quinta-feira, 31 de julho de 2014

Spartax João Pessoa Futebol Clube

Uma das novidades da segunda divisão do Campeonato Paraibano é o Spartax de João Pessoa, que pela primeira vez vai disputar um campeonato profissional. A equipe, que foi fundada no ano passado como clube amador, não ficou muito tempo no anonimato e já em seu segundo ano de atividade resolveu tentar o acesso à elite estadual.
Confirmado para as disputas da segundona de 2014, o Spartax quer subir de divisão logo na primeira tentativa. O intuito do clube é fazer o elenco com muitos jogadores jovens e alguns com mais experiência. O projeto principal, no entanto, é de fazer do Spartax um formador de atletas.
Spartax quando entrar em campo vai lembrar um clube tradicional de João Pessoa. O time pessoense acabou escolhendo o branco e vermelho como cores oficiais, igual ao Auto Esporte, o quarto maior vencedor do futebol paraibano que ainda segue em atividade. A escolha das cores, segundo o presidente José Morais, não é para homenagear o Auto Esporte, mas sim as cores da bandeira de João Pessoa.
Em relação ao nome da equipe, o fato é curioso. A intenção inicial era colocar o nome Sparta, igual ao de Roterdã, da Holanda. Mas segundo Weider Cavalcante, a marca já era patenteada e, por isso, aleatoriamente, entrou a letra “x” no fim do nome Sparta, se tornando Spartax. O nome da cidade também foi incorporado na nomenclatura oficial e a equipe é denominada Spartax João Pessoa Futebol Clube.
Estádio
A equipe vai mandar seus jogos no estádio da Graça, no bairro de Cruz das Armas, na capital.

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Associação Desportiva Jaboatão dos Guararapes

Associação Desportiva Jaboatão dos Guararapes (conhecido simplesmente por Jaguar) é um clube de futebol sediado na cidade de Jaboatão dos Guararapes, no estado de Pernambuco.
Depois de alguns anos disputando campeonatos amadores, o Jaguar - junção de "Ja" (Jaboatão) e "Guar" (Guararapes) - fará a sua estreia no profissionalismo na Série A2 do Campeonato Pernambucano de Futebol, com o apoio do prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes .
A equipe terá como presidente Zeca Barretto, e Reginaldo Almeida ocupará a vice-presidência do clube. No ano 2012 a equipe estreou no Campeonato Pernambucano A2 ficando em 10º com 5 vitórias , ainda no ano 2012 o Jaguar disputou a Copa Pernambuco onde ficou em 6º tendo uma partida histórica contra o Santa Cruz onde perdeu de 4x3. Na temporada 2013 a equipe disputou a série A2 do Pernambucano e terminou em . Em 2014 o Jaguar disputa o Pernambucano A2 e o Sub/20.
Estádio
O Jaguar manda suas partidas no Estádio Jefferson de Freitas, com capacidade para receber 3.500 torcedores. Entretanto, tal praça de esportes encontra-se em situação precária, por este motivo o time divide o uso do Estádio Ademir Cunha, em Paulista, juntamente com o Íbis.
Site

terça-feira, 29 de julho de 2014

Altinho Futebol Clube

Fundado em 1 de maio de 2013, o clube, presidido por José Simão e cujas cores são azul, branco e vermelho. Da pequena cidade de 22 mil habitantes distante 34 km de Caruaru, em 2013 irá estrear no futebol profissional, disputando a segundona pernambucana.
Após estrear no Campeonato Pernambucano da Série A2 em 2013, quando chegou as quartas de finais e conquistou uma marca histórica de nove vitórias seguidas, na competição. O Altinho espera chegar ainda mais longe no Pernambucano deste ano. 
Participará da série A2 e contará com uma ampla estrutura com mais de 3.000m². O altinho investirá em um elenco selecionado, escolhido a dedo pelo experiente técnico da primeira divisão do Futebol Pernambucano; Laelson Lima. A direção do Altinho Futebol Clube projeta um investimento a longo prazo com objetivo de Profissionalizar e lançar jogadores no mercado esportivo e transformar o Altinho FC em uma marca reconhecida nacionalmente.

Hino do Altinho FC

Quem vem de lá? Sou eu porteiro,
Abre os portões que eu quero passar.
Vermelho e branco, e o azul lidera.
O nosso Altinho estremece a terra. 
A minha águia traz emoções,
Vou bem alto pelos sertões.
Joga com emoção, O Altinho campeão.
Bola na rede pra alegra meu coração.

Com muito orgulho e raça sou nordestino
Lá da cidade de Altinho
Cidade boa, torcida é massa,
Bola pra frente, com muita raça.
Cidade boa, torcida é massa,
Bola pra frente, com muita raça.
Site

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Afogadense Futebol Clube

Afogadense Futebol Clube é um clube brasileiro de futebol do município de Afogados da Ingazeira, em Pernambuco.
Em 2007, a Federação Pernambucana de Futebol eliminou a equipe do Campeonato Pernambucano da 2ª Divisão por não ter cumprido suas obrigações financeiras junto à CBF, referentes a taxa de licença para criação de Departamento de Futebol Profissional.
O Afogadense teve sua melhor colocação no Campeonato Pernambucano Série A2 Campeonato Pernambucano de Futebol - Série A2 nos anos de 2008 e 2009 no qual ficou em 3º e 4º lugar, um dos anos não subiu graças a um erro da arbitragem no jogo da semi-final contra o Araripina Futebol Clube.
O clube nos ultimos anos vem passando muitas dificuldades graças a falta de investimento e estrutura no futebol local.
Em 2014 , o Afogadens  está fora: Ainda durante a reunião o Presidente da FPF, Evandro Carvalho, declarou que o Afogadense foi desligado da entidade por ter entrado na Justiça Comum contra a Federação. Se pagar as taxas pendentes e quiser participar terá que ser em outra cidade”, frisou Evandro Carvalho.

domingo, 27 de julho de 2014

Afogados da Ingazeira Futebol Clube

Afogados da Ingazeira Futebol Clube é um clube brasileiro de futebol do município de Afogados da Ingazeira, em Pernambuco.
Fundado em 18 de dezembro de 2013, o Afogados da Ingazeira Futebol Clube é o mais novo clube profissional do Estado de Pernambuco.
Localizado a 386 quilômetros da capital, o Afogados terá um uniforme semelhante ao do Bahia, mas inspirado nas cores da bandeira da cidade.O mascote será uma coruja, simbolizando a “inteligência e sabedoria”.
A estreia da Coruja de Afogados será na segunda divisão local de 2014. 
Estádio
Estádio Valdemar Viana de Araújo é um estádio de futebol localizado na cidade de Afogados da Ingazeira, no estado de Pernambuco, pertence à Prefeitura Municipal .

sábado, 26 de julho de 2014

Sport Clube São José

Fundado em 14 de abril de 2008, por Márcio José da Silva, o clube nasceu com a intenção de representar a cidade de São José dos Pinhais, e o compromisso com a formação de jovens atletas. Desde 2012, é regido pelos empresários, João Otávio Simões Neto e Claudio Roberto Sgarbi, por meio das empresas esportivas ATF Sports e CIFA. Mantém parceria, com a agremiação polonesa Klub Sportowy Piotrcovia, e com o centro de treinamento Centrun Pitkarskie Ptak, do mesmo país. Tais compromissos visam o intercâmbio de jogadores, tanto para o Brasil, quanto para a Polônia, e usufruir da estrutura de ambas instituições em excursões e torneios internacionais. . Também possui aparceiramento com o Guarani de Pouso Alegre, com intuito parecido.
Já em seu primeiro ano de vida, disputou a Terceira Divisão Paranaense, tendo como resultado o vice-campeonato, e a promoção para a Divisão de Acesso de 2010. Nesta, terminou na 6ª posição, posteriormente em 2011, na mesma competição, faz investimentos consideráveis, porém com resultados insatisfatórios, desiste do torneio, sendo rebaixado. O fato frustrou pelo segunda temporada consecutiva, o sonho de adentrar na elite do futebol paranaense. Dando seguimento, em 2012, disputa a Terceira Divisão, ficando na 4ª colocação, não conseguindo acesso, apenas pelo saldo gols já que empatou em pontos como o PSTC, que ficou com a última vaga. Em 2013, torna a disputar o campeonato apostando em suas categorias de base para triunfar. Chegou a final e conquistou o acesso, porém...
O São José não compareceu para disputar o segundo jogo das finais do Campeonato Paranaense da Terceira Divisão de 2013 na noite desta quinta-feira no Estádio Olímpico Regional em Cascavel. Com isso, o FC Cascavel sagrou-se o campeão do estado.
Na decisão do ano passado, ocorreu apenas o jogo de ida, quando o FCC venceu o São José, em Irati, por 2 a 1. Porém, a segunda partida foi cancelada devido ao ato de suspensão emitido pela FPF (Federação Paranaense de Futebol), após a equipe de São José ter sido punida por suposta utilização de jogador com documentação irregular. Porém, em julgamento ocorrido em fevereiro deste ano em instância superior, o STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva) absolveu a equipe da região metropolitana de Curitiba.


O São José oficializou a desistência da disputa da Segunda Divisão do Campeonato Paranaense que terá início no próximo domingo. 
A diretoria do clube da região metropolitano encaminhou nesta quinta-feira um ofício à FPF oficializando pedido de desistência da competição. Com isso, o clube esta automaticamente rebaixado a terceira divisão em 2015. Assim como o Colorado que já havia desistido de disputar a competição na última terça.


Estádio

Estádio Municipal Doutor Tancredo Neves, é mais conhecido como Estádio do Pinhão ou Xingu, fica localizado na Região Metropolitana de Curitiba, na cidade de São José dos Pinhais, é a casa do Sport Clube São José, e também foi a casa do Sport Club Corinthians Paranaense então Malutrom, antes de construir o Eco-EstádioCapacidade para 5.200 pessoas.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Colorado Atlético Clube

O Colorado Atlético Clube foi fundado em 20 de abril de 1998 com o nome de Associação Atlética Cintos Mima, obtendo o título de vice-campeão do Campeonato Paranaense da Terceira Divisão de 1998. O Colorado é um time de futebol brasileiro fundado na Cidade de Colorado à 100 km de Maringá, no estado do Paraná. Foi no dia 3 de outubro de 2000 que a equipe passou a ter seu atual nome.
O Clube não deve ser confundido com o Colorado Esporte Clube, equipe que foi o embrião do Paraná Clube em 1990. 
Iniciou no profissionalismo, disputando à Terceira Divisão do Paranaense, em 1998, tendo como resultado um vice-campeonato, o que lhe garantiu o acesso à Segunda Divisão do Estadual. Nesta, permaneceu por duas temporadas sem conseguir vaga na elite do futebol do Paraná, e acabou sendo rebaixado em 2000. Em seguida, disputou a Série Bronze 2001, e após o término do torneio, encerrou suas atividades.
Licenciado após nove anos, o Colorado, retornou na Terceirona 2010 e foi eliminado logo na primeira fase, assim como em 2011. Já em 2012, repetiu o feito do seu ano de fundação, e terminou com o vice campeonato do torneio, alcançando vaga na Divisão de Acesso 2013.
O time do Norte Pioneiro, é reconhecido pela atenção as Categorias de Base, prova disso é a parceria que fez com o Projeto Revelação de Maringá em 2011, para disputa da Terceira Divisão. Tal iniciativa, foi fundada em 8 de maio de 2002, e é voltada para promoção da cidadania através do esporte para jovens de 14 a 17 anos, tendo como idealizadores Luciméia Castro e o Professor Renato Castro. Hoje, o projeto conta com o apoio de outros diretores e supervisores, como Mauro Dias, John Alves e Fernando Correa, que também atuam em parceria com o Colorado.
Em 2013, ficou a um passo do acesso, terminando na terceira colocação na Divisão de Acesso.
Faltando apenas cinco dias para o início do Campeonato Paranaense Divisão de Acesso, a equipe do Colorado Atlético Clube anunciou na tarde de terça-feira (15) sua desistência da competição. O clube entregou um ofício à Federação Paranaense de Futebol, que emitiu uma nota confirmando a desistência da equipe do noroeste do estado.

A diretoria do Colorado não fez nenhum pronunciamento oficial sobre os motivos da desistência. Em 2013, a equipe ficou em terceiro lugar na Divisão de Acesso, com um ponto a menos que o Prudentópolis, que subiu para a Primeira Divisão. Para 2014 havia anunciado uma parceria com o Guaratinguetá-SP, que iria fornecer jogadores.

Como não vai disputar a Divisão de Acesso deste ano após desistência, o Colorado foi rebaixado automaticamente para a Terceira Divisão de 2015.

Estádio 
Dr. Francisco Borges de Campos
Capacidade 1,000 lugares

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Junior Team Futebol

Fundada em fevereiro de 2001, inicialmente com a denominação de Londrina Junior Team e com objetivo principal de dar suporte ao Londrina Esporte Clube administrando suas categorias de base, a Junior Team Futebol é uma empresa que se dedica a formação de atletas de futebol com condições de integrarem os principais times de futebol do Brasil e do Exterior.

Durante o período que perdurou a parceria com o Londrina Esporte Clube, alguns atletas se destacaram e começaram a despontar na equipe profissional, entretanto, a implantação de uma nova filosofia administrativa pela diretoria do clube fez com que a parceria fosse encerrada em total harmonia e a Junior Team Futebol continuasse suas atividades independente, porém, firmando novas parcerias com várias equipes de futebol profissional do Brasil, para onde são encaminhados os atletas que despontam em quaisquer de suas categorias.

A empresa, que está filiada à Federação Paranaense de Futebol e Confederação Brasileira de Futebol, vem disputando regularmente os torneios e campeonatos estaduais das diversas categorias de base e, a partir de 2010, também nas divisões de acesso da categoria profissional.
Esportistas de Sertanópolis estão conversando com a diretoria da Junior Team para que a equipe dispute a segunda divisão do Estadual pela cidade.
Segundo o empresário e ex-prefeito de Sertanópolis, Edson Pedro – que já foi diretor do Londrina – , em breve será finalizada a obra no estádio da cidade, o Ézaro Menck, que terá capacidade para 2.500 torcedores. “A Junior Team já jogou em Sertanópolis e a cidade precisa voltar a ser palco de eventos esportivos. Há empresários interessados em colaborar com o time”, disse ele.
O prefeito Tide Balzanelo, secretários municipais e diretores da Junior Team conversariam hoje para iniciar o processo.

Título

Terceira Divisão Paranaense2011

Hino

Azul do céu, branco da paz, vermelho do café
A alegria e o coração na ponta do pé
Nossa torcida pé vermelho vibra com amor
Rico ou pobre não importa nem raça e nem cor

No campo batalhão de onze lutam até o fim
E o caneco é sempre nosso é da Junior Team

Eu não pedi pra ser
Já nasci assim 
Meu coração é Junior Team, é Junior Team

Eu não pedi pra ser
Já nasci assim 
Meu coração é Junior Team, é Junior Team, é Junior Team

Nosso grande objetivo é formar cidadão
Nossa base é a melhor pro atleta em formação
O Brasil é nossa casa e aqui se faz história
Fincado em nossos corações pra sempre na memória


Eu não pedi pra ser
Já nasci assim 
Meu coração é Junior Team, é Junior Team

Eu não pedi pra ser
Já nasci assim 
Meu coração é Junior Team, é Junior Team, é Junior Team
É Junior Team, é Junior Team

Site

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Paraná Soccer Technical Center

O PSTC - Paraná Soccer Technical Center (Centro de Treinamento de Futebol do Paraná) é um clube de futebol da cidade de Londrina- PR, que prioriza seu trabalho nas categorias de base, onde seu principal objetivo é a formação de atletas profissionais, sem deixar de lado a formação social de seus atletas.

O PSTC surgiu em 1994, a partir de uma proposta de um grupo de empresários, de criar em Londrina, um centro para o desenvolvimento técnico da prática do futebol, objetivando a formação de atletas profissionais. E desde 2010, o PSTC vem disputando competições como time profissional. Nas suas duas primeiras participações no Campeonato Paranaense Seria A3, o clube não consegui o acesso. Já em 2012 o PSTC ficou com a 3ª Colocação, chegando assim à Série A2 do Campeonato Paranaense. No ano de estreia na Seria A2, o PSTC fez uma parceria com o município de Cornélio Procópio, tornando-se assim o PSTC Procopense, equipe que terminou sua participação na 6ª colocação. 

Depois de figurar sempre entre as quatro melhores equipes do Paraná, o PSTC chegou ao primeiro título de expressão no ano 2000, quando conquistou o Campeonato Paranaense Sub-17. Feito que voltou a se repetir em 2001,2003 e 2008, ano em que também conquistou o Campeonato Paranaense Sub-15

Com uma metodologia diferenciada, o clube tem revelado jogadores de altíssimo nível técnico para grandes times profissionais, despertando curiosidade sobre a forma de trabalho e sucesso na gestão de jogadores.

O PSTC por sua experiência dispõe de toda a estrutura para captar, observar e atender atletas em formação.
Os frutos começaram a render já em 1998. A primeira grande revelação do PSTC foi o volante Reginaldo Vital, negociado em 1998 ao Gamba Osaka / JP, através da parceria com o Paraná Clube. 
Em 2000, os destaques da equipe foram o volante Alan Bahia ( XV de Piracicaba), o meia Jadson (Corinthians), e o atacante Dagoberto (Cruzeiro), que foi o artilheiro desta competição, que em 2001 foi destaque já pela equipe profissional do Atlético Paranaense, conquistando o título Brasileiro e convocado pela Seleção Brasileira Sub-20 e Olímpica.
No ano de 2002, o destaque ficou por conta do volante Fernandinho (Manchester City/ Inglaterra) que no ano seguinte foi Campeão Mundial Sub-20 com a Seleção Brasileira, marcando inclusive o gol do título. Fernandinho também conquistou o Mundial Sub-17 em 2002. Hoje a revelação do PSTC é um dos nomes que representarão o Brasil na Copa do Mundo de 2014.
O lateral Rafinha (Bayer de Munique/Alemanha), também jogou no PSTC. Ele defendeu as cores do clube de 1997 à 2001.
Até hoje o clube já revelou mais de 150 atletas profissionais para clubes nacionais e internacionais, sendo dentre eles o maior destaque, o meia Kléberson (Indy Eleven/EUA), Campeão Brasileiro em 2001 pelo Atlético Paranaense e em 2009 pelo Flamengo. Em 2002, Kléberson foi Campeão Mundial pela Seleção Brasileira.

A logo do PSTC foi criada a partir da idéia da Taça conquistada pelo Brasil na Copa do Mundo de 1994 nos Estados Unidos. Na Taça, se visualizava vários atletas segurando uma bola que por sua vez simbolizava à Terra. A logo sugeria a idéia de um atleta estilizado na cor amarela com a cabeça vermelha, braços erguidos em comemoração e com uma bola de contornos azul apoiada sobre a logo. Identificando assim à conquista do atleta e representando ainda a idéia de ser o planeta. 
                             
Em torno da bola encontra-se escrito o nome original do clube, escrito também em azul. As letras da sigla PSTC são divididas e escritas em azul, mantendo a logo entre elas. As cores originais são: azul, amarelo, vermelho e branco. Foram escolhidas a partir de várias sugestões e não fazem nenhuma alusão ou referência. Apenas procurou-se não confrontar com as cores de outros clubes.

Acumulando prejuízos e sem a expectativa de angariar torcedores em Londrina, PSTC mudou de ares para a disputa da Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense. Enquanto o clube que revelou Fernandinho e Jadson recoloca Cornélio Procópio no cenário do futebol estadual.

A  equipes fez as malas e mudou o local dos jogos na Segundona contando com o apoio das administrações municipais do município e com a promessa de ver a arquibancada preenchida. Há dois anos no futebol profissional, a  equipe conviveu com estádios vazios e prejuízos nos campeonatos que disputou. "Só dava a família dos jogadores. E futebol profissional sem torcida é complicado", lamentou o gerente do PSTC, Renato David. 

A  equipe foi criada para ser apenas de categorias de base. Com a exigência da Federação Paranaense de Futebol (FPF) de disputar também o profissional, foram obrigadas a mudar o propósito inicial. 

Cada partida da Segundona tem um custo fixo de quase R$ 6 mil. Com o aumento do aluguel do Estádio do Café, em Londrina, esse valor pode até dobrar. "Futebol é caro e a Segunda Divisão não tem patrocínio nem TV. Para o PSTC é difícil ter torcida. Não sei o caso do Cincão, que leva o nome do bairro que é grande. Eles seriam a segunda força da cidade hoje", comentou David. 

Em Cornélio Procópio, cidade do Comercial, campeão paranaense de 1961, o namoro começou durante a disputa da Copa Brasil Sub-15 do ano passado. "Cornélio foi uma das sedes e na final, entre Palmeiras e Vasco, o estádio estava lotado. Começamos, então, a acompanhar o público nos jogos amadores e estava dando cerca de 1,5 mil pessoas por partida", contou David. 

A ideia foi amadurecendo e, após as eleições municipais, a proposta foi apresentada ao prefeito eleito Frederico Alves (PSC), que aprovou. "O prefeito e os vereadores gostaram da ideia. Deu certo a parceria e estamos na expectativa de que o público compre a ideia", apontou o gerente do PSTC. 

Assim surgiu o PSTC Procopense, que vai treinar e jogar no Estádio Ubirajara Medeiros. Ele foi reformado e tem capacidade para 5 mil torcedores. De acordo com o secretário de Esportes do município, Tato Druzini, o projeto é encarado como uma opção de recreação para a população e também como forma de resgate do futebol profissional da cidade, antes tradicional. "A partir do momento em que se colocou procopense, o time foi abraçado. Já estamos estudando até o mascote. A cidade está envolvida. A região é formada por quase 50 municípios e Cornélio sempre foi polo. As pessoas vinham aqui assistir aos jogos", afirmou. "A nossa cidade tem o futebol amador muito forte, mas não temos o profissional há alguns anos. É uma necessidade aos munícipes para recreação", completou. 

Site

terça-feira, 22 de julho de 2014

São Carlos Futebol Clube

É um clube empresa e foi fundado em 25 de novembro de 2004 e em 2005 foi campeão da Segunda divisão (Série B) do Campeonato Paulista. Atualmente disputa a Série A2 do Campeonato Paulista e a Copa Paulista.
Fundado em 25 de novembro de 2004 pelo empresário são-carlense Júlio César Bianchini, o São Carlos Futebol Clube escreve uma nova página na história do futebol profissional de São Carlos. O clube suirgiu já com uma infra-estrutura na bagagem, através do Centro de Treinamento um espaço próprio com campos, piscina, salas de musculação e fisioterapia, alojamento e refeitório, tudo distribuido em pouco mais de 18 mil m². Recebeu de pronto, por meio do Poder Público, o direito de uso do estádio municipal "Luís Augusto de Oliveira", o Luisão; palco de grandes jogos no passado e que voltou a dar muitas alegrias para o torcedor são-carlense. Afinal, antes de completar 1 ano de vida, o São Carlos fez uma campanha invejável e consagrou-se Campeão Paulista da Segunda Divisão.
Sob o comando do técnico Nei Silva, o grupo campeão acumulou pontos em 27 jogos. Foram 18 vitórias, 5 empates e 4 derrotas, com 62 gols feitos e 30 tomados. Entre 2006 até 2010, os objetivos foram o Campeonato Paulista da série A-3, para tentar conseguir o tão esperado acesso, mas com campanha medianas, o clube não conseguia o acesso a Série A-2 do Campeonato Paulista e também participou de algumas edições da Copa Federação Paulista de Futebol, atualmente a Copa Paulista de Futebol. Com um trabalho, o São Carlos tem escrito numa nova página no futebol são-carlense, paulista e brasileiro, mostrando que um clube administrado de uma maneira correta, chega a resultados positivos e, principalmente, dá chance ao torcedor e às famílias de poderem prestigiar o esporte mais popular e amado do Brasil e do mundo. Mas seu melhor momento foi em 2011, mais precisamente no dia 4 de maio, quando conseguiu o acesso a Série A2 quando conseguiu um empate com o Grêmio Osasco.
Escudo Antigo
Em 29 de julho de 2013, o clube lançou seu novo projeto de gerenciamento do futebol, novo escudo inspirado no futebol europeu e com detalhes que lembram particularidades da cidade e do clube, novo website e também na nova diretoria. Depois de 9 anos o clube passa a ter um novo presidente.
Estádio 
Municipal Professor Luís Augusto de Oliveira, também conhecido como Luís Augusto de Oliveira, ou Luisão, é um estádio de futebol localizado na rua Desembargador Júlio de Faria nº 800 (Boa Vista) no município de São Carlos, no Estadode São Paulo. Seu nome é uma homenagem ao ex-prefeito da cidade de São Carlos, Profº Luís Augusto de Oliveira, que era conhecido como "Luisão".
Foi usado principalmente pelo Sãocarlense durante quase trinta anos, e hoje é usado pelo São Carlos Futebol Clube
Capacidade 10.000 pessoas


Alcunhas Águia da Central ; Sanca

Mascote Águia

Site

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Clube Atlético Paulistinha

Fundado em 3 de agosto de 1958, o CAP, foi dirigido por muitos anos por Marivaldo Carlos Degan, um "ícone" na história do futebol infanto-juvenil na cidade e muito respeitado nacional e internacionalmente, conquistando muitos títulos em todas as categorias por vários países. Suas cores são vermelho, preto e branco, seu escudo tinha um desenho do tio patinhas, mas a Disney exigiu a retirada do mesmo alegando uso não autorizada do desenho, o clube passou mais de 50 anos trabalhando nas categorias de base.
O Paulistinha permaneceu até no anonimato paulista até o ano de 2008, quando passou a disputar os campeonatos da divisão de base organizados pela Federação Paulista.Em 2010 entrou no profissional e disputou o“Campeonato Paulista da Segunda Divisão”, no qual participou novamente em 2013 e classificou-se para as finais.
Neste ano,  as diretorias de Clube Atlético Paulistinha e São Carlos Futebol Clube selaram parceria inédita. A negociação durou cerca de cinco semanas, e irá alterar consideravelmente o calendário dos clubes sãocarlenses. O tempo de duração da sociedade não foi divulgado.
Pelo lado do São Carlos, as atividades profissionais continuarão normalmente, e nas categorias de base acontece a grande mudança. A equipe, que jogava apenas o Campeonato Paulista Sub-20 da Primeira Divisão, passa a jogar também o Sub-15 e Sub-17, sendo o único representante da cidade nas três categorias. Além disso, as três categorias utilizarão o Recanto do Tio Patinhas, sede do CAP.
“A parceria agrega espaço para desenvolver o trabalho de base, porque além de treinar, o jogador vai se alimentar no centro de treinamento”, explicou Paulo Mayeda, coordenador de futebol do São Carlos FC.
Chegou a ser cogitado a possibilidade das partidas do campeonato estadual das categorias menores serem realizadas na cidade de Ibaté. “A gente está procurando manter os jogos em São Carlos. Com a Prefeitura ajudando, não vejo necessidade de nos deslocarmos para outras cidades para mandar nossas partidas”, comentou Mayeda.
Ainda sobre a sociedade São Carlos/Paulistinha, o coordenador do São Carlos FC disse também que o exemplo deveria ser seguido por outras cidades que tem mais de um clube profissional. “Haverá espaço para o Paulistinha desenvolver suas atividades no Sub-11 e Sub-13, e o poder público não precisa mais alimentar duas situações. Estamos unindo esforços para a cidade de São Carlos ser referência na base”, completa.

Já o Paulistinha, que além do profissional em 2013, disputou o estadual nas categorias Sub-15 e Sub-17, cederá seus atletas para o São Carlos FC, para seguir com os projetos sociais, incluindo a Escolinha CAP, para crianças a partir de 7 anos, além de disputar o Campeonato Paulista Sub-11 e Sub-13.
O presidente do CAP, Vilmar Rodrigues, tem um discurso semelhante ao de Paulo Mayeda, e garante que o objetivo é colocar o nome da cidade de São Carlos em evidência no futebol de base do estado de São Paulo. “Daqui alguns anos, o objetivo é usar os atletas que hoje estão na base na equipe profissional. Queremos dar oportunidade para os garotos da cidade, e por isso vamos fazer algumas peneiras. Mas também há a opção de trazer jogadores de fora”, salientou.
Um dos motivos para que as conversas entre os clubes começassem, foi porque dirigentes do Paulistinha afirmaram publicamente que estavam em busca de colaboradores para manter o futebol profissional do clube ativo no ano da Copa do Mundo. Como o prazo estipulado pela Federação Paulista de Futebol para inscrição no Campeonato Paulista da Segunda Divisão se encerrou no final de janeiro, e a parceria com o São Carlos foi selada após a data limite proposta pela entidade, o CAP não jogará o estadual em 2014 – único torneio profissional disputado pelo Tio Patinhas.
Espera-se que, em 2015, os jogadores formados pela equipe sub-20 que não forem utilizados no elenco profissional do São Carlos, disputem a Série B pelo Paulistinha, reativando assim a equipe profissional que chegou na última fase do estadual em 2013.


Alcunhas Paulistinha de São Carlos

Mascote Tio Patinhas

http://www.capaulistinha.com.br/

domingo, 20 de julho de 2014

Grêmio Esportivo Sãocarlense

Grêmio Esportivo Sãocarlense conhecido como Grêmio Sãocarlense ou Sãocarlense, foi um clube brasileiro de futebol, da cidade de São Carlos, no Estado de São Paulo.
O clube era tricolor, e suas cores eram vermelhoazul e branco.
Sãocarlense foi fundado em 19 de março de 1976. Foi o sucessor do Madrugada Esporte Clube, fundado em 17 de janeiro de 1974, que disputou a terceira divisão em 1975.
Mandava seus jogos no Estádio Luisão, mas por algumas interdições de campo, por algumas vezes mandou jogos no Estádio do Paulista.
No mesmo ano em que foi criado, entrou no futebol profissional disputando o Campeonato Paulista da segunda divisão. Por problemas administrativos e financeiros, o clube foi presumivelmente "extinto" em 2005, mas na Federação Paulista de futebol consta como licenciado até 2006.
Em 2008 o clube filiou-se a Liga Sãocarlense de Futebol, para disputar o campeonato amador da cidade, como Grêmio Sãocarlense Futebol Clube  .
Pela Liga Sãocarlense de Futebol, foi campeão amador da série B (varzeano) de 2011 e subiu para o amador da série A (amador), onde foi 3º colocado no torneio.

Histórico em competições oficiais

Terceira divisão 1988 e 1989 - (1989 campeão da terceira e voltou para a segunda), 2004 - (2004 caiu para a quarta)
Segunda divisão 1976, 1977, 1978, 1979, 1980, 1981, 1982, 1983, 1984, 1985, 1986, 1987 - (1987 caiu para a terceira), 1990 - (1990 subiu para a primeira), 1994, 1995, 1996, 1997, 1998, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003 - (2003 caiu para a terceira)
Primeira divisão 1991, 1992 e 1993 - (1993 caiu para a segunda)
Copa 90 anos de Futebol 1992 - (Vice-campeão)
Copa do Interior Paulista - (1999 e 2001)
Taça do Estado de São Paulo - (1985)
Campeonato Brasileiro de Futebol - Série B (Classificatória para 1994)
Campeonato Brasileiro de Futebol - Série C (1996)

Títulos

Campeonato Paulista - Série A3: 1989