sábado, 20 de março de 2010

Associação Recreativa Cultural Unidos do Cruzeiro

A ARUC (Associação Recreativa Cultural Unidos do Cruzeiro) é um clube da Região Administrativa do Cruzeiro, no Distrito Federal. Fundado ao dia 21 de outubro de 1961 (10 de junho de 1999 como clube de futebol), é um clube que desenvolve práticas esportivas e culturais, sendo a principal escola de samba do Distrito Federal, tendo 30 títulos.

Com a fundação de Brasília em 1960, pessoas vieram de outras cidades para o DF. Muitos cariocas foram residir na região do atual Cruzeiro. Em 1961, alguns moradores se reuniram na casa do carioca Paulo Costa e fundaram uma entidade para desenvolver o lazer, esporte e cultura da região. Nascia, assim, em 21 de outubro de 1961, a Associação Recreativa Cultural Unidos do Cruzeiro.
Em 1965 a Aruc conquistou seu primeiro título de campeã do carnaval. A escola se tornaria campeã 30 vezes em Brasília.
Como a região não tinha nenhum representante no campeonato estadual de futebol, muitos cruzeirenses pressionavam a Aruc a formar uma equipe. A diretoria do clube sempre rechaçou a idéia alegando falta de estrutura financeira.

Até que no dia 10 de junho de 1999, quando o secretário de esportes e ex-presidente do Gama, Agrício Braga, juntamente com Paulo Goyaz e Wagner Marques, criaram o departamento de futebol da ARUC. O time mandava seus jogos no Bezerrão e algumas vezes no Mané Garrincha.
Em 2000 o time acaba fazendo uma grande campanha e subindo para a primeira divisão do DF, perdendo a final do torneio da segunda divisão para o Brasiliense.
No ano seguinte, com a maioria do time feito por jogadores do Gama, fazendo com que muitos criticassem a ARUC, dizendo que era uma extensão do Gama, além é claro de não jogar no Cruzeiro, e sim no Gama. Não se classificou para as semifinais, mas se manteve na primeira divisão. Equipe Base: Cláudio, Rick, Adriano, Flávio, Bira e Micael; William, Augusto, Júlio César; Jackson e Neto. Técnico:Déo de Carvalho

No ano seguinte por pouco não foi para o hexagonal decisivo, continuando com a parceira Aruc/Gama.
Só em 2003 que a parceria acabou, sendo que a ARUC usou boa parte do elenco de um clube amador, o Jardim, que foi vice da Copa Peladão. No gol se destacava o goleiro Serjão, com 113 kilos. Porém o time acabou fazendo uma campanha muito ruim e sendo rebaixado.
Em 2004 tentou sem sucesso a volta á elite e em 2005 acabou rebaixado para a recém-criada Terceira Divisão, decretando o licenciamento do clube. Até os dias atuais o clube se encontra desativado.

Estádio

Nome: Estádio Walmir Campelo Bezerra

Local: Gama/DF
Capacidade: 20 mil
Inauguração: 19/10/1977

Hino


Eu sou um rio
Transbordando de amor {bis}
Eu sou ARUC,
sou um vencedor
Voa gavião,
Leva na garra o pandeiro
Mostra pra esse povo
Que o teu samba é verdadeiro
Teu azul e branco
Veio lá de Madureira
Enxuga teu pranto,
Que eu não vim pra brincadeira
Fui abençoada
Pelo braço de Natal
Sou glorificada campeã
Do futebol e do carnaval
Tenho alma de guerreiro
No gramado, um lutador
Vou soltar o meu grito, é gol
Por isso é que Cruzeiro eu sou.

Mascote


Gavião