Em 2006, o time quase chegou às semifinais do Campeonato Mineiro e disputou novamente a Série C.

Em 2007, o técnico chileno Roberto Rojas desembarcou na cidade para dirigir o Ituiutaba. A expectativa era muito grande, mas o treinador, famoso no São Paulo, quase levou o Boa ao rebaixamento.

Porém, a diretoria demitiu o técnico chileno, contratou o treinador Éder Taques e um grupo de bons jogadores, que levaram o time ao título da Taça de Minas deste ano.

O apelido BOA origina-se de sua fundação em 1945/1946 pelos CANCELLAS e RODRIGUES DA CUNHA e outros caras jovens e bacanas sob o nome de BOA VONTADE FUTEBOL CLUBE, que vigorou até a sua legal fundação em abril de 1947.

Nos jogos, a torcida tinha o costume de gritar "BOA" ao invés de BOA VONTADE. Esse costume continuou mesmo após a mudança do nome clube para ITUIUTABA ESPORTE CLUBE.


Estádio

Estádio da Fazendinha
Capacidade: 8000
Sem iluminação artificial

Hino


Foi nos tempos do arroz,
quando o futebol só tinha um aspecto romântico.
Foi com o Boa Vontade, descendente dos Cancella,
que nasceu altaneiro, do Triângulo Mineiro,
para Minas e outras Terras.

Teu nome é forte
pois é o baluarte do interior
da meiga mãe Minas Gerais.
Quer por altivo e puro
o pavilhão tricolor,
gravado na sina dos fortes Moraes.

Ituiutaba Esporte Clube,
time de raça e valor.
Sou quem vibra por sua fibra,
na Fazendinha palco de tantas conquistas,
do destemido “I” no meu peito de amor

MASCOTE

A mascote do Ituiutaba é uma coruja. Devido à identificação do animal com o clube, os torcedores da agremiação costumam se referir à equipe utilizando o nome do pássaro.


Sem site oficial