quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Atlético Roraima Clube

No dia primeiro de outubro de 1944 nascia o Atlético Roraima Clube. Dos times ainda existentes no Estado ele é o mais antigo. Seu fundador foi Adolfo Brasil, que ainda contou com a ajuda de fazendeiros renomados de Roraima, como Peri Magalhães, Dorval Armando, Abrahim Xaud, entre outros. Devido ao grande capital que os fundadores do clube detinham, o Atlético Roraima recebeu o apelido de “Clube dos Milionários”.

O Escudo do Tricolor de Roraima é uma homenagem clara ao Fluminense, clube este que tinha simpatia da maioria dos fundadores do clube.

As cores são as mesmas, o verde e o grená. O que muda são apenas as letras iniciais do nome dos clubes, enquanto no escudo do clube inspirador as letras são FFC, no clube do lavrado as letras são ARC.

Durante suas primeiras décadas de existência, o Atlético Roraima ficou mais conhecido por festas realizadas na cidade de Boa Vista do que por resultados dentro de campo. O clube promovia eventos em todas as datas festivas do ano. Festejos de São Sebastião, Reveillon e principalmente o Carnaval eram as principais atividades na época.

No campo, o primeiro título estadual veio em 1975 e o segundo no ano seguinte, estabelecendo o Atlético Roraima como um dos principais clubes da cidade. Desde então, o time ganharia o campeonato seguidamente, tornando-se o maior detentor de títulos do Estado de Roraima. O Atlético ainda venceria mais dois estaduais na década de 70 e cinco na década de 80.

Com o início do profissionalismo em 1995, torna-se o primeiro campeão dessa era, repetindo em 1998.

Em 2001 o clube venceu o estadual, conquistou o bi um ano depois e o tri em 2003. Com os três títulos conquistados consecutivamente, o elenco das ótimas campanhas no início do século foi considerado um dos maiores das últimas décadas.

Em 2007 os roraimenses puderam comemorar mais um título e se vingar de seu grande rival. O Baré possuía um time superior e a imprensa dava o título estadual do ano como certo para o rival. Conquista o bi em 2008, de forma invicta, derrotando na final o Progresso de Mucajaí, após vencer por 5 X 3 e empatar em 1 X 1 na segunda partida.

TÍTULOS
Campeonato Roraimense: 17 vezes (1975, 1976, 1978, 1980, 1981, 1983, 1985, 1987, 1990, 1993, 1995, 1998, 2001, 2002, 2003 , 2007 e 2008)
Início do profissionalismo em 1995.

HINO

O hino apresentado aqui não é o oficial, apenas uma criação recente de artistas amazonenses depois de um pedido de um dirigente Tricolor.

HINO EXTRA-OFICIAL

Eu sou Atlético Roraima;
Tenho três cores no meu pavilhão;
O verde representa a esperança;
Vermelho a força do meu coração;
No branco busco paz e alegria;
Da minha história e tradição
;

Eu sou um marco de glórias;
Destôo no cenário de lutas e vitórias (2X)
;

Roraima, Roraima, Roraima!
Realidade dos nossos antepassados;
Orgulho da sociedade;
No futebol do nosso Estado
;

Roraima, Roraima, Roraima!
Tu me alucinas, me traz a emoção;
Eu te amarei até a morte;
Meu clube forte, primeiro campeão!

Mascote

Tendo como exemplo o escudo, o mascote também é inspirado no Fluminense, mas desta vez tendo um motivo ainda maior, quando da sua criação, o Atlético Roraima também era chamado de "Clube dos Milionários". Esta citação continuou até que houve um desentendimento na diretoria e alguns diretores se desligaram do clube e fundaram o maior rival do Tricolor, após isso o apelido ficou esquecido.



Estádios:
Canarinho e Ribeirão (os dois pertencentes ao Governo do Estado de Roraima)


site : http://www.atleticororaima.com.br/