Pular para o conteúdo principal

Toronto FC

O Toronto FC estreou de forma oficial, em 7 de abril de 2007, na MLS, mas não foi feliz: perdeu, fora de casa, para o Chivas USA por 2x0. Em 15/04/2007. A equipe perde novamente fora de casa, para o New England Revolution por 4x0. Em 25/04/2007, nova derrota, desta vez para o Kansas City Wizards, por 3x0. Em 28 de abril, finalmente fez sua estreia no seu estádio, o BMO Field, jogando novamente contra o Kansas City Wizards, mas novamente é derrotado, desta vez por 1x0. Em 4 de maio, perde um de seus principais jogadores, Paulo Nagamura, que se transferiu para o Chivas USA. Em 7 de maio, anuncia oficialmente os dois primeiros amistosos internacionais de sua história contra o SL Benfica, de Portugal, e o Aston Villa FC, da Inglaterra. Os jogos foram, respectivamente em 23 de maio (empate em 0x0) e 25 de maio. Em 12 de maio, finalmente veio a redenção: não só o time conseguiu marcar o primeiro gol de sua história - marcado pelo britânico Danny Dichio aos 24 minutos do primeiro tempo - como também obteve sua primeira vitória. E essa vitória foi contra o Chicago Fire, um dos favoritos ao título. Os estadunidenses Kevin Goldthwaite e Maurice Edu também marcaram para o Toronto FC, enquanto Chris Rolfe descontou para o Chicago Fire. Placar final: Toronto FC 3x1 Chicago Fire. Delírio para a torcida canadense que, novamente, lotou o estádio BMO Field. O Toronto FC terminou sua primeira temporada com um cartel de 6 vitórias, 7 empates, 17 derrotas; 25 gols a favor e 49 contra (saldo negativo de 24 gols). Danny Dichio foi o artilheiro da equipe com 6 gols. Essa primeira temporada foi considerada positiva, principalmente levando-se em conta a pouca tradição do Canadá no futebol.

Em nota oficial, o Toronto FC anunciou que irá iniciar sua segunda temporada na MLS em 19 de abril de 2008, em sua casa, o BMO Field, contra o Real Salt Lake. O técnico Mo Johnston foi chamado para ser o gerente geral e diretor de futebol da equipe e em seu lugar foi contratado o inglês John Carver, um veterano da liga inglesa . E, novamente, em seu primeiro jogo da temporada, em 29 de março, não foi feliz e perdeu para o Columbus Crew por 2x0. Participou do Campeonato Canadense de Futebol, competição cujo campeão será o representante canadense na Liga dos Campeões da CONCACAF [3] e foi vice-campeão .
O canadense Jim Brennan, capitão da equipe em seu primeiro título, e primeiro jogador do Toronto FC a disputar o MLS All-Star, em 2008

Para a sua terceira temporada, reforçou-se trazendo aquele que é considerado o maior jogador canadense da atualidade, Dwayne De Rosario . E foi sob a liderança desse jogador que o Toronto FC obteve o primeiro título de sua história em 18 de junho de 2009: o Campeonato Canadense goleando o Montreal Impact por 6x1 com três gols de Dwayne De Rosario, dois do hondurenho Amado Guevara e um do estadunidense Chad Barrett. O técnico campeão foi o britânico Chris Cummins que substituiu John Carver (que se demitiu alegando razões pessoais). Essa conquista lhe valeu uma vaga para a disputa de seu primeiro campeonato internacional, a Liga dos Campeões da CONCACAF, temporada 2009-2010. Porém, não foi feliz em sua primeira participação sendo desclassificado ainda na fase preliminar pela equipe portoriquenha Puerto Rico Islanders . Não se classificou para os playoffs finais da MLS Cup, porém subiu de posição em relação aos anos anteriores. Ao final da temporada, o técnico Cummins foi substituído pelo técnico sérvio naturalizado estadunidense Preki.

Na sua quarta temporada, agora sob o comando do técnico sérvio naturalizado estadunidense Preki, o Toronto conquistou pelo segundo ano consecutivo o Campeonato Canadense com uma rodada de antecedência e novamente se classificou para disputar a Liga dos Campeões da CONCACAF, temporada 2010-2011 na qual fez uma campanha melhor que no ano anterior na qual chegou à fase de grupos, mas não passou à fase seguinte.

Na sua quinta temporada o Toronto conquistou pelo terceiro ano consecutivo o Campeonato Canadense ao bater na final o Vancouver Whitecaps por 2x1.O técnico foi oneerlandês Aron Winter. Com o resultado, novamente se classificou para disputar a Liga dos Campeões da CONCACAF, temporada 2011-2012, na qual chegou às quartas-de-finais igualando o Montreal Impact como a equipe canadense de melhor campanha nessa competição. Conquistou a sua primeira Trillium Cup ao superar o rival Columbus Crew em duas partidas, sendo um empate em 1x1 no BMO Field e uma goleada de 4x2 em pleno Columbus Crew Stadium.

Na temporada 2011-2012 da Liga dos Campeões da CONCACAF, o Toronto chegou pela primeira vez às semifinais da competição ao derrotar o favorito Los Angeles Galaxy, de David Beckham, em plena Los Angeles, por 2x1, após empatar o primeiro jogo em casa por 2x2. Com o resultado, o Toronto tornou-se a primeira equipe do Canadá a chegar às semifinais dessa competição. Foi superado pelo clube mexicano Santos Laguna.No Campeonato Canadense, o Toronto conseguiu o tetracampeonato ao superar o Vancouver Whitecaps em duas partidas: 1x1 no jogo de ida e 1x0 na volta.

O Toronto não fez uma boa temporada em 2013, pois, além de, novamente, não se classificar para os play-offs da MLS, ainda amargou o terceiro lugar no Campeonato Canadense.
Para ter um melhor desempenho na temporada de 2014, o Toronto trouxe de volta o ídolo Dwayne De Rosario e também contratou por empréstimo o goleiro da seleção brasileira Júlio César .No ataque contrataram o atacante inglês Jermain Defoe que estava de saída dos Sprurs e o atacante Gilberto da Portuguesa. Conquistou nessa temporada sua segunda Trillium Cup.
Foi terceiro colocado no Campeonato Canadense de 2015.

Postagens mais visitadas deste blog

Sport Club Germânia

O futebol foi o motivo da fundação do Sport Club Germania em 7 de setembro de 1899, quando o jovem alemão Hans Nobiling reuniu seus companheiros para criar uma agremiação que servisse à colônia alemã, inspirada no clube Germania de Hamburgo. Além de Hans Nobiling participaram da fundação do clube, os irmãos Wahnschaffe, A. Ravache, 0. Behmer, Guilherme Kawall, Jorge Riether, Witte, Ernst Deininger e outros. Antes da aquisição do terreno atual, os treinos passaram por campos alugados no Bom Retiro, Mooca e no Parque Antártica. Dois anos mais tarde, esse clube viria a ser um dos criadores da Liga Paulista de Futebol. Já em 1903, o Germania, o Internacional, o São Paulo Athletic, o Mackenzie College e o Clube Athlético Paulistano formavam os cinco grandes do futebol paulista. Nesse mesmo ano, quando os treinos na Chácara Dulley já haviam sido transferidos para a Chácara Witte - ambas no Bom Retiro, berço do futebol paulista - o Germania surgiu com a primeira surpresa do campeonato e

FC Tokyo

FC Tokyo é um japonês associação de futebol do clube jogando em J. League Division 1. Sua cidade natal é Tokyo Prefecture. A equipe é um dos apenas quatro da J. League para ser simplesmente chamado Football Club sem um nome estendido. A equipe começou como uma equipe da empresa, Tokyo Gas Football Club .  Sua primeira aparição nas ligas nacionais foi em 1991, a última temporada do velho Japão Soccer League. [2] Com a adição do futebol brasileiro jogador Amaral eo gerente Kiyoshi Okuma no comando, o time tornou-se gradualmente competitivo e em 1997, a equipe terminou em segundo, ganhando a JFL campeonato do próximo ano.No entanto, no momento em que a equipe não tinha as qualificações necessárias para uma promoção para a liga J1 e assim ficamos em J2. Depois disso, em 1 de Outubro de 1998, empresas como a Tokyo Gas, TEPCO, AMPM, TV Tokyo e Cultura Conveniência Clube, criar uma empresa conjunta Tokyo Football Club Companhia com o objetivo de tornar a equipe elegível para a adesão ao J.

Real Club Deportivo Mallorca

A história do Mallorca começou em 1916, quando um grupo de atletas que praticava futebol na cidade resolveu se unir e fundar uma agremiação organizada. No início, o nome do clube era Junta Directiva del Alfonso XIII FBC. No mesmo ano, recebeu o título de “real”, e transformou-se em Real Sociedad. Até o início do Campeonato Espanhol, o clube, assim como a maioria das agremiações do país, ocupou-se com torneios regionais, e ficou fora da primeira divisão quando o certame foi criado. Na verdade, o time só chegaria à elite do futebol espanhol no início da década de 1960. Antes disso, os principais acontecimentos do Mallorca foram longe dos gramados. A começar pelo próprio nome do clube. Em 1931, o time deixa de ser conhecido como Real Sociedad para se chamar Club Deportivo Mallorca. Pouco depois, mais uma alteração, e a nova denominação passa a ser Real Club Deportivo Mallorca, nome que permanece até hoje. Na década de 1940, o principal motivo de orgulho dos torcedores foi a inauguraç