quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Wolverhampton Wanderers Football Club

O Wolverhampton Wanderers Football Club foi fundado em 1877 e reside na cidade que cede o nome ao clube, situada na região oeste da Inglaterra. Apesar de sua fama na Terra da Rainha não ser das mais expansivas, os Wolves - apelido dado à equipe devido ao lobo que estampa seu escudo - tem uma história para contar recheada de títulos e recordes.

A equipe já venceu a primeira divisão inglesa em três oportunidades (1953/54, além do bicampeonato em 1957/58 e 1958/59). Além disso, o clube conquistou 4 títulos da FA Cup e 2 da Carling Cup. Os "lobos" também foram os primeiros a marcar mais de 100 gols por três campeonatos consecutivos e os pioneiros a marcar 7 mil gols na elite, sendo superado no total de gols marcados apenas pelo Manchester United, na temporada 2008/2009.

Stan Cullis é o grande ídolo da história dos Wolves. O ex-capitão da seleção inglesa foi quem comandou a equipe nas três conquistas do campeonato inglês, na década de 50. Cullis, que também foi treinador da equipe, faleceu aos 85 anos, em fevereiro de 2001, mas seu nome é imortalizado entre os torcedores do Wolverhampton.

Contudo, os Wanderers estão carentes de título desde 1980, quando levaram a Copa da Liga Inglesa. Após a conquista da Coca-Cola Championship (Segunda Divisão) na temporada 2008/2009, a equipe começou a última Premier League totalmente desacreditada. A luta contra o rebaixamento realmente existiu, mas o Wolverhampton soube crescer na hora certa e manteve-se na elite com a 15º posição e 38 pontos conquistados.
  
Títulos
 
Campeonato Inglês: 1953-54, 1957-58 e 1958-59
Copa da Inglaterra: 1892-93, 1907-08, 1948-49 e 1959-60
Supercopa da Inglaterra: 1949, 1954, 1959 e 1960 
Copa da Liga Inglesa: 1974 e 1980 
Segunda Divisão: 1931-32, 1976-77 e 2008-09
 
 
Estádio

O alcapão dos Wolves é o Molineux Stadium, fundado em 1889 e com capacidade para 29.303 espectadores. Porém, se a equipe quiser continuar figurando entre os melhores, precisará melhorar seu desempenho em casa. No último campeonato inglês, foram apenas 5 vitórias, 6 empates e 8 derrotas.
 
Alcunhas Wolves
 
 Site

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Wigan Athletic Football Club

Wigan Athletic F.C. foi fundado em 1932 na sequência do falecimento do Wigan Borough no ano anterior. O Wigan Athletic foi a quinta tentativa de estabilizar um clube de futebol na cidade após o desaparecimento da Wigan County, Wigan United, Wigan City e a citada Wigan Borough. Springfield Park, a antiga casa do Wigan Borough, foi comprado pelo clube e foram eleitos para o Cheshire County League.
No início da história do Wigan Athletic, o mais notável explora entrou na FA Cup. Na temporada 1934-35, Carlisle United 6-1 Wigan vencer no primeiro turno, estabelecendo um recorde para a maior taça vitória por um clube não liga mais de um clube da Liga, um recorde que ainda hoje, embora tenha sido igualada no 1955 pelo Boston United, e em 1957 por Hereford United.
Em 1945, Wigan foram eleitos para um campeonato diferente, a Combinação de Lancashire, e em 1950 chegou perto de eleições para a Liga de Futebol, restrita a perder a Scunthorpe United em uma votação. Na temporada 1953-54, Wigan jogou uma FA Cup jogo contra o Hereford United na frente de uma multidão de 27.526, um recorde Wigan Athletic e também um recorde para um jogo entre duas equipas não liga não liga a um terreno. Em 1961, o clube voltou para a Cheshire County League.
Em 1968, Wigan foram membros fundadores da Premier League do Norte, conhecido nos últimos anos, como a Liga UniBond. Após 34 tentativas falharam eleição, incluindo um título controverso, mas de tomada de aplicação em 1972 para aderir à Segunda Divisão da Liga Escocesa, Wigan foram eleitos para a Football League em 1978.
Wigan do primeiro jogo sob o seu novo Holofotes foi contra o Manchester City. Cidade trouxe uma equipe de força plena Springfield Park e venceu 4-0.
Wigan tinham terminado em segundo lugar no Norte da Premier League na temporada 1977/78, atrás vencedores Boston United. Mas, como Boston do terreno e das instalações não cumpriam os critérios para a Liga de Futebol um clube da Liga, que fez Springfield Park, Wigan foram apresentadas para a eleição para a Liga. Não houve promoção automática para a Liga de Futebol até 1987, antes, quando um clube tinha de ser "votaram fora" da Liga para permitir que uma equipe não liga para ser promovido no seu lugar. No final da temporada 1977/78, Southport acabado para baixo próximo da antiga quarta divisão, e enfrentaram-se com Wigan Athletic para seu lugar na Liga. A primeira rodada de votação terminou empate, com ambos os clubes que receberam 26 votos, mas, após um tenso re-votação Southport perdeu fora 20-29 e perdeu seu lugar na Quarta Divisão. Wigan Athletic Inglês se tornou um clube da Liga, em 2 de Junho de 1978.
No clube da primeira temporada da Liga de futebol, Wigan terminou em sexto lugar, a apenas seis pontos fora promoção em seu primeiro campeonato na frente da estação e uma multidão média de 6.701 . Dois mais alto meia termina veio nos seguintes estações. Os Latics ganhou sua primeira promoção Football League em 1981/82, quando uma contagem de 91 pontos vi eles aderir à antiga Divisão Três, pela primeira vez, iniciando um feitiço 10 anos no terceiro nível de Inglês de futebol. As próximas três temporadas todos viram o Latics terminar na metade inferior da Divisão Três, mas o clube fez a sua primeira vitória pratas como um clube da Liga, em 1985, vencedor do Troféu Frete Rover. Eles foram espancados, no Norte do final da mesma competição, o Bolton Wanderers por temporada seguinte.
A temporada 1985/86 teve uma melhoria significativa na forma do clube da Liga, acabou terminando na quarta posição, em seguida, um nível recorde-clube que repousar durante 17 anos, até 2002/03. De fato, o Latics terminou a temporada apenas um ponto fora da promoção locais no final antes da época da Liga de Futebol apresenta o play-off sistema de promoção e despromoção. Wigan gerido um idêntico quarto lugar na temporada 1986/87, mas desta vez foram recompensados com a chance de competir para o último lugar na promoção do novo sistema de play-off. (Nos primeiros dois anos do sistema de play-off, equipes acabamento 3 º, 4 º e 5. Juntaram à equipe acabamento 20. Na divisão acima, para jogar para a promoção local, este foi alterado para as equipas acabamento 3o, 4o, 5o e 6. partir da temporada 1988/89). Os Latics perdido nas duas pernas semi-final para Swindon, que passou a ganhar o final promoção lugar.
O quarto lugar acabamentos das safras 1985/86 e 1986/87 revelou-se a pontos altos do Wigan Athletic da primeira tarefa na Divisão 3. Para os próximos cinco anos, que terminou em meados de tabela, flertando com a descida de 1988-89 e 1989/90, até que foram relegados para a primeira e única vez na história do clube da Liga em 1992/93. Wigan terminou em 23o lugar, em meio cambalhotas atendimentos que tinha caído de médias de 3,000-4,000 em Wigan da Divisão 3 anos, para 2.593 em 1992/93. Um ano mais tarde, com o clube de volta no quarto nível do campeonato Inglês, o Latics acabado 19 - quarto de baixo - para completar a sua pior época de sempre da liga. Atendimentos cairia para um mais baixo de sempre Wigan Athletic League média de 1845 até 1995.
Wigan foi apenas a quarta equipe nos últimos 20 anos para ganhar a promoção para o início divisão pela primeira vez. O clube da primeira vez Premier League foi um jogo home jogo contra o Chelsea FC, que perdeu apenas um jogo a um minuto 94. Vencedor por Hernán Crespo. Um êxito executar seguida, e até Novembro de Wigan foi segundo na Liga. Boa campeonato foi acoplado com uma forma igualmente forte desempenho na Copa da Liga de Futebol, com a sua primeira vez Latics atingindo grande xícara final após derrotar o Arsenal em metas longe na semi-final. No final, foram derrotados 4-0 Wigan por vizinhos Manchester United. Wigan finalmente terminou a temporada em 10o lugar - o mais elevado de sempre do clube da Liga colocação. Right-back Pascal Chimbonda foi incluído no 2005-06 PFA Equipe da temporada. Wigan falhou em sua proposta para o futebol europeu e optou por não participar na Copa Intertoto da UEFA.
Durante o próximo período, muitos que tinham vendido Wigan estrelou em sua primeira temporada na Premier League, como Jimmy Bullard esquerda para Fulham, Jason Roberts ingressou Blackburn Rovers, e Stéphane Henchoz foi liberada. Wigan interposto no alto perfil, incluindo substituições Emile Heskey, Denny Landzaat, Chris Kirkland e Antonio Valencia para tentar construir em seu sucesso Premier League debut. Após um início em meados de mesa para a temporada 2006-07, Wigan's fortunas luzes dramaticamente com oito derrotas consecutivas a partir de meados de dezembro, mas depois de prender a quebra Wigan ficou na 15. Premiership no início de Março e, finalmente, parecia estar se afastando da despromoção lamaçal. Mas uma série de derrotas e o ressurgimento da rival strugglers significava Wigan enfrentou a grave ameaça de despromoção. No último dia da temporada, Wigan 2-1 lutaram para uma vitória fora contra o Sheffield United, garantindo a sua Premiership estado para outro ano, e ao fazê-lo relegando Sheffield United para o campeonato. No dia seguinte, Paul Jewell inesperadamente demitiu como gestor; seu assistente Chris Hutchings foi nomeado como seu substituto.
Wigan Premier League da terceira campanha viu o clube a tentar estabelecer-se plenamente na divisão após uma decepcionante segunda temporada. O esquadrão jogar mudou quase inteiramente a partir da promoção-winning lado. Envelhecimento fã preferidos Arjan De Zeeuw, Matt Jackson, John Filan fez curso, juntamente com Lee McCulloch, que selou o seu sonho de passar Rangers, e Leighton Baines, que rejeitou um novo contrato e assinado por sua infância equipe Everton.
A temporada 2007-08 começou bem para o Wigan, no topo da Premier League após quatro jogos pela primeira vez em sua história. Wigan fortes do início viu Emile Heskey recordou à Esquadra Inglaterra pela primeira vez desde 2005. Ele se tornou o primeiro jogador a representar Inglaterra Wigan, enquanto membro de pleno direito do plantel (Chris Kirkland ganhou sua primeira tampa enquanto, Wigan, mas foi a título de empréstimo de Liverpool na época). No entanto, Heskey quebrou o pé imediatamente após a sua chamada Inglaterra-up, e estava fora ferido por seis semanas. O clube da Liga posição posteriormente se agravou, e na parte de trás de uma corrida de seis derrotas consecutivas Wigan mergulharam na zona da despromoção. Dave Whelan presidente tomou a decisão de demitir gerente Chris Hutchings, em 5 de Novembro de 2007, após apenas 12 jogos no comando.
  
Títulos

Terceira divisão inglesa: 2002-03
Quarta divisão inglesa: 1996-97



Estádio


O DW Stadium, anteriormente conhecido como JJB Stadium, tem capacidade para 25,138, e faz parte do complexo de Robin Park. Onde a equipe manda seus jogos desde a temporada 1999-00. O Wigan divide o estádio com a equipa de Rugby Wigan Warriors. O estádio custou £ 30 milhões para a construção. Anteriormente, a casa do clube era o Springfield Park.
O récode de público no DW Stadium para jogos do Wigan Athletic é de 25.133 para um jogo contra o Manchester United em 11 de maio de 2008.



Mascote
O mascote do Wigan é um garoto chamado JJ (Jay-Jay), que está presente em todos os jogos do clube realizados em seu estádio, animando a torcida, principalmente as crianças. O nome foi dado em alusão ao principal patrocinador da equipe, a JJB, empresa esportiva. 
 

Alcunhas The Latics

Site


http://www.wiganlatics.premiumtv.co.uk/

terça-feira, 28 de setembro de 2010

West Bromwich Albion Football Club

O West Bromwich Albion (conhecido como Albion, The Baggies, The Throstles e West Brom) foi fundado em 1878 com o nome de West Bromwich Strollers por um grupo de trabalhadores da Salter's Spring Works, fábrica localizada na região oeste da Inglaterra. Dois anos depois, em 1880, o clube mudou o nome de Strollers para Albion. Em 1888, o West Brom fundou a Football League com outros 11 clubes ingleses. No jogo de estréia da liga, derrotou o Stoke City por 2 a 0. No mesmo ano,os Baggies venceram pela primeira vez a tradicional FA Cup, ao derrotar o Preston North End por 2 a 1 na final. Em 1892, o Albion voltou a vencer a Copa da Inglaterra, desta vez ao derrotar o Aston Villa por 3 a 0 na decisão.
Nos primeiros 22 anos de sua história, o West Bromwich chegou a usar cinco campos diferentes. Em 1900, porém, com a inauguração do The Hawthorns, o clube finalmente passou a ter uma casa para mandar seus duelos. Até hoje o estádio, que tem capacidade para 28 mil torcedores, é utilizado nos jogos do Albion.
Em 1901, o clube foi rebaixado para a segunda divisão pela primeira vez. Mesmo subindo na temporada seguinte, não conseguiu se manter na elite do futebol inglês e passou anos entre a primeira e a segunda divisão da Inglaterra. Na temporada 1919-20, porém, com um time liderado por Fred Morris, o West Brom conquistou o seu primeiro – e até agora único – título da Football League. Morris foi o artilheiro do torneio, com 37 gols.
Uma das melhores temporadas da história do Albion foi em 1953-54. Com um futebol bastante ofensivo, a equipe, que chegou a ser considerada o “Time do Século ” por jornais ingleses, venceu o Preston North End por 3 a 2 na final da FA Cup e foi vice-campeão da Football League, perdendo o título para um dos mais tradicionais rivais dos Baggies, o Wolverhampton Wanderers.
Em 1964, o maior ídolo da história do West Brom chegou ao clube: o atacante Jeff Astle, que tinha apenas 22 anos quando trocou o Notts County pelo Albion. Astle vestiu por 315 vezes a camisa dos Baggies, marcando 151 gols e conquistando uma FA Cup e uma Cop a da Liga ao longo de dez temporadas.
Após a saida de Astle, o Albion voltou a ganhar destaque no futebol inglês com a chegada do técnico Ron Atkinson, em 1978. Desconhecido ao chegar ao clube, Atkinson logo chamou a atenção ao contratar Brendon Batson que, junto com Laurie Cunningham e Cyrille Regis, fez do West Brom o primeiro time a ter três jogadores negros no elenco. Com o sucesso do trio, o preconceito do futebol inglês com jogadores negros diminuiu consideravelmente.
Com Atkinson no comando, o West Bromwich fez partidas memoráveis. Em 1978, o clube foi ao Old Trafford golear o Manchester United por 5 a 3. Foi a última vez, até hoje, que um time marcou cinco vezes contra os Red Devils jogando em seu estádio.
Na década de 1980, o West Brom enfrentou uma grave crise financeira, que o fez despencar para a terceira divisão no começo da década seguinte.
Após anos tentando se reerguer, o Albion finalmente retornou à elite do futebol inglês em 2002, disputando pela primeira vez a Premier League. No retorno à primeira divisão, porém, o clube venceu apenas seis partidas e foi novamente rebaixado. Desde então o Albion segue trocando da primeira para a segunda divisão do futebol inglês, sem conseguir recuperar o brilho de outras fases da sua história.

Títulos
 
Campeonato Inglês 1919/20
FA Cup 1888, 1892, 1931, 1954 e 1968 
Football League Championship 1901–1902, 1910–1911, 2007–2008
League Cup 1966

Estádio

The Hawthorns
Capacidade para 26.500 pessoas











Mascote 

West BromwichA mascote do West Bromwich é chamada de Baggie Bird. Trata-se de uma versão do pássaro presente no escudo do time vestindo o uniforme do Albion.

Alcunhas Albion, The Baggies, The Throstles, West Brom

Site

http://www.wba.co.uk/

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Tottenham Hotspur Football Club

O surgimento do Tottenham foi uma idéia dos garotos da escola Hotspur Cricket Club, de Londres. Isso aconteceu em 1882, quando o time nasceu e ganhou o nome de Hotspur FC.

As primeiras diretrizes importantes da história da agremiação, porém, foram tomadas na temporada seguinte. A cor azul clara foi adotada como a oficial, e a equipe passou a atuar no campo conhecido como Tottenham. Com isso, a diretoria uniu o nome oficial com o nome do local. Foi aí que surgiu o Tottenham Hotspur Football and Athletic Club, em 1884.

Nos gramados, o clube foi criando uma rivalidade que até hoje é vista como uma das maiores em toda a Inglaterra. Em 1887, enfrentou pela primeira vez o Arsenal, time que tinha sede próxima do Tottenham. No primeiro confronto, os Spurs (apelido do Tottenham) venciam por 2 a 1 quando a partida foi interrompida por falta de iluminação.

Em 1895, o clube adotou o profissionalismo e foi disputar o recém-criado Campeonato Inglês. Quatro anos depois, mais um passo importante em termos de estrutura foi dado. O Tottenham inaugurou o estádio Gilpin Park, que hoje é conhecido como White Hart Lane.

Tudo isso colaborou para que a equipe conseguisse seu primeiro grande resultado dentro de campo. Mesmo sem estar na primeira divisão do Campeonato Inglês, o Tottenham venceu a Copa da Inglaterra de 1901.

A glória, porém, não garantiu a participação do clube na divisão de elite do futebol local. Isso só veio a acontecer no fim da década, mais precisamente em 1908/09. Foram, então, seis anos consecutivos entre os melhores, até que, em 1914/15, caiu novamente para a divisão de acesso.

A paralisação devido à Primeira Guerra Mundial deixou o Tottenham cinco anos longe da elite. A volta só aconteceu no ano 1919/20. Na temporada seguinte, mais um título na Copa da Inglaterra. Com uma vitória por 1 a 0 sobre o Wolverhampton , o time conquistou seu segundo troféu na competição.

Até o fim dos anos 1920, no entanto, o Tottenham mais uma vez se alternaria nas divisões. Depois de queda em 1927/28, voltou em 1932/33, para cair novamente em 1934/35. Seria, então, o início de um dos períodos mais complicados da história da agremiação, que só voltaria a jogar entre os melhores em 1949/50.

O recomeço na elite seria surpreendente. Logo no primeiro ano, em 1950/51, o Tottenham venceu o Campeonato Inglês pela primeira vez, superando o poderoso Manchester United com quatro pontos de vantagem.

Mas a década de 1950 seria apenas uma preparação para o que aconteceria no começo dos anos 1960. Nesse período, o único grande feito foi individual. Bobby Smith balançou as redes adversárias em 36 oportunidades e foi o artilheiro do certame nacional.

Em 1960/61, o time conseguiu a “dobradinha”, ao vencer o Campeonato Inglês e a Copa da Inglaterra. Foi o primeiro time a conseguir o feito no século 20. Antes, apenas o Preston North End e o Aston Villa tinha alcançado essa glória, em 1888/89 e 1896/97, respectivamente.
Escudo Antigo

Em 1962/63, o time conseguiu seu primeiro grande feito internacional. Venceu a Recopa Européia, o segundo título mais importante do continente à época. Foi, inclusive, o primeiro inglês a fazê-lo. No Nacional, Jimmy Greaves foi o artilheiro da temporada com 37 gols e estabeleceu recorde do clube em um só ano.

A era estrelada continuou em 1966/67, quando o Tottenham venceu pela quinta vez na história a Copa da Inglaterra. A seqüência permaneceu nos anos 1970. Logo em 1970/71, o time venceu o Campeonato Inglês em mais uma oportunidade.

No ano seguinte, novo triunfo continental. Foi a Copa da Uefa de 1972/73, em que o Tottenham superou o Wolverhampton na grande decisão. Todos esses títulos, porém, foram interrompidos no fim daquele período. Depois de se desfazer de boa parte de seu plantel vencedor, o clube foi rebaixado na temporada 1977/78. Logo no ano seguinte o time logrou o acesso.

O vexame do fim dos anos 1980 ainda seria apagado em 1980/81. Nesse ano, a equipe conquistou mais um título da Copa da Inglaterra. Na temporada seguinte, a do centenário do clube, o troféu veio novamente, pela sétima oportunidade.

Em 1983, o Tottenham foi pioneiro fora dos gramados. Foi o primeiro clube inglês a colocar ações na bolsa de valores, prática que seria adotada décadas depois por praticamente todos os times europeus.

Logo em 1983/84, o time conseguiu seu segundo título da Copa da Uefa, ao vencer o Anderlecht, da Bélgica, na disputa por pênaltis. Começava, então, a tenebrosa década de 1990, que, se não ficou marcada como ruim, também não foi de todo vencedora. Os únicos títulos foram a Copa da Inglaterra de 1990/91 e a Copa da Liga Inglesa em 1998/99.

Títulos

Campeonato Inglês: 1950/51 e 1960/61
Copa da Inglaterra: 1900/01, 1920/21, 1960/61, 1961/62, 1966/67, 1980/81, 1981/82 e 1990/91
Copa da Liga: 1970/71, 1972/73 e 1998/99
Recopa Européia: 1962/63
Copa da UEFA: 1971/72 e 1983/84

Estádio

Seu estádio chama-se White Hart Lane, e foi fundado em 1889. Após os esforços de modernização teve sua capacidade reduzida para 36.240 espectadores, com média de público de 35.882 espectadores na temporada 2004-2005, mas o seu recorde de público é de uma partida do Tottenham contra o Sunderland, em 5 de março de 1938, quando estiveram neste estádio 75.038 torcedores.

 


Hino

Come on you Spurs
Come on you Spurs
Ossie's going to Wembley, His knees have gone all trembley
Come on you Spurs, Come on you Spurs
Ossie's going to Wembley, His knees have gone all trembley
Come on you Spurs, Come on you Spurs

Come on you... Spurs are on their way to Wembley
Tottenham's going to do it again
They can't stop 'em
The boys from Tottenham
The boys from White Hart Lane
Spurs are on their way to Wembley
The Kings are claiming their crown
Everybody will be singing
When the Spurs go marching home
We are the boys from Keithy's army
And we're marching off to war
We're sending our soldiers to Wembley
Under General Burkinshaw
We know the enemy will fear us
In the battle coming up
They won't even get near us
We're gonna capture the cup
Come on you... Spurs are on their way to Wembley
Tottenham's going to do it again
They can't stop 'em
The boys from Tottenham
The boys from White Heart Lane
In our ranks there's Ossie Ardiles
He's had a dream for a year or two
That one day he's gonna play at Wembley
Now his dream is coming true
Ossie we're gonna be behind you
Altogether man for man
We know you're gonna play a blinder
[Ossie] In de cup for Totting-ham

Come on you... Spurs are on their way to Wembley
Tottenham's going to do it again
They can't stop 'em
The boys from Tottenham
The boys from White Heart Lane
Come on you... Spurs are on their way to Wembley
Tottenham's going to do it again
They can't stop 'em
The boys from Tottenham
The boys from White Heart Lane
Everybody will be singing
When the Spurs go marching home
Ossie's gone to Wembley
His knees have gone all trembley
Come on you Spurs
Come on you Spurs 



Mascote

A mascote do Tottenham, que inclusive está presente no escudo da agremiação, é uma galinha. A origem da opção são as brigas de galo do início do século 20, que eram apreciadas por torcedores do clube.


Alcunhas Lilywhites ; Spurs

Site

http://www.tottenhamhotspur.com/ 

domingo, 26 de setembro de 2010

Nottingham Forest Football Club

O Forest foi fundado em 1865 por um grupo de jogadores de shinty, passou a ser um time de futebol logo após de seu vizinho Notts County. Eles aderiram à Aliança Futebol em 1888 e ganhou a competição em 1892. Em seguida, foram autorizados a entrar na Liga de Futebol.
O Forest conquistou seu primeiro grande título em 1898, quando foi campeão da Copa da Inglaterra batendo o Derby County por 3-1, no Crystal Palace. No entanto o time passou grande parte da primeira metade do século XX disputando a segunda divisão, e teve de buscar uma nova autorização após ter falido. Em 1949 o clube foi rebaixado para a Terceira Divisão, mas se recuperou dois anos mais tarde sendo campeões da Segunda Divisão. Um breve período de glória ocorreu no fim da década de 50, quando se recuperou e ganhou novamente a Copa da Inglaterra em 1959, apesar de ter perdido Roy Dwight, tio do ícone pop Elton John, por causa de uma perna quebrada. Assim, o Forest se tornou a maior equipe de Nottingham, ultrapassando o Notts County. Mas depois de se tornar vice-campeão Inglês e semi-finalista da Copa da liga, o Forest foi rebaixado para Segunda Divisão em 1972.
O Forest passou a ser considerado um time mediano ao padrão inglês até meados de 1970, quando Brian Clough e seu assistente Peter Taylor assumiram o comando do clube. Clough tornou-se o dirigente de maior sucesso na história do Nottingham Forest. Ele havia conquistado o título da liga com os vizinhos Derby County em 1972, e foi para o Forest em 6 de janeiro de 1975, após uma derrota em casa por 0-2 Notts County, no Boxing Day. O primeiro jogo sobre comando de Clough foi pela terceira fase da Copa da Inglaterra contra o Tottenham Hotspur em um jogo de volta, graças a um gol do meio campo Neil Martin o Forest venceu o confronto por 1-0.
O Forest retornou à Primeira Divisão no fim da temporada de 1976-77, após terminar em terceiro na Segunda Divisão, mas ninguém poderia prever que o sucesso da equipe de Clough seria nas próximas três temporadas. O Nottingham Forest se tornou um dos poucos times a conquistar o Campeonato Inglês da Primeira Divisão um ano depois de ganhar a promoção. Em 1978-79 o Forest ganhou a Liga dos Campeões ao vencer o Malmö FF por 1-0, no Estádio Olímpico de Munique, e manteve o troféu em 1979-80, batendo o Hamburger SV 1-0, em Madri, graças a um excelente desempenho do goleiro Peter Shilton. O Forest também conquistou a Supercopa Europeia e duas Copas da Liga Inglesa. Ao lado de Shilton, a equipe possuía o lateral-direito Viv Anderson (o primeiro jogador negro a defender a seleção da Inglaterra), o meia Martin O’Neill, o atacante Trevor Francis e um trio de escoceses: John Robertson, o meia Archie Gemmill e o zagueiro Kenny Burns.
O clube chegou a segunda fase da Taça UEFA em 1983-84, mas foi eliminado pelo Anderlecht em circunstância de um roubo contra o Forest. O Anderlecht converte um pênalti que nunca deveria ter sido marcado. Logo se verificou que na segunda etapa, o clube belga havia subornado o árbitro, mas o árbitro em questão já tinha morrido em um acidente de carro e não foi, portanto, capaz de ser responsabilizados.
O próximo título do Forest foi em 1989, quando ganhou o Luton Town por 3-1 na final da Copa da Liga Inglesa. Durante a maior parte da temporada eles tinham esperança de ganhar três campeonatos na mesma temporada, o que seria a primeira vez para uma equipe inglesa, porém, o Forest foi batido pelo Arsenal e o Liverpool no campeonato nacional, e terminou o campeonato em terceiro lugar, e perdeu para o Liverpool na partida decisiva da semifinal da Copa da Inglaterra, realizada inicialmente em Hillsborough, onde 96 torcedores do Liverpool morreram esmagados em terraços, o jogo foi abandonado após 6 minutos. No jogo de volta, o Forest foi eliminado pelo Liverpool. Ainda em 1989, o Forest levantou a taça da Full Members Cup, após derrotar o Everton por 4 a 3. Em 1990, mais uma conquista de Clough, novamente o Nottingham Forest leva a Copa da Liga Inglesa, derrotando dessa vez o Oldham Athletic. Em 1991, quando alcançou a final da Copa da Inglaterra e largou na frente no encontro contra o Tottenham, mas acabou perdendo por 2-1 na prorrogação, após um gol contra de Des Walker.
O reinado de 18 anos de Brian Clough terminou em 1993, quando foi rebaixado após 16 anos ilustres com um futebol superior, tendo conquistado um título nacional, duas Taças Européias e quatro Copas da liga.
Frank Clark que tinha sido um lateral-esquerdo na equipe Campeã Européia do Forest em 1979, retornou ao clube em maio de 1993 para substituir Brian Clough. Sua última gestão em um clube de futebol foi no Leyton Orient, onde conseguiu a promoção para a Terceira Divisão. Tendo herdado a maioria dos jogadores da era Clough, Clark era capaz de retornar imediatamente para a Premier League, quando o clube terminou a Division One como Vice-campeão no final da temporada de 1993-94. No seu retorno à Premier League o Forest terminou em terceiro colocado e classificado para a Taça UEFA. O clube, nomeadamente alcançou as quartas-de-final. A temporada de 1996-97 tornou-se uma batalha de rebaixamento e Clark foi demitido em dezembro. O jogador de 34 anos, Stuart Pearce foi colocado como jogador-treinador, numa base temporária e que foi a salvação para o time não ser rebaixado naquele ano. Ele era cotado para se tornar gerente em uma base permanente, mas os diretores do Forest queriam alguém mais experiente. Em março de 1997, Dave Bassett foi nomeado o mais novo técnico da equipe. O Forest foi incapaz de evitar o rebaixamento. Eles ganharam a promoção de volta à Premier League na primeira tentativa, sendo campeões de 1997-98.
Bassett foi demitido em janeiro de 1999, com Ron Atkinson o substituindo. No entanto, ele não foi capaz de impedir o Forest de ser rebaixado e voltou a cair com uma sucessão de maus resultados, mais notadamente a derrota por 8-1 para o Manchester United.
David Platt conseguiu Atkinson e gastou cerca de £ 12m em jogadores, incluindo os veteranos italiano Moreno Mannini, Salvatore Matrecano e Gianluca Petrachi. Mas Platt foi embora e deixou o clube em dificuldades financeiras.
Paul Hart tornou-se novo chefe dos Reds, apenas duas horas depois da partida de Platt e sofreu difíceis dois anos e meio como gerente do Forest. Eles terminaram em 16º em sua primeira temporada, com uma equipe muito jovem na época do colapso da ITV Digital, que saiu do Forest com um nível considerável de dívida. No entanto, na temporada 2002-03, o Forest terminou em sexto lugar e no play-off (perdeu para o Sheffield United). O Forest fez a temporada de 2003-04 sem muitos fundos, teve que liberar jogadores-chaves e isso levou a demissão de Hart em fevereiro de 2004 a fim de evitar um novo rebaixamento.
Joe Kinnear foi posteriormente nomeado e foi capaz de trazer o melhor do seu lado herdado, levando o clube ao 14 º lugar na tabela classificativa final. A temporada de 2004-05 o Forest se viu na zona de rebaixamento mais uma vez, levando à demissão de Kinnear, em Dezembro de 2004. Gary Megson assumiu o comando do Forest em janeiro de 2005, mas não conseguiu evitar a descida de divisão e o clube terminou a segunda temporada em 23 º lugar, tornando-se o único campeão europeu a cair para a terceira divisão de seu país.
Na primeira temporada do Forest na Terceira Divisão após 54 anos, uma derrota por 3-0 em Oldham Athletic em fevereiro de 2006 provocou a saída de Megson por "consentimento mútuo", deixando o clube apenas quatro pontos acima da zona de rebaixamento. Frank Barlow e Ian McParland tomaram conta temporária para o restante da temporada 2005-06, conquistou seis vitórias consecutivas e permanecendo invicto em dez jogos, o resultado mais notável de uma vitória por 7-1 Swindon Town. O Forest conquistou 28 pontos em 39 possíveis no âmbito dos dois, por pouco conseguiu ir para os play-offs, já que terminou em 7 º lugar.
A era Calderwood acabou por ser uma era de reconstrução. Em sua primeira temporada ele levou o clube para o play-off , depois de ter desperdiçado 7 pontos de vantagem no topo da League Football One, que tinha sido acumulado até novembro de 2006. O Forest sucumbiu a uma derrota de 5-4 no conjunto das semi-finais contra o Yeovil Town. Colin Calderwood alcançou uma promoção automática em seu segundo ano no clube, após uma corrida impressionante que viu o Forest vencer seis dos seus últimos sete jogos de estação do ano, culminando em uma dramática final que ganhou porr 3-2 Yeovil, no City Ground. Os Reds manteve um registro de 24 gols em 46 jogos, provando ser a base para o seu regresso a segunda divisão do futebol Inglês. Calderwood teve dificuldades para se adaptar à vida no Campeonato, na campanha de 2008-09, após as contratações de Robert Earnshaw, Paul Anderson, Moussi Guy Garner e Joe para substituir os gostos de Grant Holt, Sammy Clingan, Junior Agogo, Lockwood Matt e Kris Commons, que assinou com o Derby County deixando o Forest. Depois de ter sido incapaz de evitar que o Forest ficasse fora da zona de rebaixamento, Calderwood foi demitido na sequência de uma Boxing Day 4-2 derrotado pelo Doncaster, que também estava na parte inferior da tabela.
Sob a supervisão temporária de John Pemberton, o Forest finalmente ficou fora da zona de rebaixamento, depois de ter batido Norwich City por 3-2.Billy Davies foi confirmado como o novo gerente em 1 de Janeiro de 2009 e ao lado Pemberton bateu o Manchester City por 3-0 na Copa da Inglaterra, antes de assumir o controle oficial. Ele também ajudou a evitar o rebaixamento à medida que terminou o campeonato em 19º, garantindo a sobrevivência com um jogo de antecedencia.
Em preparação para a campanha de 2009-10, Forest assinou com nove jogadores, cinco dos quais foram por empréstimo na temporada anterior e voltou em negócios permanente. Os repatriados Lee Camp, Chris Gunter, Joel Lynch, Paul Anderson e Dexter Blackstock foram unidos com Paul McKenna, David McGoldrick, Dele Adebola e loanee Radoslaw Majewski.

Títulos

Liga dos Campeões da UEFA 1978-79 e 1979-80
Supercopa Européia 1979
Campeonato Inglês de Futebol 1977-78
Segunda Divisão Inglesa 1906-07, 1921-22 e 1997-98
Terceira Divisão Inglesa1950-51
Copa da Inglaterra (1897-1898 e 1958-59
Copa da Liga Inglesa 1977-78, 1978-79, 1988-89 e 1989-90
Supercopa da Inglaterra 1978

 Estádio

O Nottingham Forest manda seu jogos no City Ground, estádio com capacidade para 30.602 torcedores e também foi palco da Euro 96.
O City Ground é o 10º maior estádio de futebol fora da Premier League, atrás do Newcastle United, Middlesbrough, Sheffield United, Leicester City, Leeds United, Southampton, Coventry City, Derby County e Sheffield Wednesday.
Em 20 de junho de 2007, o Forest anunciou planos de se mudar para um novo estádio de 50.000 lugares, ou na área de Clifton ou em um local próximo à atual City Ground na Holme Pierrepont O clube já tem decidido Gamston como seu local preferido para o estádio planejado que faz parte da oferta da FA para sediar a Copa do Mundo de 2018.

Apelidos 

Forest  ;  Reds

Ao contrário da crença popular o nome Forest não provês de Floresta de Sherwood, mas sim do Forest Recreation Ground ao norte de Nottingham, que é onde o clube jogou pela primera vez com sua formação original em 1865 (embora o nome do Lazer Forest Ground vem de uma época em que a terra era parte da floresta de Sherwood). O clube é frequentemente referido simplesmente como Forest, o nome que o escudo do time carrega. Eles também são chamados de “reds”, devido a cor de sua “alma”.

Site

http://www.nottinghamforest.premiumtv.co.uk/

sábado, 25 de setembro de 2010

Sunderland Association Football Club

O time do Sunderland Association Football Club surgiu em 1879, fruto de um encontro de professores em Glasgow, organizado por James Allan. O primeiro nome do clube foi Sunderland District Teacher´s Association. Somente no ano seguinte da fundação a agremiação adotou o nome que carrega até hoje.

Utilizando camisas azuis, o time ganhou o primeiro troféu, a Copa Durham Sênior, em 1884. A camisa só seria modificada pelas listras brancas e vermelhas em 1887, quando a equipe do North East South Bank, que ajudou o Sunderland quando este estava em dificuldades financeiras, doou o novo uniforme.

Em 1889, novos diretores abastados injetaram recursos no time, trazendo jovens e talentosos jogadores escoceses. Já na temporada de 1890/1891, o clube ingressou para o campeonato inglês.

Na última década do século XIX, o time ganhou três títulos da Liga Inglesa, nas temporadas de 1891/1892, 1892/1893 e 1894/1895. Esta série de conquistas rendeu ao clube o apelido de 'Time das Estrelas'.

A temporada de 1913-14 foi arrasadora para o Sunderland. Com 25 vitórias em 31 partidas, a equipe conseguiu o seu quinto campeonato da Liga Inglesa. Em 1913 chegou na final da Copa da Inglaterra contra o Aston Villa, mas foi batido por 1 a 0. Em 1914, os jogos foram suspensos em decorrência da Primeira Guerra Mundial. Após a guerra, os clubes perderam muitos atletas, inclusive o Sunderland.

A equipe passou por um período sem brilho, voltando a conquistar um título somente em 1936, quando conseguiu o incrível feito de 109 gols. Em 1937, o clube venceu a Copa da Inglaterra ao derrotar o Preston, em Wembley, por 3 a 1.

Em 1939, os jogos da Liga Inglesa foram interrompidos por causa da Segunda Guerra Mundial. Após a segunda guerra, o futebol inglês passou por uma série crise, assim como todo o país.

Em 1957, o clube trouxe estrelas internacionais e ganhou o apelido de 'Clube do Banco da Inglaterra'. Em 1958 se envolveu em um escândalo financeiro, o que lhe rendeu uma multa de 5 mil libras. O time foi rebaixado para a segunda divisão da Liga Inglesa depois de 68 anos competindo na elite.

Em 1973, ainda na segunda divisão, a equipe ganhou a Copa da Inglaterra, batendo o Leeds United por 1 a 0. Em 1985 o Sunderland fez sua primeira final da Copa da Liga Inglesa, mas perdeu para Norwich City. Em 1987, foi rebaixado para a terceira divisão, mas subiu de divisão um ano depois.

Em 1997, a equipe deixou seu antigo estádio, o Rocker Park, após 99 anos. A casa do time passou a ser o Stadium of Light (Estádio da Luz). O clube, então, conseguiu o título da segunda divisão em 2004, mas caiu novamente 2006. Na temporada seguinte, novo retorno à elite do futebol inglês.

Títulos

Primeira Divisão da Liga Inglesa (6): 1891/1892, 1892/1893, 1894/1895, 1901/1902, 1912/1913, 1935/1936
Segunda Divisão (2): 2004/2005, 2006/2007
Copa da Inglaterra (2): 1936/1937, 1972/1973


Estádio

O Stadium of Light . Com espaço para 49.000 espectadores, o Stadium of Light tem o quinto maior capacidade da Inglaterra qualquer estádio de futebol e é um dos cinco fundamentos do país a ter sido dado um quatro-estrelas pela UEFA. O estádio principalmente anfitriões Sunderland A.F.C..
Bem como o estadio é hospedagem aos jogos do Sunderland, o estádio já sediou jogos da Seleção Inglesa de Futebol em duas ocasiões, assim como a Inglaterra sub-20 futebol jogou. Com uma capacidade inicial de 42.000, ela foi ampliada em 2002 com 49.000 lugares, e sua concepção simplista é esperado para permitir até uma eventual na capacidade de 63.000. A participação do recorde no Estádio é 48.285, estabelecido em 2001 contra o Leeds United.


Mascote­

A mascote do clube é um gato preto, que se chama Samsom Sunderland. Black Cats é o nome de uma das baterias inglesas utilizadas na batalha contra Napoleão, baseada no rio Wear, em Suderland. Segundo o folclore local, o gato preto daria sorte. Ele foi escolhido por meio de uma votação dos torcedores no ano 2000.

Alcunhas The Black Cats

Site : http://www.safc.com/
 

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Stoke City Football Club

O Stoke City é considerado o segundo clube mais velho do futebol inglês, já que sua fundação ocorreu em 1863, na região de Stoke-on-Trent, sob o comando do jovem estudante da Charterhouse School, Henry Almond. No mesmo ano, Henry e seus colegas batizaram o time de Stoke Ramblers, mas a primeira partida documentada aconteceu apenas em 1868. O duelo foi contra o EW May XV, no Victoria Cricket Club, local que abrigou os jogos durante sete anos, até ser substituído pelo Sweetings Field.
A passagem pelo Sweetings Field também foi rápida, apenas três anos, já que em 1878 o Vitória Ground foi adotado como casa do então renomeado Stoke Football Club. O período também marcou a escolha das cores oficiais, o vermelho e o branco.
O estádio e o clube estavam prontos, mas não havia nenhum campeonato de grande porte no país. Porém, em 1888, o Stoke e outros 11 agremiações fundaram a Football League, competição na qual o clube não obteve bons resultados, já que terminou em último nas duas primeiras edições.
O nome atual do clube, Stoke City F.C., foi implantado em 1928, três anos após a região de Stoke-on-Trent assumir o status oficial de cidade. O final dos anos 1920 e o início da década de 1930 foi especial para o clube. Além da mudança do nome, foi nessa época que surgiu o primeiro grande craque da agremiação, Stanley Matthews.
Presente nas convocações da seleção inglesa e um dos melhores jogadores de sua época, Stanley foi o expoente dos anos de glória do Stoke. O primeiro título da Football League (1932/33), o recorde de público do Victoria Ground (51,723 contra o Arsenal em 1937) e o recorde de gols na liga (Freddie Stelle, 33 gols em 1936/37) foram obtidos durante a década de 1930.
Contudo, as vitórias deixaram de ser freqüentes e o declínio veio. Durante 20 anos o clube não conquistou nenhum resultado expressivo, até a chegada de Tony Waddington, dirigente e treinador.
Waddington trouxe craques como o ídolo Stanley Matthews e o grande goleiro Gordon Banks. A equipe evoluiu, voltou a obter bons resultados e, na temporada 1971/72, conquistou o título da Copa da Liga, batendo o favorito Chelsea por 2 a 1, em Wembley.
George Eastham, substituto de Waddington, não conseguiu manter o bom trabalho e o clube chegou a ser rebaixado para a terceira divisão nacional. Vários anos se passaram e o Stroke não conseguiu sair do buraco.
O único momento de glória do clube, entre o fim da década de 1970 e a volta para a primeira divisão em 2008, foi a mudança de estádio. Após 119 anos, o Britannia Stadium foi construído para substituir o Victoria Ground.
Durante o segundo mandato do presidente Tony Pulis, mais precisamente em 2008, o Stoke City conseguiu o tão sonhado acesso. Após bater o Leicester por 2 a 1, a equipe vermelha e branca conquistou vaga à Premier League, a elite do futebol inglês.

  • Perdeu o primeiro jogo contra o West Bromwich Albion F.C. em 8 de setembro de 1888
  • Seu empate cheio de controvérsias de 0x0 contra o Burnley em 30 de abril de 1898 levou para a partida de teste de promoção e rebaixamento sendo depois substituída pela promoção e rebaixamento automático mais tarde.
  • Em 1967 eles jogavam na United Soccer Association como Cleveland Stokers.
  • Em 1997 o clube mudou-se de sua tradicional casa no Victoria Ground para sua nova casa com 28.383 acentos Britannia Stadium. Máxima alocação para visitantes é 4,800.
  • 1999 um grupo islandês, o Stoke Holding, adquiriu o time.
  • Terminou a temporada de 2005-06 na 13º posição no The Championship.
  • Em 22 de maio de 2006, Peter Coates comprou novamente o time Stoke Holding por um valor estimado em £ 1,7 mi.

Títulos
 
Segunda Divisão Inglesa 1932/33 e 1962/63
Copa da Liga 1971/72 

Estádio

Britannia Stadium é o estádio do Stoke City, time da primeira divisão inglesa e se localiza em Staffordshire, Inglaterra, com capacidade para 28.383 pessoas e já sediou jogo da seleção inglesa sub-21 contra Portugal.








Mascote
Stoke CityO Stoke City tem o hipopótamo como sua mascote. O imponente animal, conhecido como Pottermus ou Hippo, foi criado durante a temporada 1997/98, período em que o clube se mudou para seu novo estádio, o Britannia Stadium.


Alcunhas The Potters


Site

http://www.stokecityfc.com/ 

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Queens Park Rangers Football Club

O Queens Park Rangers foi fundado em 1882, quando um time conhecido como St Jude's uniu-se com Christchurch Rangers. O time resultante foi chamado de Queens Park Rangers pois a maioria dos jogadores vinham de Queens Park que é uma área no noroeste de Londres.
O clube tornou-se profissional em 1889 e jogaram seus jogos como mandante em 14 diferentes estádios, um recorde na liga, antes de se estabelecer no estádio Loftus Road em 1917 (embora tenha jogado algumas partidas em White City durante a temporada 1962-63 na esperança de atrair maiores públicos.
Anteriormente ao começo da temporada 1959-60 os torcedores viram a chegada do possível maior técnico da história do clube, Alec Stock. A temporada 1960-61 viu o QPR conseguir sua maior vitória até então - 9-2 vs Tranmere Rovers em uma partida pela Divisão Três. Nesse tempo, Stock, com a chegada como presidente de Jim Gregory no meio dos anos 60 ajudou a transformar o clube totalmente.
Escudo Antigo
Na temporada 1966-67, o Queens Park Rangers ganhou a Divisão Três e tornou-se o primeiro clube da Terceira Divisão a ganhar a Copa da Liga Inglesa em um Sábado, 3 de Março de 1967, batendo o West Bromwich Albion por 3 a 2 (chegaram a ficar com dois gols de desvantagem). Essa foi a primeira vez que o QPR ganhou uma copa. A final foi a primeira a ser disputada no Estádio de Wembley.

O QPR considera o Chelsea e Fulham como seus maiores rivais, pois os 3 clubes são da mesma região da cidade. QPR também tem uma rivalidade histórica com outro time do oeste de Londres, o Brentford.

Queens Park Rangers é conhecido como "QPR" - ou na maioria das vezes "Rangers"- e o seu apelido é the Hoops devido a posição anelada da cor branca e azul na camisa do clube.

Estádio

O seu estádio é Loftus Road, que tem uma capacidade de 19.148 torcedores.

Títulos

Football League Cup (1): 1966-67
Football League Second Division (1): 1982-83
Football League Third Division (1): 1966-67
Football League Third Division South (1): 1947-48




Alcunhas QPR, Rangers, The Hoops, R's, The Super Hoops

Site
http://www.qpr.co.uk/

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Leeds United Association Football Club

O Leeds United foi primeiramente fundado em 1904, com o nome de Leeds City FC, mas foi forçado pela The Football League a fechar as portas em 1919 em resposta à acusações de pagamentos ilegais aos jogadores durante a I Guerra Mundial.
Um novo clube, o Leeds United, foi formado e acabou por receber um convite do então secretário da Midland League Mr. J. Nicholson para disputar esta liga. O Yorkshire Amateurs, time que até então ocupava o Elland Road, se ofereceu para deixar o estádio à disposição do novo time fundado na cidade, que estava sob o comando do jogador Dick Ray.
O presidente do Huddersfield Town, Mr. Hilton Crowther, emprestou ao Leeds uma soma de £35.000, que seria paga assim que o Leeds conseguisse uma promoção para a Division One. Ele ainda trouxe o então treinador do Barnsley Arthur Fairclough para o Leeds e, em 26 de fevereiro de 1920, Dick Ray tornou-se assistente deste.
A diretoria do Leeds escolheu George Graham como substituto de Wilkinson. A escolha foi controversa, uma vez que Graham já havia recebido uma punição de um ano da ‘The Football Association’ por receber pagamentos ilegais de um agente de futebol. No comando do clube, Graham fez astutas contratações como Jimmy Floyd Hasselbaink e Michael Bridges. Também acreditou em alguns jovens jogadores formados na academia do Leeds, cujo grupo havia sido campeão da Inglaterra em sua categoria e, ao final da temporada, o Leeds conseguiu uma vaga para jogar a Copa da UEFA do ano seguinte.
Em outubro de 1998, Graham saiu para tornar-se treinador do Tottenham Hotspur, e o Leeds optou por substituí-lo pelo seu assistente David O’Leary. A estrela Hasselbaink trocou o Leeds pelo Atlético de Madrid depois de não ter seu contrato renovado pelo presidente Peter Ridsdale. O’Leary deu chance à jovens promissores para integrar o plantel principal e, como substituto de Hasselbaink, contratou Mark Viduka juntamente com o meia francês Olivier Dacourt, que quebrou o recorde de dinheiro gasto em transferências pelo Leeds até então.
Escudo Antigo
O’Leary, assistido pela lenda Eddie Gray, conseguiu chegar à 3ª posição na Premier League, garantindo uma vaga para a Liga dos Campeões da UEFA. A imagem do Leeds foi manchada em janeiro de 2000, quando os jogadores Jonathan Woodgate e Lee Bowyer foram envolvidos em um incidente que deixou uma estudante asiática no hospital com uma série de ferimentos. O caso demorou dois anos para ser resolvido: Bowyer foi inocentado das acusações e Woodgate foi condenado a prestar serviços à comunidade.
Ainda em 2000, os Whites conseguiram chegar à semifinal da Copa da UEFA, mas foram parados pelo Galatasaray, em Istanbul. O Leeds perdeu o jogo, mas o resultado foi obscurecido pela morte de dois torcdores dos Whites: Christopher Loftus e Kevin Speight, que foram esfaqueados até a morte antes do jogo. Depois disto, uma vez por ano um minuto de silencio é praticado no jogo mais próximo à data do ocorrido. Na temporada seguinte, o Leeds bateu todos os seus recordes de dinheiro gasto em transferências ao comprar o defensor inglês formado no West Ham Rio Ferdinand por £18 milhões. Ferdinand foi, então, nomeado capitão do Leeds, substituindo Lucas Radebe. Em 2001, a equipe chegou à semifinal da Liga dos Campeões da UEFA, mas foi eliminado pelo Valencia. Nesta época, os Whites eram considerados, mais uma vez, um dos melhores clubes da Europa.
A diretoria finalmente vendeu o clube para Ken Bates por £10 milhões. Blackwell estabilizou a situação financeira do time contratando jogadores em transferências livres e a baixos salários, terminando a temporada 2004-2005 no meio da tabela da Coca Cola Championship. No final daquela temporada, o lendário defensor do Leeds Lucas Radebe retirou-se após uma série de lesões e a jovem promessa Aaron Lennon transferiu-se ao Tottenham Hotspur. Na temporada 2005-2006, o Leeds terminou entre os 6 primeiros e foi para os playoffs. O time era o grande favorito para subir mas, apesar de ter feito parte do Top 3 durante a maior parte da temporada, as apresentações do Leeds caíram de forma muito drástica no último quarto da temporada. Depois de uma impressionante performance contra o Preston fora de casa na semi final dos playoffs, muitos acreditaram que o Leeds estava de volta aos bons tempos daquela temporada, mas uma derrota por 3×0 contra o Watford jogou todas as expectativas por terra.
A temporada 2006-2007 começou muito mal com o Leeds concedendo muitos gols no final do jogo, e em setembro de 2006 o contrato de Blackwell como treinador expirou. John Carver ficou como treinador interino, mas sua gestão foi um desastre. Carver foi dispensado dos seus afazeres e Dennis Wise foi instalado como interino, sendo que um mês depois sua contratação como treinador permanente foi efetivada. Matt Kilgallon, uma das estrelas do Leeds, saiu em janeiro para juntar-se ao Sheffield United. Wise foi incapaz de manter o clube longe da zona de rebaixamento durante a maior parte da temporada, mesmo tendo em sua disposição uma gama de jogadores experientes emprestados. Com o rebaixamento praticamente certo, o Leeds, em 4 de maio de 2007, ainda levou uma penalidade de 10 pontos devido a irregularidades administrativas, o que oficialmente terminou por rebaixar o clube para a Terceira Divisão do futebol inglês.
Este rebaixamento foi o ponto mais baixo da história do Leeds United, uma vez que este jamais havia jogador em uma divisão inferior à Segunda. Ao final da temporada a torcida viu vários jogadores irem embora, como David Healy, Robbie Blake e Gary Kelly. Kelly estava no clube desde os dias de Howard Wilkinson. Com o rebaixamento e a saída dos jogadores, o Leeds foi forçado a contruir um plantel quase que totalmente do zero. Com o futuro do clube incerto, o Leeds não conseguiu contratar nenhum jogador até poucos dias antes da estréia na liga, contra o Tranmere Rovers.

Títulos

Taça das Cidades com Feiras 1968, 1971
Campeonato Inglês 1968-1969, 1973-1974, 1991-1992
Copa da Inglaterra 1972
Segunda Divisão 1923-1924, 1963-1964 e 1989-1990
Copa da Liga Inglesa  1968

Estádio

Elland Road é um estádio de futebol localizado na cidade de Leeds, na Inglaterra, e que desde a fundação do Leeds United é o estádio usado pelo clube.
Sua capacidade atual é de 39.460, mas o estádio já recebeu quase 60.000 torcedores em uma partida entre o Leeds e o Sunderland pela FA Cup.
Foi um dos estádios usados na Eurocopa de 1996





Alcunhas The Whites

Site
http://www.leedsunited.com/

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Crystal Palace Football Clube

Fundado em 1905, na região sul de Londres, o Crystal Palace ganhou este nome porque ficava na mesma região do palácio de fato – que era feito de vidro e ferro. Tal palácio, bastante grandioso, foi inaugurado em 1851 pela Rainha Victoria para receber a “Grande Exibição”, feira na qual países de todo o mundo mostravam seus produtos. Era a Revolução Industrial correndo a todo vapor e mudando o mundo. Em 1936, quando os britânicos já viam Hitler armar a Alemanha até os dentes e se preparavam para uma inevitável guerra, o palácio foi consumido por um incêndio e virou história.
Já o Crystal Palace F.C. resiste ao tempo, embora jamais tenha se firmado como um grande clube. Sua melhor colocação no Campeonato Inglês foi um terceiro lugar na temporada 1990/91, época na qual nem existia a Premier League. Foi ainda finalista da Copa da Inglaterra, em 1990, e semifinalista da Copa da Liga (1995 e 2001). Atualmente, freqüenta a Segunda Divisão (The Championship) pela quarta temporada consecutiva.

Títulos

Football League First Division 1978-79, 1993-94
Football League Third Division South 1920-21

Estádio

Selhurst Park, na capital inglesa, com capacidade para 26.309 pessoas.


Alcunhas The Eagles

Site
http://www.cpfc.premiumtv.co.uk/

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Blackpool Football Club

O Blackpool Football Club, equipe da cidade homônima, foi fundado em 26 de julho de 1887, portanto completa 123 anos no dia de hoje. Surgiu a partir da fusão de dois pequenos grupos de amigos que uniam-se nos fins de semana para a pratica do então recém criado "soccer". Após os primeiros anos de luta contra o amadorismo, oficializaram-se como profissionais em 13 de maio de 1896, filiando-se à Football League (FA).

A história dos Tangerines, como são conhecidos devido à cor laranja do uniforme, nunca foi repleta de grandes conquistas, pelo contrário. Os seguidos rebaixamentos e demorados acessos foram constantes ao longo dos anos. O período áureo da equipe foi entre 1948 e 1953, quando conseguiu disputar três finais de FA Cup, perdendo duas (para Manchester United e Newcastle) e vencendo na temporada 52/53, após uma final heróica no antigo Wembley, diante de 100.000 espectadores. No fim, o placar favorável de 4 a 3 sobre o Bolton deu ao Blackpool o maior título de sua "vida".

Seu maior ídolo é o lateral Jimmy Armfield, o recordista de aparições pela equipe, com 627 jogos em 17 anos, entre 1954 e 1971. Ele também é o atleta do antigo esquadro que mais atuou por uma seleção nacional, com 43 aparições no English Team, entre os anos de 1958 e 1966, sendo inclusive convocado para a Copa de 66, na Inglaterra. Contudo, acabou cortado devido à uma lesão.

Na última temporada, assim como ocorreu desde 2006, os Tangerines eram grandes apostas ao rebaixamento, mas sempre surpreenderam e escaparam por pouco. No último ano, a situação ficou ainda pior com a saída do técnico Simon Grayson, um dos responsáveis pela pequena ascensão do Blackpool nos últimos anos. Quem assumiu foi Iam Holloway, que, de maneira monumental, trouxe o Blackpool de volta à elite, após 39 anos.
 
Títulos
Copa da Inglaterra 1953
Campeonato Inglês da Segunda Divisão 1929/1930
 
Estádio

O Bloomfield Road é um estádio de futebol na cidade de Blackpool, na Inglaterra. Ele é a casa do Blackpool desde 1901. Sua capacidade é de 12.555 lugares, mas quando as reformas serem concluídas, sua capacidade aumentará para cerca de 17.000 lugares.
O recorde de público no Bloomfield Road foi de 38.098 pessoas, quando Blackpool jogou contra o Wolverhampton Wanderers, em 17 de setembro de 1955.

Alcunhas   The Seasiders, The Pool,  The Tangerines

Site

domingo, 19 de setembro de 2010

Reading Football Club

O Reading foi fundado em 1871, quando Sydenham organizou uma reunião com os primeiros sócios do clube. Ele veio a ser o primeiro presidente da história da equipe. Em 5 de setembro de 1896, o time passou a mandar seus jogos no estádio Elm Park, que foi a casa do Reading até 1998.

No início, a equipe só jogava partidas amistosas e jogos na Copa da Inglaterra. Em 1895, tornou-se profissional. Antes jogando em ligas locais, o Reading só foi entrar na disputa pelo título inglês em 1920. O campeonato local disputado pelo clube foi integrado à principal competição nacional e o time começou na terceira divisão.

Na temporada 1925/1926, o Reading ganhou a terceira divisão. Apesar disso, voltou a cair em 1931. O time continuou disputando esta competição, sem sucesso, até o período da Segunda Guerra Mundial, quando o Campeonato Inglês foi interrompido devido ao conflito.

Depois do fim da guerra e do reinício da liga inglesa, a equipe continuou disputando a terceira divisão até o ano do centenário, em 1971. Ironicamente, o que era para ser uma ocasião festiva se tornou um pesadelo e o time foi rebaixado para a quarta divisão no saldo de gols.

Por algum tempo, o time oscilou entre a terceira e a quarta divisão, subindo e caindo com freqüência. Na temporada 1982/1983, o Reading quase deixou de existir. A equipe tinha acabado de cair mais uma vez para a quarta divisão e teve de resistir a uma fusão com o Oxford United, além de lutar contra a venda de Elm Park.

Em 1983/1984, o Reading terminou em terceiro lugar na quarta divisão e conseguiu subir. Na temporada 1985/1986, a equipe ganhou a terceira divisão e voltou para a segunda depois de 55 anos de ausência. Mas isso só durou duas temporadas, já que o Reading voltou a cair em 1987/1988.

Em 1993/1994, o time venceu a terceira divisão. Na temporada seguinte, terminou em segundo na fase classificatória da divisão de acesso à elite, mas não conseguiu subir para a primeira divisão porque a competição era jogada em playoffs. A vaga acabou sendo perdida para o Bolton, em uma derrota por 4 a 3 na prorrogação.

Depois disso, a equipe teve dificuldades na segunda divisão, lutando sempre contra o rebaixamento. O time conseguiu se salvar por dois anos, mas acabou não resistindo e, em 1997/1998, acabou o campeonato no fundo da tabela e caiu mais uma vez.

Apesar do rebaixamento, uma esperança: a construção de um novo estádio, o Madejski, mostrava a vontade do Reading de se estruturar em busca de melhores resultados. Então, em 1998/1999, o time jogou sua primeira temporada fora de Elm Park, que tinha sido sua casa por 102 anos.

O resultado foi decepcionante. O Reading terminou em décimo lugar e não conseguiu subir. Em 2001/2002, o clube finalmente conseguiu o acesso à segunda divisão. No ano seguinte, fez uma boa campanha na liga nacional, mas não conseguiu a vaga na elite porque perdeu nos playoffs.

Em 2005/2006, o Reading fez uma das melhores campanhas de sua história e somou 106 pontos na segunda divisão, conseguindo o título e se classificando pela primeira vez para a elite do futebol inglês. A primeira temporada da equipe na divisão principal foi surpreendente: o Reading terminou em oitavo, somente uma posição abaixo da zona de classificação para a Copa da Uefa.
Infelizmente na temporada seguinte (2007/2008) o time não foi bem e acabou caindo para a segunda divisão.

Títulos

Football League Championship  2005-06
Football League Second Division  1993-94
Football League Third Division 1985-86
Football League Third Division South 1925-26
Football League Fourth Division  1978-79

Estádio 

Madejski, com capacidade para 24.161 torcedores.
Inaugurado em  22 de agosto de 1998







Hino 

It was 2.45, the place was alive,
With the Elm Park sound as we came to the Ground,
The crowd was still growing,
Excitement was showing,
When the kick-off came it was down to the game.
And the White, Blue, win or lose,
We're with you all the way,
We got a feeling this is gonna be our day.
And the match was on when they heard our song,
And if your with the Royals,
We know you'll sing along.
It's the heart of the town when you're there at the ground,
It's the atmosphere that makes you so proud,
When there's so much to play for that makes you feel sure,
The team needs you and you need them too.
And the White, Blue, win or lose,
We're with you all the way,
We got a feeling this is gonna be our day.
And the match was on when they heard our song,
And if your with the Royals,
We know you'll sing along.



Mascote

Kingsley, um leão, é a mascote do Reading e foi visto pela primeira vez nos campos em 1997/1998. Naturalmente, ele é uma referência à origem real do clube, que é de uma região conhecida por seus nobres, porque o leão é o rei dos animais. A mascote usa uma camisa de número 1871, que é o ano de fundação da agremiação.

Alcunhas The Royals

Site
http://www.readingfc.co.uk/ 

sábado, 18 de setembro de 2010

Portsmouth Football Club

O Portsmouth foi fundado em 1898, por iniciativa de empresários locais que queriam criar uma agremiação de futebol. No início, contava com jogadores membros da artilharia real, que tinha uma equipe própria, mas foi impedido de atuar por causa das regras do futebol amador da época. Isso durou pouco e logo o Portsmouth conseguiu seus próprios jogadores para atuar na Liga do Sul, uma das maiores competições amadoras daquele momento. A equipe ficou na primeira divisão do certame até 1910/11, quando foi rebaixada pela primeira vez.
Era o começo de uma grande crise financeira. Para escapar das dificuldades, o time teve de ser fundado novamente, desta vez como uma companhia limitada. Além disso, torcedores ilustres da equipe garantiram o pagamento das dívidas, o que ajudou na manutenção.
O clube foi se mantendo na Liga do Sul durante alguns anos e passou a sonhar com o Campeonato Inglês (que àquela altura servia como divisão superior) a partir da década de 1920. Conseguiu, finalmente, o acesso em 1926/27, e de maneira histórica.
Com um ataque avassalador, o Portsmouth chegou à última rodada tendo de decidir a última vaga na elite (a primeira já era do Middlesbrough) com o Manchester City. O rival venceu o Bradford por 8 a 0 e estava a um passo de ficar entre os melhores. Isso porque o Portsmouth vencia por 4 a 1 e precisava de mais um gol para garantir a vaga pelo saldo. Nos minutos finais, Willie Haines balançou a rede e a torcida pôde festejar.
Na primeira divisão, o time teve problemas imediatos para se manter, sem conseguir ficar muito tempo entre os melhores. No segundo ano, porém, conseguiu algo inesperado. Foi à final da Copa da Inglaterra de maneira inédita, mas acabou vencido pelo Bolton.
Com o sucesso fora do Campeonato Inglês, o time foi crescendo dentro dele. Conseguiu, em 1930/31, um quarto lugar na competição. Na temporada 1933/34, o Portsmouth chegou mais uma vez à final da Copa da Inglaterra, e mais uma vez caiu, desta vez diante do Manchester City.
A conquista só viria na terceira final alcançada. Em 1938/39, o time foi à decisão contra o favorito Wolverhampton e goleou por 4 a 1, com dois gols de Bert Barlow, o grande artífice daquela taça.
A paralisação em decorrência da Segunda Guerra Mundial apenas adiaria o sonho de levar o Portsmouth às glórias também no Campeonato Inglês. Na segunda metade da década de 1940, logo quando o certame voltou a ser disputado, o clube se firmou como um dos melhores daquele tempo.
Por isso, na temporada em que completaria 50 anos de existência (1948/49), o time sonhou com a primeira dobradinha do século 20. Esperava conquistar o Inglês e a Copa da Inglaterra.
Chegou bem perto disso. Falhou apenas na semifinal da Copa, contra o Leicester City, mas conseguiu o até então inédito título de campeão nacional. Mais que isso, conseguiria manter a conquista no ano seguinte, com direito a goleada de 4 a 1 sobre o Aston Villa na última rodada.
Os anos de glória, como o período ficou conhecido para os torcedores do Portsmouth, terminaram cedo. Aos poucos, os grandes atletas da equipe foram deixando o clube, que acabou rebaixado no fim da década de 1950.
A situação só ficaria pior com o passar do tempo. Mesmo detentor do título nacional, o Portsmouth se acostumou, durante as décadas seguintes, a freqüentar não mais que a segunda divisão, caindo de vez em quando para a terceira.
O fundo do poço aconteceu nos anos 1970, mais precisamente em 1977/78, quando o clube, com muitos problemas financeiros, acabou relegado à quarta divisão do futebol inglês. A situação parecia não melhorar e, fora de campo, os torcedores não contribuíram.
Durante os anos 1980, os fãs do Portsmouth ficaram conhecidos como alguns dos hooligans mais perigosos da Inglaterra, com os jogos do time sempre marcados por muita violência dentro e fora dos estádios.
Nos gramados, o time começou a reagir na mesma época. Sob o comando do ex-jogador Alan Ball, o Portsmouth foi galgando degraus no futebol inglês até alcançar a primeira divisão, enfim, na temporada 1986/87. Um ano depois, porém, teria problemas fora de campo.
A grave situação financeira da equipe forçou os dirigentes a desistirem da disputa da elite do Inglês. A salvação dessa vez foi o empresário ligado ao futebol Jim Gregory, que comprou o clube em 1988.
No início, Gregory investiu na equipe e montou um time adequado às pretensões, com o objetivo claro de ascender à elite. O Portsmouth chegou perto disso em algumas oportunidades, mas, no meio da década de 1990, viu seu mecenas pedir o retorno do dinheiro investido, o que forçou a venda de jogadores.
O tão esperado dia para os torcedores do Pompey chegou quando o Portsmouth bateu o Rotherham por 3 a 2, em abril de 2003, e conquistou o título da segunda divisão inglesa. Estava cumprida a promessa do então presidente do clube, Milan Mandaric: a chegada à Premier League.
Desde então, se passaram três temporadas, com o Portsmouth sempre lutando para não cair. Em 2004/5, veio uma grande vitória sobre o rival Southampton, que foi rebaixado. No comando da equipe estava justamente o atual técnico do Pompey, Harry Redknapp.
Na temporada 2007-08 a equipe retornou a final da Copa da Inglaterra, após vencer o Manchester United nas quartas de final e o West Bromwich nas semifinais. A final, disputada no Novo Wembley, foi vencida por 1-0 sobre o Cardiff City. Além de levantar o troféu da competição depois de 69 anos, o Porstmouth conseguiu sua primeira classificação na história para uma competição européia, a Copa Uefa.

O dono do Portsmouth na época, o russo Alexandre Gaydamak, havia decidido não investir mais dinheiro na equipe inglesa, e isso ajudou na saída do atacante Jermain Defoe e do volante Lassana Diarra durante a janela de transferências de janeiro. Em 26 de maio de 2009, o Portsmouth aceitou a oferta do empresário árabe Sulaiman Al-Fahim para comprar o clube após negociações conduzidas pelo presidente executivo do Portsmouth, Peter Storrie, em nome de Alexandre Gaydamak.
Por causa dos graves problemas financeiros sofridos pelo clube, o Portsmouth foi forçado a vender alguns dos seus melhores e mais bem pagos jogadores. Mas em 19 de agosto, no site oficial do Portsmouth, foi anunciado que um consórcio rival também tinha feito uma proposta para o clube, este foi feito pelo também empresário árabe Ali Al-Faraj. Apesar disso, Al Fahim concluiu a aquisição do Pompey, em 26 de Agosto; e Al Faraj decidiu tentar a compra de outro clube da inglês, o West Ham United.
Devido a diversas dívidas, a administração da Premier League, colocou o clube sob um embargo de transferência, ou seja, o clube não foi autorizado a realizar transferências na janela de fevereiro.
Foi anunciado em 5 de janeiro de 2010 que a o Portsmouth utilizou a última das verbas de transmissão de televisão para pagar algumas dívidas do clube. Como os Blues deviam dinheiro ào Chelsea, Tottenham, Watford, Udinese e Lens, a administração da Premier League resolveu dividir $ 7 milhões entre eles. A ação é permitida dentro das regras do campeonato para proteger os clubes que estão devendo dinheiro de transferências.
Em 4 de fevereiro, o Portsmouth teve seu quarto dono em uma temporada: o empresário de Hong Kong Balram Chainrai. Chainrai assumiu o clube como parte de uma cláusula de um contrato de empréstimo que ele fez com os proprietários anteriores, e o Pompey foi usado como parte do pagamento.
Em 26 de fevereiro de 2010, após não ter obtido um novo comprador antes do prazo de 25 de fevereiro, eles se preparavam para entrar em concordata e ser administrado judicialmente. Na manhã de 26 de Fevereiro, um anúncio formal foi feito, dizendo que o clube tinha entrado na administração judicial e seria penalizado em 9 pontos na classificação geral. Andrei Andronikou foi nomeado administrador judicial do clube nesse perído. No campo, o Pompey conseguiu, após uma vitória sobre o Birmingham City, alcançar a semifinal da FA Cup, e buscaria uma vaga na final diante do Tottenham Hotspur. O clube conseguiu a vitória nesta semi-final, vencendo o jogo por 2-0 na prorrogação. Como o Chelsea foi o outro finalista, após vencer o Aston Villa por 3-0 na outra semi-final, o Pompey estaria classificado para disputar a recém-criada Uefa Europa League, antiga Copa Uefa, uma vez que o Chelsea, devido a sua situação extremamente confortável na Premier League, tinha grandes chances de classificação para a Champions League. Mas o Pompey não conseguiu sair da administração judicial no prazo máximo para conseguir a licença da UEFA para a sua entrada na competição (uma das condições para a conquista da mesma), e com isso, sua participação na Europa League não foi permitida.
Em outubro de 2010, o Pompey finalmente saiu da administração judicial e foi comprado por três empresários: os irmãos Balram e Deepak Chainrai, de Hong Kong, e Levi Kushnir, de Israel. Dias depois, Balram foi declarado presidente do clube.

Títulos
Campeonato Inglês 1948/49 e 1949/50

Segunda Divisão Inglesa: 2002/03
Copa da Inglaterra  1939 e 2008


Estádio

O Portsmouth manda seus jogos no Fratton Park desde sua fundação. A capacidade é de 20.688 torcedores, o menor estádio de equipes que disputam a Premier League. Planos para melhorias e construção de um novo estádio estão em discussão há algum tempo.
O maior público do estádio aconteceu em uma partida contra o Derby pela Copa da Inglaterra, em 1949: 51.359 pessoas estiveram presentes no estádio.



Mascote

A mascote do Portsmouth é um sapo. Durante as partidas, alguém caracterizado como o animal fica na beira do gramado para animar os torcedores. A escolha foi feita por causa do nome da rua em que se situa o Fratten Park Satdium, que se chama Frogmore Road (Frog é sapo em inglês).

Apelido: Pompey

Site

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Newcastle United Football Club

O Newcastle United Football Club foi fundado em 1892, mas a história do clube começou antes. Em 1881, o Stanley Cricket Club of South Byker decidiu criar uma equipe de futebol. Realizou algumas partidas e, em pouco menos de um ano decidiu se separar da parte do críquete da agremiação, mudando o nome para East End FC.

Meses antes, havia se formado na cidade um outro clube de futebol, o West End FC, que começou jogando suas partidas no campo de críquete, mas logo se mudou para o estádio St. James Park. O time teve um sucesso maior no seu início se comparado ao East End.

Em 1889 disputaram a primeira liga local. No mesmo ano, o East End tornou-se profissional, com um projeto ambicioso e de resultados relativamente bons. Em contrapartida, o West End vivia problemas financeiros e, em 1892, os diretores do clube do perceberam que não poderiam continuar mais.

Em dezembro do mesmo ano, as duas agremiações se uniram. Após passar por nomes como Newcastle Rangers e Newcastle City, as diretorias concordaram em registrar para o público, em 22 de dezembro, o Newcastle United. Ainda assim, o clube só se tornou ligado oficialmente à liga inglesa em 1895, virando o Newcastle United Football Club Corporation.

O time não dispunha de um grande potencial financeiro, mas ainda assim contou com jogadores de renome vindos da Escócia, como Colin Veitch, Jackie Rutherford, Jimmy Lawrence e Albert Sheperd. Prova do sucesso dos mesmos veio a seguir, quando a equipe venceu seus primeiros Campeonatos Nacionais em 1905, 1907 e 1909 e participou de cinco finais de FA Cup, vencendo uma delas em 1910.

Após a Primeira Guerra Mundial, o Newcastle voltou com força e novos nomes estrangeiros para a disputa de seus campeonatos. Em 1924, venceu a segunda Copa da Inglaterra. Em 1932, outro triunfo no torneio, desta vez batendo o Arsenal com um gol posteriormente considerado ilegal, com a bola passando da linha de fundo em um cruzamento de Jimmy Richardson.

Após nova paralisação, desta vez em razão da Segunda Guerra Mundial, o time alvinegro passou a disputar a segunda divisão. Lá registrou o recorde de maior goleada da história do Campeonato Inglês, 13 a 0, sobre o Newport County. Ainda assim, só foi retornar à elite em 1948. Na primeira divisão, a primeira partida do clube teve um público de 57 mil pessoas, um recorde que durou muito tempo.

Nos anos 1950, venceu a Copa da Inglaterra por mais três vezes: em 1951, ao derrotar o Blackpool por 2 a 0, em 1952, ao bater o Arsenal, e em 1955, quando venceu o Manchester City. Nestes títulos, participaram jogadores como Jackie Milburn, vice-artilheiro da história do clube com 200 gols marcados, e Bobby Mitchell.

No começo dos anos 1960, os magpies contaram com atletas como George Eastham e Len White, o terceiro artilheiro da história do clube com 153 gols. Ainda assim, caíram em 1961 quando o técnico Charlie Mitten, ex-Manchester United, desembarcou no clube e comandou os alvinegros numa era de insucessos. Depois, sob o comando de Joe Harvey, o clube se reabilitou e, em 1965 regressou à primeira divisão.

Em 1968, a equipe se classificou para um campeonato internacional pela primeira vez, disputando a Intercities Cup (a Copa da Uefa da época). Contava com um time muito forte, com destaques para o famoso centroavante Wyn Davies, além de Bobby Moncur, Frank Clark e Bryan Robson.

Depois destes, outros jogadores como Jimmy Smith, Tony Green e Terry Hibbitt, além de mais um centroavante, Malcolm MacDonald. ‘Supermac’, como era chamado, foi protagonista de dois títulos dos magpies: da FA Cup em 1974 contra o Liverpool, e diante do Manchester City dois anos mais tarde. Depois o clube teve uma nova queda de rendimento, caindo para a segunda divisão em 1980.

Entretanto, em 1982 Harvey voltou à presidência do clube, trazendo o técnico Arthur Cox, que levou o Newcastle de volta à elite. Pouco tempo depois, o time revelou um jogador que viria a ser um grande craque: Paul Gascoigne.

‘Gazza’ ajudou o Newcastle a conquistar a terceira posição na Liga. Depois, foi negociado, fazendo com que o time alvinegro perdesse qualidade e descesse à segunda divisão mais uma vez em 1989. O clube teve novos problemas financeiros e permaneceu no segundo escalão por três temporadas.

Em 1992, Kevin Keegan retornou ao clube como manager e trouxe um novo fôlego em todos os aspectos, tanto nas finanças como no futebol e na torcida. O estádio foi totalmente reformado e novos jogadores como David Kelly e Andy Cole chegaram para levar o time à primeira divisão, em 1993.

Depois, chegaram ao clube jogadores menos populares como David Ginola e Faustino Asprilla, mas que se juntando a grandes astros britânicos como Les Ferdinand e Peter Beardsley, vieram a se tornar efetivos. Mais à frente, se apresentou Alan Shearer, maior goleador da história da equipe com 206 gols.

Em 1997, o clube se classificou pela primeira vez à Liga dos Campeões da Europa e chegou à final da FA Cup, perdendo pro Arsenal. Depois disso, a equipe passou a conquistar o direito de participar das competições européias, mas nunca conseguiu ter grande sucesso na Liga dos Campeões e na Copa da Uefa.
 A temporada de 2003/04, porém, sido menos memoráveis como o clube saiu da Liga dos Campeões nas fases de qualificação, caindo de volta para a Taça UEFA para a época, e apesar de uma fuga impressionante para as meias-finais que não conseguiu ganhar a Copa e terminou em 5 º na Premier League. Na sequência de desentendimentos com a diretoria e alguns jogadores a equipe e não se qualificou para a Liga dos Campeões, Robson foi despedido.
Graeme Souness foi seu substituto. Sua nomeação foi motivo de controvérsia entre os fãs em relação ao status de Robson, alguns desentendimentos com o elenco e taxas de transferência de alta para os jogadores, tanto em 2004/05 e 2005/06 temporada, apesar da assinatura com Michael Owen no valor recorde de £ 17 milhões, não viu o elenco nos padrões esperado e foi demitido em 2 de fevereiro de 2006. Glenn Roeder Souness teve início em uma base temporária. Seu primeiro jogo no comando viu Alan Shearer ultrapassar Jackie Milburn artilheiro como artilheiro do clube. Roeder foi nomeado gerente em tempo integral no final da temporada seguinte seu orientador da equipe do 15º ao 7º lugar em apenas 3 meses e meio. Shearer se aposentou no final da temporada 2005-06, com um total de 206 gols pelo clube. Apesar de ter terminado a temporada de 2005-06, bem, as fortunas de Roeder mudou rapidamente na temporada de 2006-07, seguindo o que já foi classificada como a pior lesão para a equipa na história do clube, contando com jogadores para competir na Premier League e na Europa, e ele deixou o clube por mútuo consentimento, em 6 de maio de 2007.
Sam Allardyce foi nomeado como sucessor Roeder em 15 de Maio, apesar de fazer um início promissor de temporada, uma perda embaraçoso para o Derby County e exclusão de favoritos fã da linha de partida até vi Allardyce afastar do clube em 9 de janeiro de 2008 por mútuo consentimento, depois de menos de oito meses no cargo. Vendeu as suas acções no final do clube em 7 de Junho de Mike Ashley, e foi substituído por Chris Mort.
Foi confirmado em 16 de Janeiro, Kevin Keegan, que fez uma volta sensacional para Newcastle como gerente, junto vei Dennis Wise como director executivo (Futebol), bem como Tony Jimenez como Vice President e Vetere Jeff como coordenador técnico. A idéia era concluir um continental-estrutura de gestão do estilo de trabalho de apoio de Keegan.  Além disso David Williamson foi nomeado Diretor Executivo (operações) em abril de 2008 . Mort decidiu renunciar ao cargo de diretor executivo e presidente em junho e foi substituído por Derek Llambias.
Retorno Keegan, inicialmente, não correspondeu às expectativas que o clube e passou 8 jogos sem vitória, doi eliminado na Copa da Inglaterra, mas os jogos restantes da temporada, viu a sorte do clube volta e ganhou o suficiente para garantir resultados sobrevivência da Premier League, terminando em 12º. Em 4 de setembro, Keegan pediu demissão após 232 dias no cargo, afirmando que ele era incapaz de continuar como gerente se o dono nao era capais de controlar o clube.
Em 6 de Setembro de 2008 Ashley anunciou que estaria colocando o clube à venda, enquanto que sobre o estado do clube quando ele achou, as limitações financeiras estava sob o seu regime e as mudanças que ele tinha feito para proporcionar uma futuro estável para o clube. No final de dezembro de 2008, Ashley, anunciou que havia fracassado em encontrar um comprador adequado para o clube e retirou a venda.
Entretanto em Fevereiro de 2009 Kinnear foi admitido ao hospital na sequência de relatórios de problemas cardíacos e, posteriormente, submetidos a cirurgia cardíaca. Em um movimento surpresa, em 1 de capitão do clube de abril de 2009 ex - Alan Shearer tirou licença de seu jogo do papel do apresentador do dia se tornou a gerente interino do clube, em uma tentativa para tentar evitar o rebaixamento.
Apesar da nomeação de Shearer, as três equipes do Nordeste Premier League, Newcastle, Sunderland e Middlesbrough, corriam o risco de rebaixamento com um jogo para jogar em 24 de maio de 2009, ameaçando na Premier Legue pela primeira vez em 16 anos . Newcastle United foi rebaixado ao perder por 1-0 ao Aston Villa.
Depois do rebaixamento, o clube foi posto à venda por um preço de £ 100 milhões. O proprietário Mike Ashley notou que " Tem sido catastróficas para todos. Eu perdi meu dinheiro e eu fiz as decisões terríveis. Agora, quero vendê-lo tão logo eu puder ".
Em 27 de Outubro de 2009, Ashley anunciar que o clube já não estava à venda, informando que ele havia sido mal sucedido em encontrar um comprador que poderia produzir a prova de fundos, apesar de reduzir o seu preço pedir até R $ 80 milhões. O clube alegou que Ashley iria continuar a investir dinheiro na redução da dívida financeira do clube e teve as melhores intenções para o clube.
O início da temporada de 2009-10 no Campeonato viu o clube começou o Natal com uma vantagem de 8 pontos e um recorde defensivo de apenas 12 gols sofridos em 22 jogos. Manager Chris Hughton foi nomeado Gerente do mês de agosto, setembro e novembro.
Após retornar da Segunda Divisão, o Newcastle reestreiou na Premier League perdendo para o Manchester United (3 a 0).

Títulos

Campeonatos Nacionais: 1905, 1907, 1909, 1927
Copas da Inglaterra: 1910, 1924, 1932, 1951, 1952, 1955
Segunda Divisão Inglesa: 3 (1964/65, 1992/93, 2009/10)

Estádio
O St. James' Park é um estádio de futebol localizado em Newcastle upon Tyne, no nordeste da Inglaterra.
É a casa do clube de futebol inglês Newcastle United, da Premier League.
Inaugurado em 1891, foi reformado em 2001, o estádio tem, hoje, capacidade para 52.387 torcedores.

Mascote

A mascote do Newcastle é uma ave da espécie Magpie, da família dos corvos (Corvidae). Batizada de Monty, o animal é muito comum na Inglaterra, onde desde a Idade Média é visto como símbolo de má sorte quando pousado nas janelas ou em quintais das casas. Por conta disso, o animal foi escolhido com o objetivo de amedrontar seus adversários.

Alcunhas The Magpies ; The Toon

Site
http://www.nufc.co.uk/