sábado, 8 de agosto de 2009

Nacional Atlético Clube

O Nacional Atlético Clube de Muriaé foi fundado no final da década de 20 e de lá pra cá o clube viveu intensas emoções, dentro e fora de campo.
O clube é o único da cidade filiado a Federação Mineira de Futebol.
A sua maior glória dentro do campo aconteceu em 1969, quando o time foi Campeão Mineiro da 2ª divisão. E graças a esta conquista o clube desfilou por vários anos pela 1ª divisão do estadual.
Até que em 1986 o Paulistano, seu maior rival, perde seu campo. Começa então a decadência do futebol da cidade.
Mesmo assim o Nacional continuou sua jornada pelos gramados da região. Disputou torneios regionais e campeonatos da cidade. O clube voltou a disputar o Mineiro na tentativa de retornar a elite do futebol estadual, mas não foi muito adiante.
Sua última tentativa aconteceu em 2005, quando o time disputou a 3ª divisão, até que em um jogo dramático o clube deixou escapar a classificação. Precisando apenas de um empate em Teófilo Otoni, contra o América, para dar sequência ao sonho, o time ganhando de 1 a zero, acaba vendo o adversário virar e encerrar a partida em 3 a 1.
A partir de então a diretoria repensa no futuro do clube e decide vender o estádio Soares de Azevedo.
Surge então as lembranças de um passado recente. O medo de que o fim do NAC fosse o mesmo de seu maior rival,… ficar sem estádio.
A medida, considerada radical por muitos, gerou muita polêmica.
Após uma longa negociação, inclusive com intervenção do Ministério Público, metade do estádio foi vendido em junho de 2008 para uma rede de supermercados.
A partir de então uma comissão de obras foi formada por sócios, conselheiros e diretoria para a construção de uma casa para o clube. Sempre acompanhada de perto pelo Ministério Público.
Com o dinheiro da venda do antigo Soares de Azevedo, um novo terreno foi comprado às margens da BR356 (principal acesso de Muriaé ao estado do RJ). O serviço de terraplanagem já foi concluído e a obra já começa sua fase de construção.
Mais que um novo campo, o projeto é ousado. O novo Soares de Azevedo é um estádio com arquitetura moderna que atende a todas as exigências do estatuto do torcedor, com capacidade entre 10 e 15 mil torcedores.
Além do estádio também será construído um Centro de Treinamento com dois campos e Sede Administrativa.
A previsão de conclusão da obra é para 2011.
A diretoria pretende aproveitar a metade do terreno do antigo estádio, como imóvel ou estacionamento, para arrecadar fundos para a manutenção do novo estádio.
Enquanto a nova casa do NAC não fica pronta, o torcedor nacionalino sonha com o retorno de seu time a elite do futebol, do lugar de onde nunca deveria ter saído… entre os grandes.

Títulos

Campeonato Mineiro da Segunda Divisão: 1969.

Estádio

Estádio Soares de Azevedo, com capacidade para 8.000 pessoas.

Mascote
Águia





Site